TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

10 Histórias de Negócios Sustentáveis que moldaram 2015

Por:   •  8/8/2018  •  Resenha  •  1.114 Palavras (5 Páginas)  •  104 Visualizações

Página 1 de 5

[pic 2]

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

MBA EM LIDERANÇA E COACHING

Fichamento de Estudo de Caso

Rodrigo Rocha de Moura

Trabalho da disciplina Gestão Sustentável

                                                 Tutor: Prof. Norma Horst Kirsten 

Polo EAD Dorival Caymmi – Copacabana, RJ

2018

Estudo de Caso :

Gestão Sustentável

10 Histórias de Negócios Sustentáveis que moldaram 2015

REFERÊNCIA: Andrew Winston Harvard Business Revíew

O texto inicia explicando a importância que o ano 2015 teve para a construção de um mundo próspero e sustentável, fala também que novas vozes se juntaram a luta, que ia do Papa, CEOs globais e quase todos os líderes políticos do mundo, assim na maior parte, foi um ano de progresso incrível, então retrata oito temas transversais e historias que ajudaram o mundo a ser mais sustentável e duas historias que mostram o oposto:

1 – O papa nos lembra que estamos todos conectados, o manifesto Encíclica do Papa, Laudito Si, nos pede que consideremos a forma como tratamos uns aos outros em um mundo ameaçado e dividido, desafiando a forma atual do capitalismo e fez um argumento poderoso para combater as alterações climáticas e as desigualdades na morais e razões económicas, com toda influencia e peso de um lider moral de 1,2 bilhoes de católicos, o Papa é ouvido pelos maiores lideres do mundo, e adiciona uma dimenção enorme sobre a discussão sobre o clima e equidade, esse peso é tão grande que pode afetar o mundo mais efetivamente do que até mesmo os tratados ou acordos históricos, Jim Yong Kim, presidente do Banco Mundial, disse em setembro, "não temos esperança de acabar com a pobreza extrema, a menos que combater as alterações climáticas."

2 – Em Paris, todos os países dizem a uma só voz: "Vamos combater as alterações climáticas", 12 de dezembro foi um marco na historia, pois foi uma das primeiras vezes que representantes de cada ser humano na terra acordaram algo em prol da humanidade, um tratado feito com 187 países na capital francesa, que estabeleceu mecanismos para que todos os países limitem o aumento da temperatura global, se comprometendo com a redução de emissão de gás carbônico, temos como exemplo a China que se comprometeu a limitar sua emissão de carbono através da implementação sistemas entre outras.

3 – As empresas alinhar como nunca antes para a ação do clima, após o acordo de Paris, uma das razões as conversações foi o apoio de grandes nomes da comunidade empresarial para a redução de carbono e o uso de energia renovável, CEOs de algumas das maiores empresas do mundo exporão declarações públicas de apoio a um acordo climático forte, empresa como Bank Of America, Shell, Gap, Adidas, Google e Amazon, e outros grandes nomes foram mais longe, tomando ações diretas para reduzir a emissão de carbono e uso de energias renováveis como Apple, HP, Kaiser Permanente, Google, Dow, Amazon, e Owens Corning.

4 – As empresas e órgãos de governo globais definir metas globais visionárias, os objetivos Globais, que são as definição de metas globais sustentáveis pelas empresas e pelos governos, lançado pela ONU as 17 declarações e 169 metas, criam uma visão e um destino para a construção de um mundo próspero, não a pobreza, fome zero, saúde e bem estar, ações sobre as mudanças climáticas entre outras, muitas empresas definiram também metas visionarias através da ciência e algumas alcançaram grandes alvos como a Coca Cola repondo 100% água.

5 – A visão de um sistema de energia all-renovável entra em foco, a energia renovável como possível realidade para mais de 139 países, foi traçada por dois professores de Stanford e Universidade da Califórnia como confiável ate 2050, globalmente, ao longo dos dois últimos anos fontes renováveis corresponderam mais da metade, EUA nos seis primeiros meses de 2015 consumiram 70% de fontes renováveis,  a tecnologia da energia limpa está mais barata.

6 – Wall Street acorda, a investidores de curto prazo ("Wall Street")estáo se juntando a  investidores de ativos com horizontes de longo prazo da bolsa de valores (Wall Street) para pressionado as empresas a gerir melhor as questões ambientais e sociais, com criação de fundos de investimento de energia limpa e o movimento de desinvestimento em combustíveis fósseis.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.9 Kb)   pdf (162.9 Kb)   docx (48.9 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com