TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Processamento Mínimo de Tangerina

Por:   •  9/6/2019  •  Trabalho acadêmico  •  1.023 Palavras (5 Páginas)  •  12 Visualizações

Página 1 de 5

Processamento Mínimo de Tangerina (Citrus reticulata)

Kainã R Cavalheiro, Pedro Henrique C Bagatini, Rafaela Rorato de Oliveira e Vanderlan Lauer

INTRODUÇÃO

A Tangerina (Citrus reticulata) é uma espécie arbórea de origem asiática, mais especificamente, chinesa. Foi introduzida no ocidente, a partir de 1805, quando foi importa pela Inglaterra.

No Brasil, a planta chegou no período colonial com os imigrantes portugueses, no ano de 1892. Logo espalhou-se pelo litoral brasileiro, e em seguida, ganhou espaço por todo o território nacional.

A Tangerina (Citrus reticulata), é utilizada em sua maioria, para o consumo in natura. No entanto existem alguns processos de melhoramento dessa fruta. O presente trabalho tem como objetivo apresentar informações sobre a planta, além de maneiras de se realizar o seu processamento, com maior enfoque no processamento mínimo.

DESENVOLVIMENTO

A Tangerineira, árvore que produz as frutas, possui tamanho variante do médio até grande, e apresenta crescimento ereto e com poucos no caule e galhos. Além disso, sua vegetação é densa, e suas flores são brancas e exalam um aroma característico da planta. Seus frutos são de formato arredondado, com peso médio de 138 gramas. Em geral, o número de gomos varia de 9 até 13 por fruta, com cerca de 5 a 8 sementes. Ademais, a Tangerina (Citrus reticulata), expõe uma casca fina e firme, com coloração que varia desde o laranja até o vermelho.

Em geral, a planta se adapta de maneira mais satisfatória em climas amenos, com temperaturas entre 23ºC e 32ºC e alta umidade relativa do ar. Quando exposta a um ambiente com uma amplitude térmica superior à essa (temperaturas superiores a 40ºC e inferiores a 13ºC), a planta reduz sua capacidade de produção de fotoassimilados, que são responsáveis pela geração de energia e consequentemente, pelo desenvolvimento da planta. Isso provocará uma queda de produção dos frutos. Quando os frutos se desenvolvem em climas frios, exibem uma maior taxa de acidez, além de uma coloração mais intensa da casca e suco.

A Tangerina (Citrus reticulata), é uma fruta rica em vitaminas C e do complexo B (B1 B2), além de apresentar grande concentração de betacaroteno, substância responsável pela coloração alaranjada, e fibras. Além disso, sua casca contém altas taxas de vitamina A, Niacina, Cálcio e Fósforo. A fruta ainda exibe efeitos diuréticos e calmantes. Em função de sua polpa apresentar alta quantidade de fibras, pesquisa-se sobre os efeitos da fruta na prevenção de doenças como a hipertensão e problemas cardiovasculares.

Apesar de ser rica em um grande número de vitaminas e minerais, a Tangerina (Citrus reticulata), deve ser consumida de maneira racional, principalmente por pessoas que fazem algum tipo de dieta, em função de seu alto valor calórico. Uma porção de 100 gramas de Tangerina (Citrus reticulata), fornece em média, 43 calorias.

PROCESSAMENTO

O processamento da Tangerina (Citrus reticulata), leva em consideração todos os fatores antecedentes à chegada das frutas no local de melhoramento. Isso inclui, desde a compra das mudas, que devem ser adquiridas de um viveiro certificado, visando evitar a aquisição de plantas doentes e que sejam hospedeiras de insetos e outros organismos. Passando pelo plantio, manejo de pragas e doenças, colheita, embalagem, transporte, até chegar no pré-processamento, que inclui a limpeza e seleção dos frutos. Caracterizada como um fruto não-climatérico, isto é, um fruto que não aumenta sua taxa de respiração e síntese de Etileno após a maturação, a Tangerina (Citrus reticulata), demanda um cuidado especial no momento de sua colheita, afim de abastecer o mercado com frutas de sabor adocicado.

Uma das formas de saber o momento ideal de colheita, é a utilização de testes de maturação. O teste que mede a concentração de açúcares, por exemplo, é uma boa opção para medir o grau de maturação da fruta, “Seu ponto de colheita ideal é definido quando o fruto apresentar teores de sólidos solúveis de 9º Brix, ratio (relação sólidos solúveis e acidez titulável) igual a 9,5 e mínimo de 35% de suco” (GOMES, Sebastião, 2017)

A Tangerina (Citrus reticulata) é consumida em sua maioria, de forma natural. No entanto, podem ser produzidos da casca dessas frutas, geleias, rações, óleos essenciais, e em conjunto com a polpa, sucos e outros produtos. Além disso, as folhas e ramos mais novos, são geralmente secos e comercializados como chás.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.6 Kb)   pdf (124.3 Kb)   docx (10.1 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com