TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A História da Crioterapia

Por:   •  6/6/2016  •  Projeto de pesquisa  •  1.434 Palavras (6 Páginas)  •  39 Visualizações

Página 1 de 6

UNIVERSIDADE PAULISTA-UNIP

PRIMEIROS SOCORROS

CRIOTERAPIA

 CONCEITOS E APLICAÇÕES NO ESPORTE

DANILO MOREIRA DA SILVA PEREIRA RA: B74304-2

GABRIELE MARCELI  RA:C71002-4

KAUÃ LUCAS DE OLIVEIRA  RA: C60223-0

MELISSA CAPANEMA DE PAULA RA: C70146-7

            WASHINGTON BARBOSA RAMALHO RA: C655HD-3

MARIA JOSE ALVES DE CARVALHO RA: C66124-4

SÃO PAULO

2015

História da Crioterapia

   A crioterapia não possui surgimento definido, porém o uso de altas temperaturas já era bem difundido desde a Pré-história, na época de A.C.pelos gregos e romanos usavam neve e gelo natural para tratar problemas médicos. Porém a relatos que Hipócrates usava gelo ou neve antes de uma cirurgia e que Dominique Jean Larrey (médico de Napoleão Bonaparte) elaborava, em soldados, amputações menos dolorosa em temperaturas abaixo de zero. As primeiras publicações em livros e artigos foram em 1800. Agora sobre recursos terapêuticos são de Shaubel (1946), nos Estados Unidos, onde é citada em uma pesquisa de Fay e Henry, que utilizavam a operações cirúrgicas com efeitos no metabolismo, reduzindo o risco de choque e gangrena.

   Nas décadas de 1970,1980 e 1990 as pesquisas em laboratórios e clinicas ajudaram a aprimorar as aplicações na crioterapia.

 Conceitos

  A crioterapia pode ser definida como a terapia pelo frio ou terapia fria com a aplicação de qualquer substância fria no corpo. A crioterapia engloba uma grande quantidade de técnicas, específicas que utilizam o frio nas formas, físico líquido (água), basicamente se trata de imersão em água gelada, sólido (gelo), bastante utilizada na área esportiva e gasosa (gases), como o spray analgésico. Com o objetivo terapêutico de retirar calor do corpo. A retirada de calor do corpo tem por objetivo induzir os tecidos a um estado de hipotermia, para favorecer uma redução da taxa metabólica local.

   Indicada nos casos de controle da inflamação, controle do edema, controle da dor, diminuição do espasmo muscular e facilitação da contração muscular.

Métodos e Aplicações na Crioterapia

   Para escolher o método de aplicação tem que ter como principais objetivos notar a área que ira ser tratada, o tempo de aplicação varia dependendo do método que será utilizado. Serão citados três métodos:

  • Bolsas frias

   Podem ser guardadas na área de refrigeração em uma unidade ou em um freezer doméstico. Para ser utilizado em casa tem de se colocar uma toalha entre a bolsa e a superfície da pele, por questão de higiene, tendo que a toalha estar molhada para que facilite a transferência de energia. As marcas comerciais possuem gel de sílica e tem diferenciados tamanhos e formatos para colocar sobre a área lesionada de forma que possa adaptar.

  • Massagem com gelo

   A técnica de massagem com gelo pode ser passada para pacientes de aplicação domésticas, tendo que especificar que é feito somente em uma área geralmente pequena. O gelo tende-se a ser aplicado sobre a pele em movimentos circulatórios e vai-e-vem. O cliente poderá sentir reações distintas como frio intenso, queimação, dor e analgesia.

  • Banho de imersão

   Baseia-se na colocação do gelo sobre uma parte do corpo em um recipiente que contenha água ou gelo (triturado ou em cubos). Pela maior exposição ao frio é um considerado muito desconfortável. O tempo de aplicação varia de 5 a 20 minutos submetendo-se ao grau de tolerância do paciente.

EFEITOS FISIOLÓGICOS

   Os efeitos fisiológicos pelo uso da crioterapia diminuição da dor, da inflamação e de espamos muscular ocorrendo redução da dor e aumento de mobilidade com estímulos, estimula a circulação e também estimula o relaxamento.

Os efeitos fisiológicos será divididos em 3 grupos principais os efeitos circulatórios,inflamatórios e metabólicos.

Efeitos circulatórios

   Quando o paciente começa com o tratamento da crioterapia a mudança da temperatura dos tecidos ocasiona diminuição do metabolismo, e diminuição de quantidade de oxigênio e nutrientes, na área afetada, neste caso fica evidente a indicação de crioterapia nas lesões esportivas. Há melhor drenagem linfática por conta da pressão no liquido extravascular.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.6 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »