TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O PLANEJAMENTO FAMILIAR

Por:   •  27/7/2020  •  Resenha  •  352 Palavras (2 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 2

          PLANEJAMENTO FAMILIAR

Na área do planejamento familiar é indispensável à assistência de enfermagem, o papel do enfermeiro é assessorar o casal, sem induzir, sugerindo o método mais apropriado, seja para contracepção ou concepção, respeitando a preferência do casal. O profissional enfermeiro necessita trabalhar embasado em conhecimentos científicos, estudos que abrange integralmente o tema Planejamento Familiar que seja marcado como eficaz para uma orientação ativa, iniciando por compreender e respeitar os direitos das usuárias e seus parceiros, obtendo a confiança das usuárias. Avaliar as particularidades de todos os métodos anticoncepcionais levando em conta os fatores culturais e emocionais que afetam a decisão da mulher, ou do casal, em utilizar um método anticoncepcional específico. O enfermeiro deve utilizar táticas para estimular as usuárias a se interessarem em conhecer seus corpos, instigando-as a fazer perguntas que as façam compreender a importância desta técnica e de como funciona o seu corpo, orientar sem intrometer-se, sem influir no seu desenvolvimento e desfecho da decisão da usuária quanto ao método que ela considera melhor para sua adequação, provando consideração e amabilidade com as usuárias e seus parceiros. Apresentar a informação sobre todos os métodos contraceptivos oferecidos, permitindo com que a usuária e seu parceiro optem pelo que mais aprova segundo sua capacidade após conhecer a importância e o efeito de cada método. O enfermeiro deve ter a destreza de compreender o efeito da comunicação não verbal, muitas vezes demonstrada pelas usuárias e seus parceiros na maneira de gesticular ou através de expressões faciais. O Enfermeiro deve ouvir atentamente, revelando-se afetuoso às ansiedades e dúvidas das usuárias.

           Todos os enfermeiros que são orientadores de planejamento familiar necessitam serem certificados permanentemente, em benefício do aparecimento de novos conceitos capazes de assegurar a aplicabilidade de novas estratégias para atender a qualidade e as necessidades na demanda do serviço do planejamento familiar. É preciso, pois, uma política nacional de planejamento familiar que reconheça o potencial do enfermeiro em manejar os métodos anticoncepcionais e explicite seu amparo legal para que assuma com autonomia essa área do cuidado para a qual soma grande contribuição.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.4 Kb)   pdf (42.5 Kb)   docx (8.2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com