TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Importância do SCM - gerenciamento da cadeia de suprimentos para empresas brasileiras

Por:   •  6/4/2015  •  Trabalho acadêmico  •  4.611 Palavras (19 Páginas)  •  113 Visualizações

Página 1 de 19

Introdução


O aumento da concorrência no atual mercado tem feito com que as empresas enfrentem o desafio de reduzir custos, tempos de entrega, estoques e preços, ao mesmo tempo em que aumentam a customização, a flexibilidade e a agilidade para se tornarem preferencial. Neste contexto, o gerenciamento da cadeia de suprimentos, denominado Supply Chain Management (SCM), assume a importância estratégica. Apesar dos diversos benefícios associados ao SCM, sua implementação não é fácil de ser concluída, implicando em grandes desafios tanto internos quanto externos às empresas.

O Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos, Supply Chain Managment, apresenta-se como uma ferramenta de gestão estratégica que irá definir novos caminhos para este cenário, possibilitando ao nosso país o crescimento econômico que possibilitará sua inserção efetiva na nova realidade do mercado mundial.

O desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicações vem derrubando barreiras e trazendo uma nova configuração ao modelo de gestão de negócios das empresas, possibilitando ligações que formam verdadeiras redes de negócios sem fronteiras. Tudo isso levou a um aumento da competição entre as empresas de várias nacionalidades por mercados agora mais amplos.

A empresas precisam buscar formas mais criativas de atender às necessidades de seus clientes. Cadeia de suprimentos passou a ser parte essencial da boa gestão de negócios, pois não basta a eficiência interna num mercado cada vez mais interligado. Isso levou a uma conscientização dos empresários quanto à importância do gerenciamento da cadeia de suprimentos.

O esforço de coordenar os diversos canais de distribuição, por meio da integração de processos de negócios, interligando seus participantes através da administração compartilhada de processos-chave, envolvendo desde o consumidor final até o fornecedor, denomina-se Supply Chain Management (SCM). Apesar dos vários benefícios que podem ser alcançados pela implementação do SCM, poucos são as empresas que o programaram até hoje. 

Este trabalho tem como visão mostrar de forma clara a importância da infraestrutura de transportes para o desenvolvimento do país.


A Importância do SCM - Supply Chain Managment às Empresas Brasileiras 

O Supply Chain Management (SCM) é a gestão da cadeia de fornecimento que segundo alguns estudiosos, a competição no mercado global não ocorre entre empresas, mas entre as cadeias de fornecimento. A gestão da logística e do fluxo de informações em toda a cadeia permite aos executivos avaliar, pontos fortes, e pontos fracos na sua cadeia de fornecimento, auxiliando a tomada de decisões que resultam na redução de custos, aumento da qualidade, entre outros, aumentando a competitividade do produto e/ou criando valores agregados e diferenciais em relação à concorrência.

O conceito de Supply Chain Management surgiu como uma evolução natural do conceito da Logística Integrada. Enquanto a logística Integrada representa uma integração interna de atividades, o Supply Chain Management representa uma integração externa, pois estende a coordenação dos fluxos de materiais e de informações aos fornecedores e ao cliente final, cujo pano de fundo é a globalização.

O campo da logística evoluiu de um tratamento mais restrito, voltado para a distribuição física de matérias e bens, para um escopo mais abrangente, em que se considera a cadeia de suprimentos como um todo e as atividades de compras, administração de matérias e distribuição. Assim, não se limita a uma única função como o Marketing ou as operações, mas representa, de fato, uma área de integração desses distintos enfoques. Essa trajetória registrou uma mutação radical na década de 90 com a intensificação articulada dos fenômenos da liberação comercial, da globalização produtiva e financeira em escala mundial.

Para criar e garantir a qualidade em um sistema logístico podemos citar alguns processos que são considerados chaves para sua implementação: ”Relacionamento com os clientes – desenvolver equipes focadas nos clientes estratégicos buscando um entendimento comum sobre características de produtos e serviços a fim de torna-los atrativos para o cliente; Serviço aos clientes – fornecer um ponto de contato único para todos os clientes, atendendo de forma eficiente a suas consultas e requisições; Administração do Fluxo de produção – desenvolver sistemas flexíveis de produção que sejam capazes de responder rapidamente às mudanças nas condições do mercado; Administração da demanda – captar, compilar e continuamente atualizar dados de demanda com o objetivo de equilibrar a oferta com a demanda; Atendimento de pedidos – atender aos pedidos dos clientes sem erros e dentro do prazo de entrega combinado; Compras / Suprimentos – gerenciar relações de parceria com fornecedores para garantir respostas rápidas e a contínua melhoria de desempenho".

As dificuldades encontradas neste processo estão nas barreiras de ordem Cultural, Tecnológica e Financeira.

As barreiras culturais, gerentes com objetivos funcionais individuais, pode ser vencidas através do gerenciamento de mudanças, gerentes com visões de benefício em conjunto, ou seja, abandonar o gerenciamento de funções individuais, e buscar a integração das atividades através da estruturação de processos-chave na cadeia de suprimentos.

As barreiras Tecnológicas podem existir devido a barreiras culturais. Essas barreiras devem ser vencidas com pesquisa de melhores práticas, participação em eventos especializados, treinamento, atração de fornecedores de soluções – consultoria especializada é de importância fundamental. Estas barreiras provocam tanto a obsolescência das empresas, como também o gasto exagerado em soluções por desconhecimento das necessidades.

As barreiras Financeiras podem ocorrer devido às anteriores, ou pela própria capacidade das empresas. Neste caso recomenda-se analisar com profundidade as capacidades dos integrantes, de forma a permitir que os mesmos possam sustentar as demandas das cadeias, sem descontinuidade de atendimento. A internet tem contribuído muito para a aceleração do alinhamento das cadeias de suprimento, principalmente devido à padronização de procedimentos, à facilidade de acesso a informações e a agilização nas tomadas de decisão. 

Qual é a importância da rede logística? 

Frente à necessidade de acompanhar o aumento da concorrência, o avanço de tecnologias e o surgimento de clientes cada vez mais exigentes quanto à qualidade e o preço, Xavier (2008) aponta os indicadores de desempenho como um mecanismo capaz de identificar a situação presente da empresa e compará-la com a situação planejada servindo como base de análise para os gestores, para isso é utilizados Sistemas de Medição de Desempenho (SMD).

Gunasekaran et al. (2001) propõem um sistema que considere os indicadores no nível estratégico, tático e operacional, além do uso de medidas financeiras e não financeiras. O sistema discute quatro processos da cadeia de suprimentos:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (31.6 Kb)   pdf (153.4 Kb)   docx (22 Kb)  
Continuar por mais 18 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com