TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Analise do Filme Vida Maria

Por:   •  23/2/2021  •  Resenha  •  697 Palavras (3 Páginas)  •  25 Visualizações

Página 1 de 3

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO MARANHÃO DEPARTAMENTO DE LETRAS CURSO DE ADMINISTRAÇÃO

DISCIPLINA: LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL ALUNO: JOHN CHARLES SILVA TORRES- MAT: 20200007475

FILME: VIDA MARIA

Entender a textualização em filmes, como a do filme, “Vida Maria” por exemplo, significa considerar o conjunto de processos (formais e interacionais) que contribuem para que o enredo da animação possa constituir como um todo significativo, em um acontecimento enunciativo. Nessa direção, consideramos que uma análise de uma peça audiovisual impõe a compreensão das relações de significado entre as semioses que compõem o gênero (falas, gestos/expressões faciais, movimentos, sons, iluminação, enquadramento, perspectiva, planos, cores etc.), bem como a importância de cada semiose para a construção dos sentidos, em relação ao contexto social representado no pelo filme.

Nesse âmbito, para analisarmos a textualização, faz-se necessário considerar a cadeia da textualidade, os aspectos linguísticos, o contexto situacional e as condições de produção do filme. A materialidade do texto deve ser analisada no plano da análise discursiva, que envolve a ação de linguagem, a interação social e a construção discursiva. Seus elementos estão, portanto, organizados e colocados em ordem de acordo com muitas exigências, em primeiro lugar, a simples legibilidade do filme, exige uma “gramática” (trata-se aí de uma metáfora, porque não tem nada a ver com a gramática de uma língua) seja mais ou menos respeitada, afim de que o espectador possa compreender, simultaneamente, a ordem da narrativa e a ordem da história. Essa organização deve estabelecer o primeiro nível de leitura do filme. Sua denotação, isto é, permitir o reconhecimento dos objetos e das ações mostradas nas cenas, em seguida, deve ser estabelecida uma coerência interna do conjunto da narrativa.

Em relação ao conteúdo do filme, narra a história de uma personagem chamada Maria, que mora em uma região rural do Nordeste. Na história, a criança é repreendida pela mãe por “brincando” de escrever. A mãe ordena à filha que se ocupe dos afazeres domésticos e dos cuidados dos animais, em vez de perder tempo com “o desenho do nome”. O filme mostra a rotina dessa criança até a fase adulta. Ao final, há uma indicação de que a história de se repete ao longo das gerações, com as demais mulheres da família, também chamadas de Maria, o que justifica o título do texto. A organização

composicional apresenta uma estrutura narrativa e um estilo de linguagem que articula dimensões verbal, visual, sonora. A partir do que foi apresentado na animação nos permite a constatação de que a exploração da temática não teve por objetivo apenas a narração de uma experiência cotidiana de uma menina/mulher, mas a problematização de uma realidade e a provocação para uma crítica social acerca de questões ligadas às condições de acesso à escolarização por parte de uma parcela da sociedade brasileira, e as condições precárias de vida de determinados grupos sociais, relacionados ao papel das mulheres na sociedade. O objetivo do filme é mostrar que essa realidade existe e que a vivenciamos no dia a dia e que devemos tentar procurar construir um futuro melhor buscando qualidade de vida e não se acomodar, mais sim refletir sobre as condições de vida que estamos construindo e que devemos provocar e forçar uma mudança de atitude denunciando a ausência de escolarização e as condições precárias de vida de várias gerações nesse nosso Brasil, principalmente no nordeste.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.5 Kb)   pdf (46.3 Kb)   docx (8.8 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com