TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS: A INSERÇÃO DO FARMACÊUTICO NO PROCESSO PARA PREVENÇÃO, IDENTIFICAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS RELACIONADOS À AUTOMEDICAÇÃO

Por:   •  10/7/2019  •  Monografia  •  7.773 Palavras (32 Páginas)  •  27 Visualizações

Página 1 de 32

          [pic 1][pic 2]

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU

FARMÁCIA CLÍNICA DIRECIONADA À PRESCRIÇÃO FARMACÊUTICA

JULIANA NEVES OLIVEIRA

A DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS: A INSERÇÃO DO FARMACÊUTICO NO PROCESSO PARA PREVENÇÃO, IDENTIFICAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS RELACIONADOS À AUTOMEDICAÇÃO

Tabatinga – Amazonas

2019

JULIANA NEVES OLIVEIRA[pic 3]

A DISPENSAÇÃO DE MEDICAMENTOS: A INSERÇÃO DO FARMACÊUTICO NO PROCESSO PARA PREVENÇÃO, IDENTIFICAÇÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS RELACIONADOS À AUTOMEDICAÇÃO

Monografia apresentada à Faculdade UnYLeYa como exigência parcial à obtenção do título de Especialista em Farmácia Clínica Direcionada À Prescrição Farmacêutica.

Nome do Orientador: Profa. Ms. Simone Correia    Ternes.

Tabatinga – Amazonas

2019

LISTA DE SIGLAS E ABREVIATURAS[pic 4]

AF – Atenção Farmacêutica

AS – Assistência Farmacêutica

CF – Ciências Farmacêuticas

OMS – Organização Mundial de Saúde

PNAS – Programa Nacional de Assistência Farmacêutica

SUS – Sistema Único de Saúde

UBS – Unidade Básica de Saúde

URM – Uso Racional de Medicamentos

RESUMO[pic 5]

A dispensação faz parte do processo de atenção à saúde e deve ser considerada como uma ação integrada do farmacêutico com os outros profissionais da saúde, em especial, com os prescritores. A dispensação é o ato farmacêutico de distribuir um ou mais medicamentos a um paciente em resposta a uma prescrição elaborada por um profissional autorizado. Trata-se de uma oportunidade para o farmacêutico contribuir para o uso racional de medicamentos, pois na interação com o paciente é possível identificar a necessidade do mesmo e orientar tanto sobre o medicamento quanto sobre educação em saúde, atuando desta forma como um agente de saúde. Diante disto o objetivo deste trabalho é caracterizar os serviços de dispensação de medicamentos na rede de atenção básica no Brasil, com vistas ao acesso e a promoção do uso racional de medicamentos. Considerando o exposto acima e a falta de estudos mais amplos sobre a qualidade da assistência farmacêutica nas unidades básicas de saúde em nosso país, verificou-se a necessidade de conhecer melhor o que acontece de fato nos serviços de saúde, centrando o estudo no ato da dispensação de medicamento através da revisão integrativa da literatura. Assim, concluímos que o sistema de dispensação de medicamentos oferece atualmente as melhores condições para um adequado atendimento da terapia medicamentosa proposta aos pacientes e oferece maior segurança na assistência farmacêutica, bem como a correta atuação do farmacêutico nas UBS’s, o que aprimora os cuidados ao paciente. O farmacêutico passa a assumir papel relevante na redução de problemas relacionados a terapia medicamentosa e na melhoria da qualidade das prescrições médicas. E com isso, a presença do mesmo nas UBS’s para a realização das intervenções é de fundamental importância para o alcance de resultados positivos.

Palavras chave: Boas práticas de dispensação, Assistência farmacêutica, Automedicação.

ABSTRACT[pic 6]

The dispensation is part of the health care process and should be considered as an integrated action of the pharmacist with other health professionals, especially prescribers. Dispensation is the pharmaceutical act of dispensing one or more drugs to a patient in response to a prescription made by an authorized practitioner. This is an opportunity for the pharmacist to contribute to the rational use of drugs, since in the interaction with the patient it is possible to identify the need for it and guide both the medicine and health education, acting in this way as a health agente. In view of this, the objective of this study is to characterize the drug dispensing services in the basic care network in Brazil, with a view to accessing and promoting the rational use of medicines. Considering the above, and the lack of more extensive studies on the quality of pharmaceutical care in the basic health units in our country, there was a need to know more about what happens in health services, focusing the study on the dispensation of medication through an integrative review of the literature. Thus, we conclude that the drug dispensing system currently offers the best conditions for adequate drug therapy offered to patients and offers greater safety in pharmaceutical care, as well as the correct performance of the pharmacist in the UBS’s, which improves patient care. The pharmacist starts to play a relevant role in reducing problems related to drug therapy and improving the quality of medical prescriptions. And with this, the presence of the same in the UBS’s for the accomplishment of the interventions is of fundamental importance for the achievement of positive results.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (56.6 Kb)   pdf (258.3 Kb)   docx (48.8 Kb)  
Continuar por mais 31 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com