TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATIVIDADES DA OBRA DO POSTO DE COMBUSTÍVEL

Por:   •  8/6/2019  •  Pesquisas Acadêmicas  •  1.565 Palavras (7 Páginas)  •  6 Visualizações

Página 1 de 7

ATIVIDADES DA OBRA DO POSTO DE COMBUSTÍVEL

FASES:

Serviços preliminares;

  • Sondagem;

O procedimento da sondagem do solo foi regido de acordo com a norma NBR 6484 da ABNT onde foi utilizada a sondagem a percussão com ensaio SPT (Standard Penetration Test) onde se fez o uso dos seguintes equipamentos: Torres de 5 metros com roldana e sarilho elétrico, revestimentos e sapatas de 2 ½", hastes de lavagem e penetração de 1", amostrador bi-partido 2", amostrador tipo Shelby, peso batente, trados tipo concha, cilíndrico e helicoidal, ferramentas de manobra, bomba d'água e motor a gasolina. Com o uso desses equipamentos, procurou-se determinar o tipo de solo assim como suas características, sua resistência e a posição do nível da água subterrânea (caso encontrada durante a sondagem). Durante o processo de sondagem, foi determinado pelo engenheiro responsável pela sondagem fazer cerca de 8 sondagens no terreno. Os dados obtidos foram encaminhados aos profissionais da área da geologia e geotécnica, e dentre os resultados vale citar que se verificou que em espessura, dimensão de cada camada de solo, propriedades e resistência; o solo apresentou um caráter favorável a construção do empreendimento, e outro resultado que reforça isso é a falta de presença de aguas subterrâneas.  Dentre os impactos positivos no procedimento de sondagem vale destacar que

  • Projeto;

O projeto do posto de gasolina foi produzido com o auxílio de um arquiteto e de um engenheiro civil, onde se procurou fazer o mesmo minimizando os impactos ambientais e aumentando a segurança do posto visto que a preocupação com a questão ambiental tornou-se indispensável na vida do empreendedor do ramo de comercio de combustíveis sendo todo o procedimento do projeto feito atendendo a determinação da resolução do conselho nacional de meio ambiente (CONAMA) nº. 237/97. O seguinte projeto foi também apresentado para a prefeitura do município e para o corpo de bombeiros e aprovada pelos mesmos.

Infraestrutura:

  • Terraplanagem;

O processo de terraplanagem do terreno foi feito com o auxilio de profissionais adequados (como engenheiro civil, geólogo, geotécnico e etc.) seguindo os procedimentos que se segue:

  • Desmatamento: nessa etapa foi feita, com o auxílio de um engenheiro ambiental que fez um inventario florestal, a retirada a maior parte da vegetação do terreno (foi verificado com os órgãos responsáveis no município quais as medidas legais para a retirada das árvores presente no terreno), os equipamentos usados foram motosserras, pás e serras.
  •  Destocamento: nessa etapa foi retirada os tocos e todo o entulho que sobrou da vegetação onde foi feito através de queimada controlada.
  • Limpeza: etapa feita após a queimada é onde se limpa todos os resíduos que sobraram das outras etapas feitas.
  • Compactação: na compactação do solo foi retirada cerca de 1 metro do solo, em seguida com auxílio de um rolo compressor foi colocando, um de cada vez, 5 faixas de solo compactados de cerca de 25 cm para que o solo adquira mais resistência necessária para um posto.

  • Locação;
  • O terreno foi demarcado, sempre seguindo as orientações de projeto. Para começar o processo de locação, é necessário que o terreno esteja limpo: sem entulhos, materiais de construção ou vegetação. Os equipamentos eletrônicos utilizados (estação total, nível a laser) e o advento da topografia. Para a locação foram utilizadas tabuas corridas, em que se contorna a futura construção com cavaletes contínuos compostos de estacas e tábuas niveladas. Além disso, são cravados pontaletes para definir o gabarito e conferir maior estabilidade ao contorno. Esses pontaletes já devem ser colocados nivelados e alinhados. A planta topográfica do terreno é feita com base em pontos de referência e os projetos da edificação são feitos em cima da planta topográfica (atentar para o uso do mesmo sistema de coordenadas). A atividade foi realizada pela contratação do serviço de uma equipe de topografia. Primeiro foi realizado a locação do canteiro de obra (estrutura provisória) e depois de sua execução, a locação da estrutura do posto. A dimensão do terreno é de 53x83, ou seja, possui uma área de 4.648 m².
  • Estrutura provisória;

Nessa etapa é onde será feito o Canteiro de obras, que é a área de trabalho temporária, onde se desenvolvem operações de apoio e execução de uma obra e é composto por áreas de vivência e áreas operacionais. Que segui as exigências da NR-18, esses componentes dependem do porte da obra, os principais elementos das áreas de vivência são: vestiários (masculino e feminino), instalações (agua, energia, etc), sanitários (masculino e feminino), refeitório, cozinha (apenas se houver preparo de alimento em obra), área de lazer, alojamento e lavanderia (apenas se os funcionários residirem na obra),ambulatório (em obras com 50 ou mais operários), escritórios, portaria, almoxarifado, depósitos, central de concreto, central de argamassa, central de armação, entre outros. Essa estrutura tem como finalidade atender as necessidades da obra bem como de seus operários sendo retirada assim que acabar a obra.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (10.1 Kb)   pdf (96.1 Kb)   docx (12.5 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com