TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RODRIGO RIBEIRO PEREIRA

Projeto de pesquisa: RODRIGO RIBEIRO PEREIRA. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  29/5/2014  •  Projeto de pesquisa  •  1.504 Palavras (7 Páginas)  •  169 Visualizações

Página 1 de 7

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO

CURSO: BACHARELADO EM CIÊNCIAS CONTABÉIS

NOME: RODRIGO RIBEIRO PEREIRA

GESTÂO INDUSTRIAL

UTINGA

2014

NOME: RODRIGO RIBEIRO PEREIRA

FUNDAMENTOS DA CONTABILIDADE

UTINGA

2014

SUMARIO

1- INTRODUÇÃO-------------------------------------------------------------------------------01

2- GESTÃO INDUSTRIAL-------------------------------------------------------------------02

3- APURACÃO DE CUSTOS ---------------------------------------------------------------03

4- MÉTODOS DE CUSTEIO----------------------------------------------------------------04

5- PREÇO DE VENDA E A GERAÇÃO DO LUCRO---------------------------------05

6- UNIDADES EQUIVALENTES DE PRODUÇÃO------------------------------------06

7- CUSTEIO ABC------------------------------------------------------------------------------07

8- A IMPORTANCIA DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÃO INTEGRADO NA EMPRESA----------------------------------------------------------------------------------------08

9- A APLICABILIDADE DA CONTABILIDADE GERENCIAL DENTRO DA ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL---------------------------------------------------------09

1- INTRODUÇÃO

No presente trabalho serão abordadas gestão industrial, sobre apuração de custos, métodos de custeio, preço de venda e a geração do lucro, unidades equivalentes de produção, custeio ABC, a importância de um sistema de informação integrado na empresa. Abordaremos também, a aplicabilidade da contabilidade gerencial dentro da organização empresarial.

2- GESTÃO INDUSTRIAL

Gera informações para apoio a tomada de decisão, possibilitando medir o desempenho de sua indústria quanto a sua capacidade produtiva, com base em informações históricas. Através deste recurso é possível conhecer qual a capacidade produtiva atual da indústria, bem como a comparação dos dados reais de produção com as metas estabelecidas. A identificação de pontos de gargalos é facilitada, através da geração de gráficos e relatórios gerenciais.

ALGUMAS FUNCIONALIDADES:

Gestão das metas de produção por posto operativo, através da comparação da produção prevista com a produção real, gráficos estatísticos por período, por mês, por dia e por hora;

Geração de 4 tipos de gráficos diferentes: Gráficos de linhas, barras horizontais e verticais e gráficos de áreas;

Criação de filtros dinâmicos nas telas de consultas;

Acompanhamento de produção, indicando, precisamente, em que status encontra-se a produção de uma ficha, lote de produção ou produto, exibindo os saldos a produzir e o total produzido, operação a operação;

Relatório de carga máquina por setor, que permite consultar qual a demanda de trabalho programada para cada posto operativo e para cada setor.

3- APURAÇÃO DE CUSTO

Os seguintes passos devem ser seguidos para a apuração do resultado do exercício:

• Separar custos e despesas;

• Custos diretos e indiretos à produção realizada no período;

• Apuração do custo dos produtos em elaboração;

• Apuração do custo da produção acabada;

• Apuração do custo dos produtos vendidos;

• Apuração do resultado.

4- MÉTODOS DE CUSTEIO

O método de custeio (matérias-primas, produtos em elaboração e mercadorias de produção própria ou adquiridas para revenda) existentes na data do balanço é fundamental para a apuração dos resultados contábeis e,portanto, do lucro real das pessoas jurídicas.

Qualquer variação no valor dos estoques reflete no custo das vendas e, por conseguinte, no resultado operacional, pois se trata de item redutor da receita líquida da pessoa jurídica.

Dos métodos existentes para o custeio dos estoques só admite o custeio médio (preços médios ponderados anualmente) ou o dos bens adquiridos ou produzidos mais recentemente (primeiro a entrar, primeiro a sair (PEPS). O método do custo médio é o mais usado no Brasil, não sendo admitido o método dos bens adquiridos ou produzidos em primeiro lugar (último a entrar, primeiro a sair -UEPS).

Para o planejamento tributário das empresas, entretanto, pode ser interessante custear os estoques com base no custo médio mensal (preço médio ponderado fixo), as saídas podem ser registradas, unicamente, no final de cada mês, desde que avaliadas pelo preço médio que se verificar naquele mês, sem considerar os lançamentos de baixa.

Os métodos de custeio de estoques mencionados anteriormente (PEPS, custo médio ou custo médio mensal) somente poderão ser utilizados por empresas que mantiverem sistema de contabilidade de custo integrado e coordenado com o restante da escrituração.

5- PREÇO DE VENDA E A GERAÇÃO DO LUCRO

Na formação de preço de venda pelo Mark-up, será acrecentada uma margem para cobrir os demais gastos que não estão incluindos nos custos ( tributos, comissões, etc) e tambem o lucro desejado.

É claro que se o custo de fabricação for cuidadosamento cauculado bastará a industria, levando em consideração o preço de mercado e a espectativa de lucro de seus socios ou acionistas acrecentar a margem delucro a fim de quê possam

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.7 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com