TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Reaproveitamento de Alimentos

Por:   •  18/5/2018  •  Projeto de pesquisa  •  4.807 Palavras (20 Páginas)  •  150 Visualizações

Página 1 de 20

Nome: Rosa Maria Nossol Ribas

Endereço: Rua Professor Basílio, 148

Telefone: 41 96420209

CPF: 995079279-72

RG: 5.197.340-2

Município: Quitandinha/Paraná

Nome da Escola: Escola Municipal Padre Antônio

Endereço: Av. Fernandes de Andrade, 2261


1- RESUMO DA EXPERIÊNCIA

        Projeto escolar com os 22 alunos do 4º Ano sobre a utilização saudável, consciente e sustentável dos alimentos, pensando na produção, manuseio, reaproveitamento e desperdício relacionados com nossos hábitos alimentares e de consumo, analisando as atitudes dos alunos em casa e na escola através de observação e auto-análise orientada pelo professor.

        Iniciado a partir de uma experiência frustrada pela turma de alunos que por atraso para sair para o recreio acabou ficando sem o lanche que os demais alunos já tinham consumido, onde questionaram, “POR QUE ACABOU O LANCHE?”. Os próprios alunos concluíram através de sua observação que eles ficaram sem aquele lanche porque seus colegas de outras turmas tinham desperdiçado o lanche, ao devolverem os pratos cheios.

        A partir desta situação a professora planejou e organizou um projeto onde os alunos realizassem a observação da produção dos alimentos da agricultura familiar fornecidos para a escola, a produção de alimentos numa horta orgânica e a distribuição de alimentos no CEASA – Central de Abastecimento do Paraná para verificar o manuseio/desperdício de alimentos.

        Em sala, os alunos assistiram vídeos sobre os hábitos de consumo alimentar bem como o desperdício de alimentos, trouxeram experiências de suas casas através de pesquisa direcionada, realizaram pesquisas e entrevistas com o tema, produziram alimentos com reaproveitamento e confeccionaram um caderno com receitas que foi entregue aos seus pais.


2- INTRODUÇÃO

        Este projeto relata uma problematização com a alimentação consciente pensando na realidade brasileira que é preocupante, onde os dados do IBGE (2014) apontam que 12 bilhões de reais são jogados no lixo anualmente, dados esses que colocam o Brasil em primeiro lugar como campeão mundial de desperdício de alimentos. Os dados vão mais longe ao indicarem segundo o IPEA (2013) que 35% da produção de alimentos no Brasil vai parar no lixo, e que 50% do lixo produzido no Brasil é orgânico, resultado do desperdício dos alimentos e, segundo o Instituto AKATU (2009) um terço de tudo que compramos vai diretamente para o lixo sem nenhuma utilização em nossas casas.

        Na escola, cotidianamente os alunos perceberam o desperdício de alimentos quando as crianças devolvem seus pratos durante o recreio com boa parte do seu lanche restando, produzindo um desperdício considerável de alimentos que poderia ser consumido por outros alunos, isso ocorre por diversos fatores que vão desde a oferta de um lanche que não agrada aos alunos até um consumo sem consciência por parte das crianças que causa o desperdício.

        Sendo assim a educação conscientizadora é o meio mais eficaz para o exercício da cidadania e para despertar nos indivíduos reflexões que efetivem práticas adequadas e sustentáveis no seu cotidiano, contribuindo para uma sociedade preocupada com o planeta e com sua saúde. Tornou-se fundamental nos dias de hoje, principalmente para a escola, problematizar os “vilões” - desperdício e fome -, pois a alimentação se tornou pauta importante para a sustentabilidade do planeta e a sensibilização é o recurso de maior resolutividade para esta situação.

        O desperdício é um mal que deve ser duramente combativo por todos nós, e é recorrente as afirmações que as grandes mudanças não ocorrem se ficarem apenas na teoria, elas precisam de gestos e atitudes práticas e a escola é uma instituição importante e decisiva para a criação de hábitos saudáveis pela construção de atitudes significativas por parte dos alunos que além de serem multiplicadores destas ações na sociedade serão o futuro construindo uma geração mais consciente.

        Este projeto de aplicação iniciado pela problematização dos próprios alunos em um dia que chegaram atrasados para o recreio e não conseguiram comer o mesmo lanche que seus colegas de outras turmas que já tinham lanchado, e, ao analisarem os pratos devolvidos, cheios de lanche, ao retornarem para a sala de aula discutiram com a professora sobre o desperdício do lanche escolar, o que causou tanta curiosidade e interesse que se tornou um projeto a ser desenvolvido durante alguns meses em sala de aula e em atividades extraclasse pela professora.

        O Projeto contou com aulas expositivas, vídeos, produção de panfletos e cartazes, pesquisa, observação, produção de receitas sobre utilização de alimentos ou partes deles que seriam desperdiçados, leitura, exercícios e a confecção de um caderno de receitas construído para ser entregue aos pais, como resultado do projeto.

        Como atividade extraclasse os alunos realizaram visita em uma plantação agrícola do programa Agricultura Familiar que fornece alimentos para o lanche dos alunos, onde analisaram a produção dos alimentos e como eles são manuseados e entregues na escola, discutindo principalmente o início do desperdício no processo da cadeia alimentar. Visitaram uma agricultora que produz toda a sua alimentação utilizando a agricultura orgânica para analisar a possibilidade de mudança nos hábitos de consumo bem como a possibilidade de uma vida onde as pessoas tenham hábitos alimentares mais saudáveis e conscientes.

 Os alunos também foram levados até o CEASA – Central de Abastecimento do Paraná, onde realizaram uma visita supervisionada e analisaram desde a chegada dos alimentos, todo seu manuseio e seleção para serem enviados para a venda direta aos consumidores, nesta visita puderam ver todo o desperdício de alimentos que ocorre neste processo saindo da agricultura, passando pela Central de distribuição até chegar aos mercados e ao consumidor final.

        Após todo o trabalho de pesquisa e observação os alunos analisaram o comportamento de suas famílias como consumidores de alimentos e a produção deles, pesquisaram com suas famílias sobre receitas feitas em casa que evitavam o desperdício ou reutilizavam os alimentos orgânicos e trouxeram estes relatos para a escola. Na escola estas receitas foram apresentadas para a turma e selecionadas, as que mais chamaram a atenção foram produzidas na cozinha da escola, onde também puderam conversar com as cozinheiras sobre a produção dos alimentos para o lanche da escola, assim como também entrevistaram a nutricionista da Secretaria Municipal de Educação de Quitandinha para discutirem o lanche escolar, que, pela perspectiva e percepção dos alunos é um ambiente de pouca preocupação com o reaproveitamento e o desperdício dos alimentos.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (31.3 Kb)   pdf (154.9 Kb)   docx (22.4 Kb)  
Continuar por mais 19 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com