TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Humanização no Centro Cirúrgico

Por:   •  13/3/2019  •  Resenha  •  400 Palavras (2 Páginas)  •  22 Visualizações

Página 1 de 2

HUMANIZAÇÃO NO CENTRO CIRÚRGICO: A PERCEPÇÃO DO TÉCNICO DE ENFERMAGEM

A humanização no ato de do cuidar, caracteriza-se por ser um processo que visa melhorar o atendimento ao paciente, assegurando-lhe o bem-estar, acolhimento e a boa interaçao entre a equipe e o cliente. Este viés envolve ética, atendimento igualitário, individualizado, responsabilização, cuidado e apoio ao paciente.

Entre as medidas de humanização que devem ser adotadas destaca-se a atenção ao paciente no período perioperatório (pré, trans e pós-operatório), os quais torna-se extritamente necessário a atenção diferenciada da equipe de enfermagem,pois o paciente sente, em muitas vezes, medo do desconhecido e da morte, seus familiares encontram-se aflitos. Como a experiência  cirúrgica é relativamente pessoal, nessecita-se de um cuidado qualificado, seguro e humanizado, por parte da enfermagem.

O cuidado humanizado envolve muito mais do que apenas a sobrevivência do paciente após a cirurgia, mas sim, o zelo, o carinho, a atenção ao bem estar físico, emocional, psicológico e social, proporcionando conforto, ausência de dor, segurança, confiança, comunicação, demonstração de empatia, respeitando a integralidade do cliente.

Devido a nova era da tecnologia, a estrutura do Centro Cirúrgico (CC)  está  cada vez mais aprimorada e administrativa, tornando-se menos humanizada e mais tecnicista. Assim sendo, a equipe de enfermagem precisa tratar o paciente como ser humano, valorizando sua própria identidade e indivualidade, e não como apenas mais um paciente, outro procedimento, pelo número de prontuário ou pela patologia que apresenta.

Segundo uma pesquisa realizada em um hospital privado de Porto Alegre, com a participação de 25 técnicos de enfermagem atuantes no Centro Cirúrgico, o cuidado humanizado é: “Significa atender o paciente sem indiferença, paciente sem nenhuma discriminação de cor, raça, religião e seus valores, levando em consideração que cada indivíduo é único”, “Tratar-lhe bem, manifestando interesse em seu estado atual, esclarecendo dúvidas e proporcionando-lhe conforto e segurança, além de realizar o checklist.” “Manter sempre o familiar informado sobre a situação em que o paciente se encontra, promover o bem estar do paciente no pré, trans e pós-operatório e entender o paciente e os familiares pelo momento em que estão passando.”

Neste estudo, os profissionais atribuíram as dificuldades encontradas para

implementação do processo de humanização ao excesso de burocracia no processo de trabalho, defasagem do preparo profissional, falta de tempo, ao ambiente tenso e estressante ao qual se encontra o centro cirúrgico, aliadas ao fato de que membros da equipe multiprofissional encontram-se resistentes em relação à implementação do processo de humanização.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.8 Kb)   pdf (48.8 Kb)   docx (7.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com