TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Educação Física Higienista

Por:   •  5/6/2019  •  Projeto de pesquisa  •  709 Palavras (3 Páginas)  •  25 Visualizações

Página 1 de 3

1) Educação Física Higienista

A Educação Física Higienista torna-se relevante nos anos finais do Império e no período da Primeira República. A formação de um novo homem se fazia necessária nesse novo contexto de sociedade, pois a crescente industrialização das cidades, o deficiente sistema de saneamento básico e os problemas sociais da época demandavam de um homem que fosse mais flexível, resistente e dinâmico. Dessa maneira, o surgimento da Educação Física Higienista estava diretamente relacionada aos interesses da realeza, de modo que, as doenças que surgiam por conta do aumento da população poderiam afetar tanto as classes mais ricas, quanto as classes mais pobres.

A Educação Física Higienista se preocupa em resolver o problema da saúde pública pela educação. Tem o objetivo de formar homens e mulheres saudáveis, fortes e dispostos ao movimento. Combatia a deterioração da saúde e da moral.

Essa tendência da Educação Física é fruto do pensamento liberal do século XX. Neste contexto liberalista, a educação e particularmente a escola passaram a possuir a responsabilidade de “libertar a humanidade”, assim, contribuindo para construção de uma sociedade democrática e livre de problemas sociais. Visto que, os liberais afirmavam que os problemas sociais provinham da “ignorância popular”.

Segundo o advogado baiano Rui Barbosa a Educação Física enraizaria a adoção de hábitos saudáveis pela juventude e seria capaz de satisfazer o apetite infantil pelo movimento, pois Rui Barbosa acreditava que “A higiene do corpo e a higiene da alma são inseparáveis”.

2) Educação Física Militarista

A Educação Física Militarista era praticada nas escolas durante o governo de Getúlio Vargas no período de 1930 a 1945. A prática da Educação Física escolar e o desenvolvimento militarista fundiram-se nesta época, pois a maioria dos instrutores de Educação Física eram formados por instituições militares. Essa tendência da Educação Física visa o adestramento e obediência do homem, mas preocupa-se, também, com a saúde individual e pública. Seu objetivo principal é a criação do “cidadão-soldado” e a formação de uma juventude pronta para a luta, guerra.

A Educação Física Militarista é excludente, pois elimina os indivíduos “não capacitados fisicamente”. Pregava o patriotismo, e sofreu influência e foi inspirada por uma compreensão de Educação Física fascista. Nesse período, agiu de forma eugênica, assim sendo, baseava-se pela biologia nazifascista.

3) Educação Física Pedagogicista

A Educação Física Pedagogicista visa a Educação Física como prática educativa. Dessa forma, essa tendência da Educação Física defende a “educação do movimento” como instrumento para a educação integral do indivíduo, assim, considera as relações sociais e o convívio entre alunos e professores.

A Educação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.8 Kb)   pdf (35.1 Kb)   docx (9 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com