TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

AUDITORIA INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO: Um Estudo da Sua Implantação e Desempenho nos Processos Organizacionais.

Por:   •  10/10/2016  •  Artigo  •  1.198 Palavras (5 Páginas)  •  355 Visualizações

Página 1 de 5

FACULDADE DE IMPERATRIZ – FACIMP

CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

AUDITORIA INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO: Um estudo da sua implantação e desempenho nos processos organizacionais.

Imperatriz

2016

KALYW PEDROSA MOUZINHO

WESLEY LUCENA ROCHA

AUDITORIA INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO: Um estudo da sua implantação e desempenho nos processos organizacionais.

Artigo apresentado ao curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Imperatriz – FACIMP, em cumprimento as exigências para obtenção do grau de bacharel.

Orientadora:Prof.ªMsc. Edithe Oliveira Nogueira

Imperatriz

2016


KALYW PEDROSA MOUZINHO[pic 1][pic 2]

WESLEY LUCENA ROCHA

AUDITORIA INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO: Um estudo da sua implantação e desempenho nos processos organizacionais.

 

Artigo Científico apresentado ao curso de Ciências Contábeis da Faculdade de Imperatriz – FACIMP, como requisito para obtenção do grau de Bacharel em Ciências Contábeis.

Aprovados pela Banca Examinadora em: _____/ _____/ _____

BANCA EXAMINADORA

_______________________________________________________

Prof.ªMsc.Edithe Oliveira Nogueira- (Orientadora)

Bacharel em Ciências Contábeis e Direito.

Msc. Em Gestão e Desenvolvimento Regional.

_______________________________________________________

Prof. ......................(1º examinador)

_______________________________________________________

Prof. .............................(2º examinador)

AUDITORIA INTERNA COMO FERRAMENTA DE GESTÃO: Um estudo da sua implantação e desempenho nos processos organizacionais.[1]

[pic 3]

Kalyw Pedrosa Mouzinho[2]

Wesley Lucena Rocha²

Edithe Oliveira Nogueira[3]

[pic 4]

RESUMO: 

Palavras–Chave:

[pic 5][pic 6]

ABSTRACT:

Keywords:

1 INTRODUÇÃO

  1. REFERENCIAL TEÓRICO

2.1 AUDITORIA INTERNA: Contextualização e características

Sabemos que o surgimento da auditoria interna esta relacionado com a auditoria externa ou independente, mediante o surgimento da auditoria externa, através dos trabalhos realizados pelos auditores externo, junto de suas opiniões ou parecer sobre as demonstrações contábeis, eles passaram a emitir um relatório de comentários no qual apresentavam sugestões para solucionar os problemas da empresa que com isso chegaram ao conhecimento de um trabalho interno no papel da auditoria dentro da empresa gerenciado pela empresa.

Portanto o surgimento da auditoria interna e uma ramificação da profissão da auditoria externa. O auditor interno e um empregado da empresa, que dentro de sua organização ele deve estar subordinado apenas a presidência da empresa, e em casos de grupos de companhias são subordinados diretamente a sociedade holding.

A auditoria interna ficar situada dentro de uma estrutura organizacional da seguinte forma:

[pic 8][pic 7]

Auditoria interna compreende os exames, analises levantamento, avaliações, metodologicamente estruturada para avaliar eficácia, eficiência, e economicidade dos processos, dos sistemas de informações e de controles internos integrados e de gerenciamentos de riscos com vistas para a administração da entidade no cumprimento dos seus objetivos.

As atividades da auditoria estão estruturadas em procedimentos com enfoque técnico, objetivo, sistemático e disciplinado e tem por finalidade agregar valor ao resultado da organização, para o aperfeiçoamento dos processos, da gestão e do controle interno.

A auditoria interna e exercida nas pessoas jurídicas de direito publico, interno ou externo e de direito privado.

2.1.1 Funções básicas da Auditoria interna nas empresas

2.2 PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA INTERNA

Os procedimentos da Auditoria interna constituem em exames e investigações, incluindo três teste de observância ou substantivos, que permitem ao auditor obter subsídios suficientes para fundamentar suas conclusões e recomendações a administração da entidade.

Os testes de observância visam a obtenção de razoável segurança de que os controles internos estabelecidos pela administração estão em efetivo funcionamento, inclusive ao comprimento pelos os seus funcionários e administradores da entidade. Na sua aplicação, devem ser considerados os seguintes procedimentos:

  1. Inspeção – verificação de registros, documentos e ativos tangíveis.
  2. Observação – acompanhamento do processo ou procedimento quando de sua execução.
  3. Investigação e confirmação – obtenção de informações perante pessoas físicas ou jurídicas conhecedoras das transações e das operações, dentro ou fora da entidade.

Os testes subjetivos visam a obtenção de evidencias quanto a suficiência, exatidão e validade dos produtos pelos sistemas de informações da entidade.

As informações que fundamentam os resultados da auditoria interna são denominadas de “evidencias” que devem ser suficiente, fidedignas, relevante e uteis, de modo a fornece base solida para as conclusões e recomendações a administração da entidade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.9 Kb)   pdf (167.4 Kb)   docx (18.6 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com