TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Resumo Artigo Gengivitis In Man

Exames: Resumo Artigo Gengivitis In Man. Pesquise 790.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  22/7/2014  •  796 Palavras (4 Páginas)  •  482 Visualizações

Página 1 de 4

Devido a várias pesquisas odontológicas da época, acreditava-se que os depósitos orais desempenhavam um papel importante no desenvolvimento e manutenção da doença periodontal.

Visto isso os pesquisadores Harald Loe, Else Theilade e Borglum Jensen fizeram uma investigação, tentando produzir gengivite em pacientes com gengiva saudável, pois estes ficariam isentos de qualquer hábito de higiene oral. Com essa pesquisa tiveram o objetivo de, também, estudar a sequencia de eventos produzidos na flora microbiana e na gengiva.

A amostra foi feita com doze participantes, onde eram dez homens e duas mulheres, com média de vinte e três anos de idade. Todos saudáveis e com dieta adequada.

No período experimental, os pacientes foram submetidos a serem pontuados de acordo com a condição da sua gengiva, de acordo com o Sistema de Índice Gengival (GI). Esta é uma média entre as áreas examinadas, onde se obteve do dente, do grupo de dente e da boca total do paciente. Segue abaixo o critério para o Índice de Sistema Gengival:

• 0= Isento de inflamação;

• 1= Inflamação pequena( leve mudança na coloração e textura);

• 2= Inflamação moderada( brilho e palidez moderados, edema e hipertrofia. Sangramento quando pressionado.

• 3= Inflamação severa( palidez marcante e hipertrofia. Sangramento espontâneo e ulceração).

Foram avaliados também de acordo com o Sistema de Índice de Placa( avaliação de depósitos moles- PI), onde também fizeram a média entre as áreas examinadas, fazendo-se a média do dente, do grupo de dentes e do ambiente bucal como um todo. Foram usados os seguintes critérios:

• 0= Sem placa;

• 1= Um filme de placa aderido a margem livre da gengiva e áreas adjacentes ao dente. A placa pode ser vista in situ apenas após de colocação de placa evidenciadora ou sondando a superfície do dente;

• 2= Acúmulo moderado de placa em bolsas gengivais, no dente ou margem gengival, e pode ser vista a olho nu;

• 3= Abundancia de placa em bolsas, dente ou margem gengival.

Após o primeiro exame os pacientes foram orientados a não escovarem seus dentes ou usar qualquer método de higiene bucal. Foram examinados em intervalos de tempo variados, onde foram avaliadas as placas e situação gengival de acordo com os critérios já citados. Constatadas mudanças inflamatórias e avaliados pelos índices, os mesmos indivíduos foram instruídos sobre a higiene oral utilizando a escova e palitos de madeira. Os índices continuaram a ser feitos durante o período de higienização, tendo fim quando as pontuações chegassem a zero.

Neste experimento, foi feito também, um exame bacteriológico. Nesta eram feitas coletas de flora bacteriana da margem gengival, com intervalos também variados, e seriam feitos do início do tratamento até ser diagnosticado uma possível gengivite. O exame final foi feito quando as condições saudáveis da gengiva foram estabelecidas. As áreas selecionadas para este exame foram as margens gengivais dos segundos pré-molares e a mesial do primeiro molar superior esquerdo. Os tipo de bactérias foram classificadas de acordo com critérios morfológicos: cocos,

...

Baixar como (para membros premium)  txt (5.3 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com