TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Atividade Individual Corporate Financia FGV

Por:   •  12/1/2022  •  Trabalho acadêmico  •  1.771 Palavras (8 Páginas)  •  9 Visualizações

Página 1 de 8

[pic 1][pic 2]

Atividade individual        

Matriz de atividade individual

Disciplina: Corporate Finance

Módulo: Corporate Finance

Aluno: Renato Carlos Ribeiro dos Santos

Turma: 0421-1_3

Tarefa: Atividade Individual

Custo de capital próprio e custo médio ponderado de capital

Com a demonstração das informações do exercício, onde:

  • Taxa Livre de Risco (Rf) = 3,4%;
  • Taxa de Retorno da Carteira de Mercado (Rm) = 11,4%;
  • Beta do Setor Calculado (ꞵ) = 1,2%.

Foi possível calcular o Prêmio pelo Risco de Mercado (Rm - Rf), bem como a taxa mínima de atratividade (TMA) através da fórmula Ke = Rf + β x (Rm – Rf), chegando em:

  • Prêmio pelo Risco de Mercado (Rm - Rf) = 8%
  • Taxa mínima de atratividade (TMA) = 13,000%

A partir dos dados acima e com a Proporção de Capital Próprio (%PL) de 47,5%, a Proporção de Capital de Terceiros (%P) de 52,5%, Imposto de Renda (IR) de 34% e Despesas Financeiras (i) de 10%, foi possível encontrar o custo médio ponderado de capital (CMPC) através do cálculo CMPC = (TMA x %PL) + ((i x (1 – IR)) x %P). O CMPC encontrado é igual para ambos os cenários, visto que foram usados os mesmos parâmetros. Chegando nos seguintes resultados para ambos os cenários:

  • Custo Médio Ponderado de Capital (CMPC) = 9,6400%

Segundo Assaf Neto (2014, p. 93), o Custo Médio Ponderado de Capital (CMPC) – em inglês, Weighted Average Cost of Capital (WACC) – representa a taxa mínima de atratividade dos investimentos dos credores e dos acionistas. Desse modo, o WACC representa o percentual de retorno mínimo exigido que todos os investidores, em conjunto, esperam receber de forma a recompensar o risco assumidos ao aplicar os seus recursos.

Projeção dos resultados e dos fluxos de caixa livres da empresa e do acionista

Cenário 01:

[pic 3]

Através das demonstrações acima, é possível chegar no Fluxo de Caixa Livre da Empresa (FCLE) e no Fluxo de Caixa Livre do Acionista (FCLA) do cenário 01.

Podemos verificar que o método de pagamentos de prazo médio de 90 dias concedido aos clientes, considerando 100% das vendas parceladas em cinco vezes sem juros, influencia no baixo Fluxo de Caixa Livre, tanto para a Empresa quanto para os Acionistas, nos primeiros anos, porém, esta modalidade de crédito para o cliente aumenta gradativamente o Fluxo de Caixa Livre, tanto para a Empresa quanto para os Acionistas, com o passar dos anos.

Cenário 02:

[pic 4]

Podemos verificar que o método de pagamentos de prazo médio reduzido, considerando 100% das vendas parceladas em três vezes sem juros, com redução de 20% no faturamento, influencia em um Fluxo de Caixa Livre maior do que o primeiro cenário, tanto para a Empresa quanto para os Acionistas, nos primeiros anos, porém, esta modalidade de crédito para o cliente não reflete o grande aumento gradativo de Fluxo de Caixa Livre, tanto para a Empresa quanto para os Acionistas, do primeiro Cenário.

Segundo Assaf Neto (2014, p. 168), o fluxo de caixa livre (ou disponível) é o resultado de
caixa após a cobertura do volume de recursos necessários para financiar os investimentos e prover o

crescimento da empresa. Esse pesquisador esclarece que o fluxo de caixa livre poder ser de dois tipos,
da empresa ou do acionista:

  • O Fluxo de Caixa Disponível (ou livre) da Empresa – FCDE – é o excesso
    operacional de caixa pertencente aos credores e acionistas (proprietários de
    capital), sendo calculado a partir do resultado operacional líquido do IR
    (NOPAT). É um fluxo de caixa livre, por ser calculado após os
    reinvestimentos em ativos fixos e giro necessário para a continuidade e
    crescimento futuro da empresa, e desalavancado por ser obtido antes das
    despesas financeiras (juros sobre dívidas).
  • O Fluxo de Caixa Disponível (ou livre) do Acionista é o caixa livre dos
    acionistas, calculado a partir do resultado líquido e, portanto, após a
    dedução das despesas financeiras. O FCDA é também determinado após
    os reinvestimentos em ativos fixos e giro, sendo um valor livre e disponível
    aos acionistas. Por ser entendido como o valor que resta ao acionista, após
    deduzir todos os custos, despesas e retenções de lucros para reinvestimento,
    o FCDA pode ainda ser interpretado como o montante de dividendos que
    uma empresa pode e deve distribuir aos seus acionistas.

Análise de viabibilidade

VPL

Cenário 1

Com o Fluxo de Caixa apresentado anteriormente, com o investimento de -R$1.000.000,00, o VPL dos 10 anos do investimento apresenta-se em R$1.414.409,87 para a empresa e R$1.135.633,29 para os acionistas.

Valor Presente Líquido do FCLE

1.414.409,87

Valor Presente Líquido do FCLA

1.135.633,29

Cenário 2

Com o Fluxo de Caixa apresentado anteriormente, com o investimento de -R$1.000.000,00, mas com o faturamento menor em 20%, o VPL dos 10 anos do investimento apresentou-se em R$709.903,67 para a empresa e em R$564.330,51 para os acionistas. Números viáveis, porém 50% menor em relação ao Cenário 01.

Valor Presente Líquido do FCLE

709.903,67

Valor Presente Líquido do FCLA

564.330,51

Os investimentos se demonstraram viáveis para ambos os cenários. Porém, analisando o VPL de ambos os cenários, podemos afirmar que o Cenário 01 tem maior viabilidade pelo seu valor presente líquido maior considerando o investimento de 10 anos.

O Valor Presente Líquido (VPL) consiste em calcular o valor presente equivalente de todos os fluxos de caixa futuros de um projeto, mediante a aplicação da taxa mínima de atratividade dos investimentos, e subtrair desse montante o valor total dos investimentos necessários para a sua implementação.

TIR

Cenário 1

Com o Fluxo de Caixa apresentado anteriormente, com o investimento de -R$1.000.000,00, a TIR dos 10 anos do investimento para o cenário 01 é demonstrada a seguir:

Taxa Interna de Retorno do FCLE

30,82%

Taxa Interna de Retorno do FCLA

43,46%

Cenário 2

...

Baixar como (para membros premium)  txt (11.5 Kb)   pdf (356.4 Kb)   docx (1.5 Mb)  
Continuar por mais 7 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com