TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Tecnologia Em Mecânica Modalidade Processos De Produção

Por:   •  30/11/2018  •  Relatório de pesquisa  •  1.206 Palavras (5 Páginas)  •  32 Visualizações

Página 1 de 5

FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO PAULO – FATEC

Tecnologia Em Mecânica Modalidade Processos De Produção 1° Semestre

RELATÓRIO DA EXPERIÊNCIA N°6:

Equilíbrio Estático do Corpo Rígido - Escada

SÃO PAULO 2018


Objetivo

O ensaio tem por finalidade observar e verificar a validade das leis de equilíbrio de um sólido sujeito a ação de várias forças. Utilizando-se de cargas e dinamômetros (molas) será feita a análise das reações vinculares em articulações.

Introdução

Entendemos por corpo rígido aquele que é absolutamente indeformável, pois todos os pontos a ele associados têm o mesmo comportamento quando submetidos à ação de forças. Se uma partícula está em equilíbrio, a resultante das forças externas que atuam sobre ela é nula. Para o caso de um corpo rígido, devemos considerar, também, os pontos de aplicação das forças e a possibilidade de sofrer rotação.

Resumo teórico

O torque, ou momento de uma força, é uma grandeza vetorial que mede a capacidade que uma força F tem de causar rotação a um corpo em torno de um ponto fixo. A Figura 1 mostra um corpo  que tende a girar em torno do ponto fixo O, sob a ação de uma força F que age sobre um ponto P. O vetor r define a posição de P em relação ao ponto O. Definimos o torque em relação ao ponto O através do produto vetorial.[pic 1][pic 2][pic 3][pic 4][pic 5]

M = r× F  M[pic 6]


= r . F .senθ

F[pic 7][pic 8][pic 9][pic 10]

0        r                 θ 

θ

Linha de ação da força

Figura 1:

Corpo rígido sujeito a uma força, F aplicada a um ponto P, tendendo a girar em torno do ponto O.


Observando a Figura 1, vemos que o produto r senθ é igual ao braço l , de modo que o módulo do torque pode ser dado por:

M = F.( = senθ )

Quando o corpo está em equilíbrio, são obedecidas simultaneamente as condições de

       equilíbrio.

[pic 11][pic 12]

                                                              Fext = 0  e       Mext = 0

Nesta experiência, estudaremos o equilíbrio de uma barra colocada em um arranjo onde uma mola executará o papel de dinamômetro, e nos fornecerá o valor da tração na corda. Assim, a experiência é o estudo de uma barra submetida a ação de forças externas.

Fórmula de tração experimental no fio.

T Exp  = k. Δ x

Fórmula de tração teórica no fio.

   TTEO =  PC + PAB

      Senθ[pic 13]

    Fórmula do erro relativo

𝑉𝑚𝑒𝑑𝑖𝑑𝑜 − 𝑉𝑣𝑒𝑟𝑑𝑎𝑑𝑒𝑖𝑟𝑜

𝐸𝑟 =  |        𝑉        | 𝑥100[pic 14]

𝑣𝑒𝑟𝑑𝑎𝑑𝑒𝑖𝑟𝑜

  • Matérias Utilizados:

Barra

[pic 15]

Tirante

(Barbante ou fio de corda)

[pic 16]

Apoio vertical

[pic 17]

Mola

[pic 18]

Pesos com Gancho

[pic 19]

Balança digital

[pic 20]

Régua

[pic 21]

Transferidor de Grau

[pic 22]

Fita adesiva

[pic 23]

                                                                   

  • Metodologia

1ª parte: Tração aplicada no centro de gravidade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.7 Kb)   pdf (1 Mb)   docx (428 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com