TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Criação a Pasto- bovinocultura de corte

Por:   •  9/7/2019  •  Projeto de pesquisa  •  6.150 Palavras (25 Páginas)  •  54 Visualizações

Página 1 de 25

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO OESTE DO PARANÁ

CAMPUS DE MARECHAL CÂNDIDO RONDON

CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS

CURSO DE ZOOTECNIA

BOVINOCULTURA DE CORTE E BUBALINOCULTURA

MARECHAL CÂNDIDO RONDON

Novembro 2015

Bruna Pires

Guilherme Luís Silva Tecer

Jaqueline Regina Bergmann

Marsal Alexandre da Costa

Tomás Marcondes Castanheira

ABATER MACHOS AOS 18 MESES DE IDADE E 480 KG

EM PASTAGEM

Trabalho requerido pelo professor Mérito

Valente, docente da disciplina de Bovinocultura e

Bubalinocultura de corte do 4º ano de zootecnia.

MARECHAL CÂNDIDO RONDON – PR

 Novembro 2015

Sumário

1.        INTRODUÇÃO        5

2.        PLANEJAMENTO DO CICLO COMPLETO        6

2.2 RAÇA        8

2.2.1 CRUZAMENTO        8

3.        PASTAGEM        10

MOMBAÇA        12

O capim-Mombaça, como a maioria das cultivares de capim-colonião, requer solos de média a alta fertilidade para um bom e rápido estabelecimento, bem como para cobertura total do solo. O capim-Mombaça (Panicum maximum cv. Mombaça) é uma gramínea que forma touceiras com até 1,65 m de altura e folhas quebradiças. Estabelecimento -- a semeadura deve ser realizada no início do período chuvoso (outubro/novembro). A profundidade de plantio deve ser de 2 a 4 cm. A densidade de semeadura varia de 10 a 15 kg/ha. O plantio pode ser em linhas espaçadas de 0,5 a 1,0 m entre si ou à lanço. Manejo e utilização - o primeiro pastejo deve ser realizado 90 a 120 dias após o plantio. Pastagens bem formadas e manejadas apresentam uma capacidade de suporte de 1,5 a 2,5 UA/ha, durante o período chuvoso, e de 0,8 a 1,0 UA/ha no período seco (UA = 450 kg de peso vivo.). Os ganhos de peso/animal/dia variam de 450 a 700 g no período chuvoso e de 150 a 350 g na época de estiagem.  Deve-se iniciar o pastejo quando as plantas atingem entre 1,2 a 1,6 m de altura, que devem ser rebaixadas até cerca de 30 cm acima do solo. Utilizar sistemas de rotação de pastagem otimiza o desempenho animal e a persistência à pastagem.        12

Tabela 5. Período de descanso e altura de manejo das pastagens utilizadas.        12

AVEIA        13

Aveia Branca – Avena sativa L. Aveia Preta – Avena strigosa Schreb.        13

As aveias podem ser perenes ou anuais, porém as mais utilizadas são as anuais, possui folhas estreitas e compridas, colmos macios e suculentos, vasto sistema radicular fasciculado, pode atingir até um metro de altura e produzir de quatro a cinco afilhos, o ciclo dura em torno de 3 a 5 meses. São plantas de temperatura fria, porém apresentam cultivares adaptadas a regiões de temperaturas quentes. A aveia não suporta solos encharcados, preferindo solos úmidos mas bem drenados. Pode-se realizar a semeadura da aveia nos meses de março a junho para forragem. O plantio será à lanço. O pastejo deve ser iniciado quando a planta atingir 30 cm de altura, para que se tenha uma área foliar que facilite a rebrota e diminua os intervalos de pastejo, quando o resíduo estiver com uma altura de 10 cm é importante que os animais sejam retirados do pastejo.        13

AZEVÉM        13

Devido à sua adaptação à temperaturas baixas, desenvolve-se apenas no inverno e primavera.        13

O estabelecimento do azevém é realizado através de sementes, utilizando de 25 a 40 kg/ha, nos meses de março a abril, o plantio será realizado a lanço. Dura mais que a aveia, atingindo o mês de novembro.        14

CONSÓRCIO DE AVEIA E AZEVÉM        14

A mistura de espécies anuais de inverno é muito comum e tem como objetivo combinar os picos de produção de matéria seca, esta técnica tem por objetivo prolongar o período de pastejo e aumentar a produção. Devido à aveia antecipar o período de utilização da pastagem e o azevém prolongar o ciclo de pastejo, uma das misturas mais utilizadas é a de aveia com azevém.        14

...

Baixar como (para membros premium)  txt (40.9 Kb)   pdf (866.4 Kb)   docx (1.1 Mb)  
Continuar por mais 24 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com