TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Determinação Sódio

Por:   •  30/5/2016  •  Relatório de pesquisa  •  670 Palavras (3 Páginas)  •  86 Visualizações

Página 1 de 3

Universidade Federal de Goiás

Instituto de Química

Análise Instrumental 1

Professor: Paulo Sérgio de Souza

Curso: Química

Alunos: Álex Silva, Brainner Fernandes, Caroline Almeida, Habdias Neto

DETERMINAÇÃO DO TEOR DE SÓDIO NO SORO FISIOLÓGICO POR FOTOMETRIA DE CHAMAS

RESULTADOS E DISCUSSÕES

A partir da solução estoque de cloreto de sódio a 100 mg/L, previamente preparada, foram preparadas soluções padrão secundárias de 1,0; 2,0; 3,0; 4,0 e 5,0 mg/L em balões volumétricos de 50 mL.

Posteriormente foram preparadas soluções secundárias de dois soros fisiológicos, das marcas Arboreto e Farmax.

O princípio básico da fotometria de chamas é a atomização do metal a ser analisado, de forma que à medida que os elétrons do metal são excitados, estes são capazes de saltarem para níveis mais energéticos de modo que durante as transições liberam energia na forma de luz tendo cores características de cada elemento. O fotômetro foi calibrado com o branco (em 0) e a solução padrão secundária mais concentrada (em 90). Com isso pode-se fazer a leitura da absorção que são apresentadas na tabela 1.

Tabela 1. Determinação dos valores de absorbâncias das soluções padrão secundaria de sódio para a construção da curva analítica e das soluções da amostra dos soros fisiológicos Arboreto e Farmax.

Sódio (mg/L)

I1

I2

I3

Imédia

1,0

23,5

24

24

23,83

2,0

41,5

42

42,5

42

3,0

56,5

56

57

56,5

4,0

74,5

74

75

74,5

5,0

90,0

90,0

90,0

90,0

Soro Arboreto

66

66

66

66

Soro Farmax

66

66

66

66

Com os valores de intensidade e das concentrações das soluções anteriores, foi construída a curva analítica, intensidade (I) em função da concentração (mg/L), representada no gráfico 1.

[pic 1]

Gráfico 1. Curva de calibração do sódio (Na+)

[pic 2]

A partir da curva de calibração foi obtido a equação da reta e o coeficiente de correlação R.

  • Coeficiente de Correlação

O coeficiente de correlação obtido foi de 0.99947, um valor adequado, pois se aproxima do ideal (1).

  • Equação da Reta

A equação da reta obtida é y = 7,914 + 16,484x. A partir dela foi possível calcular a concentração de sódio nos soros fisiológicos.

  • Soro fisiológico Arboreto

 Considerando y o valor médio das intensidades, podemos calcular a concentração x da solução de soro fisiológico Arboreto.

y = 7,914 + 16,484x

66= 7,914 + 16,484x

x = 3,52 mg/L

3,52 mg de sódio ----- 1000 mL

      x1 mg de sódio ----- 50 mL

x1 = 0,176 mg de sódio

0,176 mg ----- 50µL - 0,05mL

  x2 ----- 1000 mL

       x2 = 3.520 mg de sódio ou 3,520 g de sódio

Como a concentração de 3,520 g é de sódio e queremos obter a do cloreto de sódio (NaCl), pois é o composto que fornece o sódio analisado do soro, então:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.1 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com