TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Casos Concretos Processo Civil

Por:   •  20/6/2020  •  Trabalho acadêmico  •  423 Palavras (2 Páginas)  •  199 Visualizações

Página 1 de 2

Aluna: Amanda

Turma: 2001

Resolução dos casos concretos

1 - Isabelle P. firmou contrato com obrigação de pagamento em dinheiro e entrega de coisa em favor de Pedro B., com vencimento de prestações a cada mês, com local de pagamento no domicílio do credor (obrigação portável), com fixação de cláusula resolutória em caso de não pagamento e mora. Pedro B., por sua vez, arrependido das condições firmadas entre as partes, tenta recusar o pagamento e receber a coisa, criando embaraços para o recebimento. Ciente das previsões atinentes à consignação em pagamento do caso concreto, fundamente e justifique a solução jurídica que Isabelle deverá adotar.

R: Como houve a recusa de Pedro para receber o pagamento e se tratando também de entrega de coisa, Isabelle deve ajuizar ação de consignação em pagamento, conforme art. 539 do CPC.

2 - Dionísio ajuizou ação possessória em desfavor de Paulo sob o fundamento de que, durante os últimos seis meses, o demandado estaria lhe prejudicando a entrada em seu próprio terreno, visto que Paulo havia descarregado um caminhão de areia no portão de entrada da propriedade de Dionísio. Ao redigir a exordial, o advogado do autor narrou nos fatos a ocorrência de esbulho, o que justificaria o ajuizamento da referida ação como de reintegração de posse.

Julgue o item acima exposto como CERTO ou ERRADO de forma JUSTIFICADA e FUNDAMENTE sua resposta, no que se refere a procedimentos especiais, contestação, reconvenção e petição inicial.

R: Errado. Deve ser observado o art. 554 do CPC, que expressa que a propositura de uma ação possessória em vez de outra não obstará a que o juiz conheça do pedido e outorgue a proteção legal correspondente àquela cujos pressupostos estejam provados. Também com base no princípio da fungibilidade, que consiste na possibilidade de admissão de um recurso interposto por outro, caso o recurso seja interposto de forma errônea.

3 - Antônio ajuizou contra Pedro execução civil de título extrajudicial no valor de R$ 300.000. Para garantia do juízo, foi penhorado bem imóvel pertencente a Pedro e sua esposa, Maria. Apesar de não ser parte da execução, Maria foi intimada da penhora, conforme determinado pela legislação processual. Nessa situação hipotética, caso deseje tomar medida judicial com a única finalidade de proteger sua meação referente ao bem penhorado, o que Maria deve fazer? Justifique e fundamente sua resposta.

R: Maria deve oferecer embargos de terceiro, visto que não é parte do processo e sofreu constrição sobre bens que possui, podendo requerer desfazimento ou inibição da penhora. Por ser esposa do réu, se encaixa no §3º do Art. 674 do CPC.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)   pdf (47.5 Kb)   docx (7.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com