TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O JOGO TRADICIONAL COMO FERRAMENTA DE ENSINO NAS SERIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL

Por:   •  20/2/2018  •  Artigo  •  5.111 Palavras (21 Páginas)  •  173 Visualizações

Página 1 de 21

O JOGO TRADICIONAL COMO FERRAMENTA DE ENSINO NAS SERIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL[pic 1]

Angélica Dayane Ramos da Silva[1]

RESUMO

O jogo tem sido utilizado como um auxílio pedagógico durante muito tempo, dentro dessa perspectiva há ainda os jogos de caráter tradicional. Estes têm como característica principal o fato de ser passado de geração em geração através da oralidade e que este possui uma variedade de movimentos, no entanto, são pouco explorados dentro do contexto escolar do ensino fundamental como um aliado no ensino das crianças.  Este artigo tem como objetivo discutir as contribuições que os jogos tradicionais podem oferecer como uma ferramenta de ensino dentro do contexto do ensino fundamental. Para tanto, primeiramente é feito um histórico dos jogos tradicionais, em seguida são abordados o jogo tradicional e a criança e ao final é feita a defesa de como o jogo tradicional é valido como ferramenta de ensino. Para tal, a metodologia utilizada é a pesquisa bibliográfica. Considera-se que, utilizar o jogo como ferramenta de ensino contribui positivamente para o desenvolvimento integral do aluno e ainda possibilita a ministração de uma aula que envolva o prazer do jogo e a aprendizagem.

Palavras-Chave: Jogo tradicional. Ensino Fundamental. Aprendizagem

ABSTRACT

The game has been used as a teaching assistant for a long time, within this perspective there are still games of traditional character. The fact of being passed from generation to generation through oral tradition and that it possesses a variety of movements has been the main characteristic about it, however, games are not so explored within the context of school education as a key ally in the education of children. This article aims to discuss the contributions that traditional games can offer as a teaching tool within the context of elementary school. Firstly it is made a history of traditional games, then the traditional games and the child are addressed and the end is taken as a defense of the traditional game is valid as a teaching tool. It is considered, that use the game as a tool contributes positively to the overall development of the student and also allows the administration of a lesson involving the pleasure of playing and learning.

Keywords: Traditional Game. Elementary School. Learning

 

1 INTRODUÇÃO

Seguindo a tendência de modificações em meio à tecnologia, estão incluídas as ferramentas didáticas mais inovadoras, que atualmente visam à facilidade de viver situações sem sair do lugar e que cada vez mais está sendo inserido dentro do contexto escolar. Com essas inovações tecnológicas que o mercado oferece há uma ampla possibilidade de ensinar dentro da sala de aula. No entanto, essas inovações acabaram tomando um espaço de grande importância na educação, o espaço do jogo, da brincadeira, do lúdico, que são essenciais para o aprendizado e desenvolvimento da criança.

 É perceptível que essas tecnologias têm influenciado a forma de jogar da criança, por se tornarem mais interessantes e modernos. Para COIMBRA (2007, p. 8): “A televisão e a tecnologia dos brinquedos modernos mudaram sem dúvida, a brincadeira infantil. A falta de espaços e de segurança nas ruas também modificaram algumas brincadeiras”. De encontro a essa realidade apresentam-se os jogos tradicionais, que levam a voltar em anos, décadas, centenas e até milhares de anos atrás. Épocas em que não existiam brinquedos ou jogos tão inovadores, aonde o meio mais eficaz de se aprender algo novo era apenas observando as atitudes dos adultos, sejam eles pais, amigos, irmãos ou outras pessoas que faziam parte do meio social da criança.

 Essas observações se transformavam em brincadeira, a criança se colocava no lugar do adulto e passava a viver essas situações com a mais fidedigna veracidade possível. Essa vivência de situações da vida cotidiana nas brincadeiras é relatada por Kishimoto quando fala da criança e os jogos no engenho de açúcar:

A temática da brincadeira gira em torno de fatos que representavam o cotidiano da vida do engenho: a senhora mandando nas criadas, as bonecas fazendo o papel das filhas, as meninas negras como servas que obedecem às ordens da pequena sinhá (KISHIMOTO, 2009, p.47).

Para Kishimoto (2009) outra forma de se aprender era ouvindo os ensinamentos dos pais, esses repassavam o que haviam aprendido anteriormente com os seus e assim sucessivamente, chegando até os dias de hoje.

Nesse contexto há a inserção dos jogos tradicionais de forma natural e espontânea que proporcionam prazer e alegria na vida da criança, mas que se utilizado como conteúdo dentro das aulas, age como uma ferramenta muito eficaz. Freire (2006) comenta que estes são vistos como um mero meio de passatempo ou recreação, mas que não foram inseridos como conteúdo escolar:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (33.7 Kb)   pdf (275.5 Kb)   docx (762.5 Kb)  
Continuar por mais 20 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com