TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Neuromarketing

Por:   •  24/5/2015  •  Dissertação  •  373 Palavras (2 Páginas)  •  255 Visualizações

Página 1 de 2

Resumo do livro de neuromarketing

Profissionais de marketing mais hábeis sabem direcionar suas campanhas e não somente os produtos, seu comportamento e necessidades de seus futuros consumidores. As campanhas publicitárias pensam unicamente na qualidade oferecendo ações de marketing tanto para homens quanto a mulheres errando neste quesito, pois há diferenças de prioridades em relação a um automóvel por exemplo. Por meio de testes a ciência comprovou diferenças físicas que influenciam como a informação é absorvida segundo a neuropsicóloga Louam Brizendine ‘ambos tem o mesmo raciocínio, mas usam circuito cerebral diferentes. É uma ressonância magnética funcional mostrando respostas diferentes de cada gênero sob estresse. A ala masculina aumenta o fluxo sanguíneo que aumenta fuga ou luta. Já a feminina é instantaneamente emocional. Portanto se antes dos estudos a campanha publicitária era para adultos, hoje em dia tem que separar por gêneros, idades e por que não gostos e hábitos. As mulheres são as principais responsáveis pelo poder de compra do mundo segundo a ONU. Com isso Martha Barletta especialista em estratégia de marketing, que ao longo prazo as mulheres são mais lucrativas que os homens sendo por dois motivos: Fidelidade e referências, estando em seus marcados somáticos, em seu subconsciente. O maior objetivo feminino é a coletividade, mulheres têm a necessidade da troca de informações. Portanto utilizar experiências com mulheres que passaram pela mesma situação como na campanha da Dove Real Beleza que mostra mulheres comuns fazendo uma ponte direta entre atenção feminina e auto-estima. Esta frisa a situação de reconhecimento de target correto e instiga a aproximação de consumidores ‘ Ao contrário das outras modelos desta revista, nós estamos aqui para mostrar curvas reais’. Sucesso de crítica! As mulheres utilizam mais neurônios- espelhos que os homens, isto explica porque as mulheres são tão emotivas. De acordo com Barletta quatro fatores são decisivos: Valores de vida e tempo, ponto- chave, dinâmicos sintetizados, valores sociais. Porém nestes casos temos que separar gestantes e mães pois neste período o cérebro fica mais rápido e mais ativo para defender sua prole dos perigos exteriores. Como fazer propaganda para atender essa ‘ fatia feminina’? Não deixando de lado os cuidados e sensações de paz. Mensagem clara, infância não combina com tristeza , sempre mostrar positividade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)   pdf (39.9 Kb)   docx (11 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com