TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A UTILIZAÇÃO DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO FERRAMENTA NO ENSINO A DIST NCIA: DESAFIOS ENCONTRADOS PELOS DISCENTES

Por:   •  14/10/2019  •  Artigo  •  6.471 Palavras (26 Páginas)  •  28 Visualizações

Página 1 de 26

UTILIZAÇÃO DOS AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM COMO FERRAMENTA NO ENSINO A DISTÂNCIA: DESAFIOS ENCONTRADOS PELOS DISCENTES

 

Antonia Samira Rabelo Borges

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

rabelosamira.sr@gmail.com

Bruno Viana Martins

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

bruno.tyson13@gmail.com

 

Enio Henrique Pinto Imbeloni

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

enioimbeloni@gmail.com

 

 

John Ney Burjacke Baia

Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

jndiretor@gmail.com

1 - Introdução

O processo de ensino, objeto de estudo da Didática, como explica Libâneo (2017), não pode ser tratado como atividade restrita à sala de aula, pois a prática educativa também ocorre na sociedade. Sendo assim, a Didática, que é uma disciplina que se fundamenta na Pedagogia, tem nos seus vínculos a prática social global.

A Pedagogia estuda a educação em todos os seus aspectos sociais, políticos e econômicos, recorrendo a outras disciplinas das Ciências Humanas, que acabam influenciando também a disciplina Didática. Desta forma, a educação é uma prática social que depende de uma grande variedade de instituições, meios tecnológicos e atividades humanas.

Dentre esses meios tecnológicos, temos a informática e os ambientes virtuais de aprendizagem que são essenciais para o desenvolvimento de qualquer discente na sociedade da informação. Presentemente, vivemos o que Adam Schaff denominou de segunda revolução microeletrônica (SCHAFF, 1995). Essa revolução trata-se da segunda revolução técnico-industrial. A primeira ocorreu no final do século XVIII e vai até o início do século XIX, com a utilização da máquina a vapor e da eletricidade. A revolução da microeletrônica é a base da evolução computacional no século XXI e sua importância tornou-se imprescindível na sociedade atual.

Com os adventos evolutivos da eletrônica, desde a corrida espacial, surgimentos dos computadores, surgimento da internet e as interconexões que ligaram e disponibilizaram informações para pessoas no mundo inteiro, as metodologias de ensino integradas ao desenvolvimento tecnológico, também puderam evoluir com o passar do tempo onde a modernidade tornou mais viável ao homem a disseminação de informações para o aprendizado. Essa metodologia que utiliza os aparatos das tecnologias informacionais como fonte de reprodução de informações e ideias se denominou Educação à Distância onde, segundo Hack (2011):

 “[..], a EaD é uma modalidade que permite a construção do conhecimento de forma crítica, criativa e contextualizada, quando o encontro presencial entre aluno e professor não é possível. Esta modalidade de ensino é planejada e intencional, criando-se meios para orientar o aluno a aprender com autonomia.”

Com a evolução das Tecnologias de Informação e Comunicações (TIC’s), a educação à distância passou a ganhar mais relevância. Na modalidade à distância, professores e alunos estão separados espacialmente e/ou fisicamente, entretanto, sua verdadeira efetivação ocorre com o intenso uso das TIC’s que possibilitam os momentos não presenciais (MORAN, 2009). Para apoiar nessa tarefa, surgiram os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA), que se tornaram possíveis com a evolução das TIC’s, pois elas permitiram a aproximação entre professor e aluno em ambientes não presenciais.

“[..] A partir de suportes digitais como disquetes, disco rígidos, fitas magnéticas, CD-Roms, DVDs, etc.. e a partir de suportes lógicos, como os aplicativos de criação de textos, imagens, sons; de sistematização de banco de dados, planilhas; de simulação, ambientes de apoio à decisão, cria-se um universo, um novo movimento sociocultural que invade as instâncias culturais, políticas e produtivas da ação humana. Desse modo, foram criados sistemas, dispositivos interativos, redes, hipertextos, signos, ramificando um “hiperespaço” de informações universais que eclodiu nos anos 1990 como o “ciberespaço”, em que os ambientes virtuais são as bases fundamentais para o acesso a esse novo universo.” (AMARILLA, 2011).

 

O significado do termo AVA refere-se a um sistema ou software que possibilita a distribuição e desenvolvimento de conteúdos diversos para cursos online e disciplinas semipresenciais para alunos em geral. Franco et al (2003, p. 344) afirmam que: “[..] Seguindo os passos de desenvolvimento de novas funções da web, algumas universidades e empresas se lançaram na empreitada de oferecer sistemas para serem usados como um ambiente educacional”.

Este artigo trata com detalhes de algumas características e conceitos de Ambientes Virtuais de Aprendizagem, modalidades técnicas-pedagógicas e dificuldades encontradas pelos alunos, embasadas por estudos de casos.         

...

Baixar como (para membros premium)  txt (43.9 Kb)   pdf (433.1 Kb)   docx (138.7 Kb)  
Continuar por mais 25 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com