TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Análise De Sistema - Trabalho Individual 3º Semestre

Exames: Análise De Sistema - Trabalho Individual 3º Semestre. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  14/10/2013  •  3.223 Palavras (13 Páginas)  •  638 Visualizações

Página 1 de 13

1 - INTRODUÇÃO

Neste trabalho mostrarei relações entre Sistemas operacionais e SGBD partindo de um banco de dados completo da biblioteca, abordando técnicas de programação, explicando as melhores linguagens de programação, com o intuito de facilitar o uso e a organização do banco de dados do sistema em si.

2 - OBJETIVO

Especificação de Sistema Operacional com banco de dados (SGBD) compatíveis com objetivo de implementação de uma locadora de livros, mostrando toda a programação e banco de dados do mesmo.

3 - SISTEMAS OPERACIONAIS E BANCO DE DADOS (SGBD)

3.1 - SISTEMA OPERACIONAL DA LOCADORA DE LIVROS.

Para a utilização do Sistema Operacional no Sistema da Locadora de Livros, eu utilizaria um sistema Linux, pelos motivos abaixo:

• Baixo custo:

O Linux é baseado em software livre. Por isso, as empresas que distribuem o sistema não cobram pelo sistema em si, mas por serviços adicionais como publicação de manuais, suporte, treinamento, etc. Com isso você pagaria o mínimo possível pelo S.O. (em alguns casos nem pagaria) e poderia ter a mesma quantidade de segurança de um sistema fechado.

• Segurança:

Qualquer instalação ou alteração do sistema, no Linux, requer a autorização do "usuário root", que é uma espécie de usuário especial do sistema. Com isso, dificilmente um vírus ou programa malicioso será instalado a não ser que você autorize, inserindo sua senha e nome de usuário.

Há ainda o fato de o sistema estar instalado em bem menos máquinas que o Windows, o que o torna menos visado pelos criadores de vírus.

• Comunidade de suporte ativa:

Fóruns, listas de discussão, wikipages, e-groups, sites... É grande a lista de recursos disponíveis na Web para resolver problemas relativos a Linux. De problemas básicos (como dificuldade para executar um tipo de arquivo) a dúvidas mais complexas, é possível encontrar respostas em comunidades de usuários de software livre online. Em português, há o site Br-Linux.org, com notícias de Linux, tutoriais e fóruns.

3.2 - TEMAS IMPORTANTES DA ADMINISTRAÇÃO DE TECNOLOGIA.

• Humanização:

Quantas pessoas você conhece que gostam de falar com o atendimento eletrônico das empresas? E a principal reclamação é a de que não conseguem resolver a questão e sempre precisam finalizar o atendimento com um operador, certo? É por esta razão que a humanização da URA (Unidade de Resposta Automática) é uma aliada do atendimento eletrônico.

As inovações tecnológicas mudaram a forma como as pessoas se relacionam entre si e com as empresas. Em um primeiro momento, o contato era apenas pessoal e depois passou a ser por telefone e agora a internet também está crescendo neste setor, o e-commerce é um bom exemplo disso. Mas independente do meio a ideia principal é mostrar e fazer com que o cliente sinta que por trás da máquina existe uma pessoa.

Por isso, seja por telefone ou chat on-line, o atendimento eletrônico engessado não agrada e até irrita os clientes, e a humanização da URA pode trazer diversos benefícios, não só na qualidade do atendimento, mas também reduzindo custos.

O cliente deve ter uma boa experiência no contato com o atendimento eletrônico, de forma que ele siga até solucionar a questão. Este contato precisa reter o consumidor. Por isso, é preciso minimizar a rejeição natural das pessoas de se comunicar com máquinas, melhorando a experiência e a satisfação do cliente no momento da interação.

Para que isso aconteça vários detalhes devem ser pensados, como a voz, a linguagem e até as frases que serão utilizadas. Esses são pontos principais, se a empresa errar aqui todo o trabalho se perdeu. Além disso, deve haver um diálogo inteligente, que possa antecipar o motivo da chamada ou ser proativo durante a interação entre o humano e o computador, garantindo agilidade.

O consumidor satisfeito com o atendimento eletrônico não sentirá necessidade de falar com um operador do contact center, o que resulta na diminuição de custos para as empresas. Isso porque haverá menor necessidade de agentes para o atendimento humano, o que diminuirá os custos com treinamento, por exemplo.Vale lembrar também que nem sempre os agentes estão bem preparados para atender, já que a rotatividade no setor é grande, e isso também é negativo para a empresa. A humanização da URA soluciona todas estas questões.

• Relacionamento interpessoal:

Relacionamentos são complicados, complexos... E o relacionamento entre as áreas de negócio e a de TI não é exceção. Como tantos outros relacionamentos, um bom começo para dar certo é acordar os papéis e a estrutura de poder.

Como discutido na semana passada, um bom relacionamento da área de TI com seus pares das áreas de negócio depende da qualidade das interações entre as partes. E essas interações são construídas sobre papéis individuais: O CIO interage com a empresa, com outros executivos da diretoria, enquanto os chefes de desenvolvimento de aplicações, operações, e assim por diante fazem o mesmo os gerentes da linha de frente, o que nos leva a níveis - e à importância da interação pessoal.

Considere isto: analistas de Help desk interagem com os funcionários de diversos níveis no organograma da empresa. Desenvolvedores também interagem com os funcionários de diversos níveis nas fileiras de negócio. O pessoal da área de operações fica um pouco mais isolado, mas não muito - algumas situações também podem colocá-los em interação direta com as áreas de negócio.

Portanto, a qualidade do relacionamento entre negócio/TI como um todo depende das conexões certas, de pessoa para pessoa, de equipe para equipe... E cada uma dessas interações depende de pelo menos três dinâmicas distintas.

A primeira diz respeito ao modelo de relacionamento comercial entre a equipe de TI e as das áreas de negócio. Se os funcionários de TI continuarem a considerar os demais funcionários da empresa como clientes, em vez de parceiros, o resultado será muito ruído e baixa produtividade.

A segunda, à

...

Baixar como (para membros premium)  txt (20.7 Kb)  
Continuar por mais 12 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com