TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O ESTÁGIO EM SERVIÇO SOCIAL

Por:   •  7/11/2019  •  Relatório de pesquisa  •  1.226 Palavras (5 Páginas)  •  10 Visualizações

Página 1 de 5

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL

CURSO DE SERVIÇO SOCIAL – Modalidade EAD

ESTÁGIO EM SERVIÇO SOCIAL I

Catita dos Santos Souza

[pic 1]

Diário de Campo Quinzenal

 Professor Regente: Maria Suzette Muller Lopes

 Professor Tutor Virtual: Eliana Souza da Silva

 Orientador Presencial: Cristeiane Fernandes de Sant´Anna

Itaguaí, 2019


Diário de Campo 3

Venho pelo presente destacar que o campo de estágio não apresenta um objeto da organização delimitado, restrito (apesar de ser um setor direcionado a priori a crianças e adolescentes), pois a ONG atua com os diversos indivíduos da comunidade e o objeto de intervenção do assistente social está atrelado as papel técnico através da análise da diversas expressões da questão social, estas relações são visíveis no campo de estágio atreavés da fragilidade do território no que tange o acesso a serviços básicos, exigindo assim da suprvisora um conhecimento de toda a rede sociassistencial do município, para realizar eficazmente sua intervenção.

A realidade vivenciada no campo de estágio durante este período, sugiu uma demanda ao serviço social bem diferenciada das que estamos acostumadas a lidar e no meu entendimento bem complexa. Após a usuária em tela fazer a inscrição das crianças nas atividades ofertadas pela instituição, a priori a demanda era por documentação básica das crianças de 07 e 09 anos de idade, ao externar seu contexto familiar, a usuária com seus sessenta anos, a avó paterna dos infantes cabe mencionar que os mesmos estão residindo apenas a um mês no territórrio. Durante a primeira intervenção a assistente social realizou uma escuta qualificada para entender o contexto do núcleo familiar e suas vulnerabilidades fato este que favoreceria que se montasse um planejamento das ações a serem desenvolvidas. A Ação Profissional é definida por Nogueira e Mioto (2006, p.9) como:

 Conjunto de procedimentos, atos, atividades pertinentes a uma determinada profissão e realizadas por sujeitos/profissionais de forma responsável, consciente. Contém tanto a dimensão operativa quanto uma dimensão ética, e expressa no momento em que se realiza o processo de apropriação que os profissionais fazem dos fundamentos teórico-metodológico e ético-político da profissão em determinado momento histórico.

 Muito fragilizada e emocionada a  usuária nos outros encontros a mesma fez referência a esta equipe e contou sua vida, relatou que o único filho e a genitora das crianças se envolveram com o tráfico e sempre foram pais ausentes na educação das crianças e que não os deixou na casa por pena dos mesmos. Porém depois que foram presos por tráfico de drogas ela fora expulsa da comunidade (o poder paralelo, cada vez mais presente nas comunidades do Rio de Janeiro). Com o economia que fez após sair do emprego de doméstica, comprou um barraco próximo a ONG e veio com as crianças. Relata não saber como proceder para a inclusão das  crianças na escola, por questão da falta da certidão de nascimento e que a outra escola que estavam deixavam os mesmos frequentarem por pena.

Neste contexto a profisssional pontuou com a avó a importância de inseri-los na unidade escolar regular, pois se não ela estaria violando os direitos fundamentais dos mesmos, respeitando o momento de fragilidade emocional da idosa. Realizando encaminhamento para a defensoria pública mais próxima, com o objetivo da mesma solicitar o processo de guarda, mediante as consições de reclusão dos responsáveis, bem como, encaminhamento para o conselho tutelar onde anexo relatório social e informando o acompanhamento do núcleo familiar pela ONG, enfatizando o respaldo sinalizado no art. 53 do Estatuto da Criança e do Adolescente, durante este processo nos elucidou que o conselho tutelar garantiria a vaga na escola até que o processo jurídico se resolvesse, ressaltando que a ONG seria também mais um suporte de proteção a estas crianças que não ficariam ociosas e minimizaria o processo de vulnerabilidade que vivenciavam, principalmente nas condições que envolviam os gentores.

Cabe mencionar que, os Instrumentos do Serviço Social objetivam efetivar a ação profissional na intervenção da realidade. Esta ação visa sempre melhorar as condições dos usuários que apresentam vulnerabilidade, risco social, enfim dos cidadãos demandatários das políticas públicas e dos serviços sociais. Cabe lembrar, que o/a Assistente Social, tem na LINGUAGEM, o seu principal instrumento de trabalho. Para Lazzarini e Ruaro (2009, p.69)

os Instrumentos podem ser de Apreensão da Realidade ou de Intervenção na Realidade. A Visita Domiciliar, a Entrevista, a Observação e a Perícia Social, por exemplo, são Instrumentos de Apreensão da Realidade; os Encaminhamentos, as Reuniões, as Assembléias entre outros, são Instrumentos de Intervenção na Realidade.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.5 Kb)   pdf (167.8 Kb)   docx (35 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com