TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

TRabalho Individual semestre adminsitração unopar

Por:   •  15/5/2016  •  Trabalho acadêmico  •  7.166 Palavras (29 Páginas)  •  275 Visualizações

Página 1 de 29

[pic 1][pic 2][pic 3][pic 4]

[pic 5]

[pic 6]

[pic 7]

[pic 8]

[pic 9]

[pic 10]

[pic 11]

[pic 12]

[pic 13]


SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO        

2 FAMILIA KLEIN E HISTORIA DAS CASAS BAHIA        4

2.1 FAMILIA KLEIN        4

2.1.1 HISTÓRIA CASAS BAHIA        5

2.1.1.1 FUSÃO DAS CASAS BAHIA COM GRUPO PÃO DE ACÚCAR        8

2.1.1.1.1 QUESTÕES DE LIDERANÇA        13

3 COMPOTAMENTO ORGANIZACIONAL        15

3.1 VALORES        17

3.2 MISSÃO        18

3.3 VISÃO        18

3.4 ESTATÍSTICA....................................................................................................19

4 CONCLUSÃO        21

REFERÊNCIAS        23

APÊNDICES        

APÊNDICE A – Instrumento de pesquisa utilizado na coleta de dados        5

ANEXOS        

ANEXO A – O avanço das Casas Bahia - 2005        7


  1. INTRODUÇÃO

Quando se fala em grande rede de varejo, principalmente no setor de moveis e eletrodomésticos, não é difícil apontar: a liderança é das Casas Bahia. Fenômeno do varejo nacional, a empresa é a prova de que apostar em consumidores de baixa renda compensa, e muito. Por trás da politica de credito e de todo o crescimento da rede, está a historia de sucesso de seu criador, Samuel Klein, que elaborou toda a politica de relacionamento de familiaridades e dedicação ao cliente. A contribuição das Casas Bahia para o desenvolvimento da população menos favorecida do Brasil é reconhecida não só pelos seus fregueses, mas serve de exemplo para o mundo todo.

A julgar pelo entusiasmo que geram, seria de esperar que grandes fusões tivessem o habito de dar certo. O esforço costuma ser tremendo: empresários e suas dezenas de assessores dedicam meses ao assunto até que, enfim, conseguem chegar a um acordo e assinar o contrato que deveria mudar a vida de todos para melhor.

Via Varejo: Nova Casas Bahia é o resultado de uma fusão entre empresas de rede de varejo, moveis, eletrodomésticos e rede de supermercados do Brasil firmados entre o grupo Pão de Açúcar e Casas Bahia em 2 de junho 2010. Com novo acordo foi preciso um investimento de cerca de R$ 600 milhões e 700 milhões de ativos adicionais, após uma avalição financeira entre as duas empresas, já que a família Klein já havia se queixado que no acordo anterior nas decisões finais da empresa, ela teria que passar por uma comissão de avaliadores formada por diretores do Grupo Pão de Açúcar.


  1. FAMILIA KLEIN E HISTÓRIAS DAs CASAS BAHIA.

Analisaremos como tudo começou na vida de Samuel Klein. Cada momento que enfrentou para chegar a todas as conquistas realizadas por ele, chegando até os dias de hoje.

2.1 FAMILIA KLEIN.

Samuel Klein, nascido em 15 de novembro de 1923, Subcarpácia, Polônia. Fundador das Casas Bahia, é um empresário judeo-polones.

[pic 14]Samuel Klein, criador e gestor da maior rede de varejo do país, é protagonista de uma historia cheia de luta pela sobrevivência que começou numa aldeia da Polônia. Sua infância foi humilde e marcada pelos horrores do nazismo. Começou a trabalhar com o pai como marceneiro ate a invasão dos nazistas, quando foi levado para Maidanek com o pai. Maidanek era o terceiro maior campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial. Klein foi com o pai enquanto a mãe e os irmãos foram para Treblinka. Aos 18 anos, a vida difícil mostrou que tudo só iria piorar. A Segunda Guerra Mundial arrasava a Europa e a Polônia foi ocupada pelos alemães. Humilhações em campos de concentração, extermínio, separação da família, lar destruído, assassinatos, mortes assistidas, fome e maus-tratos marcaram a existência de Samuel. Dos 3,5 milhões de judeus que habitavam a Polônia, só 100 mil conseguiram escapar com vida da guerra. E Samuel Klein foi um deles. Foi levado junto com outros prisioneiros para Auschwutz em 1944, após libertação da Polônia. Caminharam 50 quilômetros a pé ate o rio Vístula (maior rio da Polônia), fugiu dos soldados numa tentativa ousada no dia 22 de Julho. Suas palavras: ”Fui me escondendo e entrando no trigal cada vez mais. Não sei para onde estava indo, mas tinha a certeza de me afastas do grupo.” Passou a noite na plantação. Ao acordar encontrou-se com poloneses cristãos também fugidos, que acolheram e ajudaram a fugir. Samuel chegou a voltar a sua antiga casa, que estava totalmente arrasada. Trabalhou numa pequena fazenda nas proximidades em troca de comida. Com o fim da guerra, encontrou-se com a irmã Sezia e o irmão Salomon (que vivem hoje em Nova Iorque), depois da guerra, os irmãos de Klein foram para a Alemanha administrada pelos norte-americanos. Conseguiram reencontrar o pai vivo. Viveram em Munique de 1046 ate 1951, nesta grande cidade alemã, Samuel conheceu Chana (Ana), com quem se casou. Sentiram que era hora de deixar a Europa e reconstruir a vida em outro lugar. O pai foi para Israel, junto com a outra irmã Esther. Samuel queria emigrar para os Estados Unidos, mas não conseguiu, a cota de emigração estava cheia. Cansado de conviver com o terror ele decidiu, em 1951, aventurar-se pela América do Sul, onde tinha alguns amigos, conseguiu visto para a desconhecida Bolívia e lá chegou com a esposa e os filhos.  

...

Baixar como (para membros premium)  txt (45.5 Kb)   pdf (320.7 Kb)   docx (102.4 Kb)  
Continuar por mais 28 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com