TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM ENGENHARIA CIVIL

Por:   •  29/7/2020  •  Trabalho acadêmico  •  962 Palavras (4 Páginas)  •  3 Visualizações

Página 1 de 4

CENTRO UNIVERSITÁRIO LUTERANO DE SANTARÉM

ENGENHARIA CIVIL

eSTRUTURAS DE MADEIRA

SANTARÉM

2018

eSTRUTURAS DE MADEIRA

Trabalho apresentado a disciplina Tópicos especiais I e II do curso de Engenharia Civil do CEULS/ULBRA, como requisito parcial para obtenção de nota, referente ao Grau 2.

Orientador:

SANTARÉM

2018


LISTA DE ILUSTRAÇÕES

Figura 1 - Faixa de influência de nós de treliças planas        5

Figura 2 – Cargas atuantes nos nós de treliças planas        5

Figura 3-Nós        6

Figura 4- Cargas pontuais de peso próprio        8

Figura 5 - Diagrama de esforços Peso Próprio        8

Figura 6 – Caso A        9

Figura 7 – Caso B        9

Figura 8 – Cargas pontuais decompostas Caso A        10

Figura 9 – Diagrama de esforços Caso A        10

Figura 10 - Cargas pontuais decompostas Caso B        11

Figura 11 - Diagrama de esforços Caso B        11


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO        4

2 METODOLOGIA DE CÁLCULO        5

2.1 Cálculo das cargas        5

2.1.1 Área de influência        5

2.1.2 Carga da trama        6

2.1.3 Carga Pontual        6

3 MEMORIAL DE CÁLCULO        6

3.1 Cálculo das cargas        6

3.1.1 Área de influência        7

3.1.2 Carga da trama        7

3.1.3 Carga Pontual Peso Próprio        8

3.1.4 Carga de vento        8

3.1.4.1 Caso A        9

3.1.4.2 Caso B        10

3.1.5 Cargas Combinadas        12

4 CONCLUSÃO        14

  1. INTRODUÇÃO

  1. METODOLOGIA DE CÁLCULO

Para a verificação de uma estrutura de cobertura em madeira pré-existente é necessário o cálculo das cargas atuantes, juntamente com as especificações dos materiais utilizados.

  1. Cálculo das cargas
  1. Área de influência

As cargas sobre uma treliça são consideradas como atuantes sobre os nós superiores da estrutura. Usa-se o critério da faixa de influência, conforme ilustrado na Figura 2, para se obter a carga atuante sobre cada nó.

A faixa de influência é tomada como sendo a soma das duas metades das distâncias entre os dois nós vizinhos. Sobre cada um destes nós atuam todas as cargas provenientes do material existente na faixa de influência: madeira (trama) e telhas, vento. Basta conhecer com exatidão todos os elementos envolvidos em cada faixa considerada.

Portanto, conforme anteriormente comentado, as cargas serão consideradas como concentradas sobre os nós do banzo superior, conforme ilustra a Figura 3.

Figura 1 - Faixa de influência de nós de treliças planas

[pic 1]

Fonte:  Gesualdo (2003)

Figura 2 – Cargas atuantes nos nós de treliças planas

[pic 2]

Fonte:  Gesualdo (2003)

  1. Carga da trama

Referente a caibros, terças e ripas:

[pic 3]

Onde:

γm: peso específico da madeira (KN/m³);

As=área da seção transversal (m²);

e=espaçamento entre elementos (m)

Pm: KN/m²

  1. Carga Pontual

Carga concentrada em cada nó, em função da área de influência.

[pic 4]

Onde:

Pm: Somatório das cargas da trama (KN/m²);[pic 5]

Pt=Carga do tipo de telha (KN/m²);

Ai=área de influência do nó (m²);

γ=coeficiente de majoração (1,4);

Pi: KN

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.7 Kb)   pdf (1 Mb)   docx (1.3 Mb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com