TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Desafios WEG

Por:   •  29/1/2013  •  2.200 Palavras (9 Páginas)  •  151 Visualizações

Página 1 de 9

1. A WEG implantou um Programa de Melhoria Contínua (PMC). Melhoramento de produção é uma decisão estratégica. Descreva o Ciclo PDCA, as técnicas de melhoramento da produção e os tipos de manutenção industrial.

A associação do Programa de Melhoria Contínua (PMC) à técnicas de melhoramento da qualidade, trazem melhores resultados econômicos a empresa.

O ciclo PDCA (Plan-Do-Check-Act) é uma sequencia de ações que podem ser utilizadas para controlar algum processo. É uma ferramenta administrativa que auxilia na organização de um projeto ou processo. Seu nome deve-se a abreviatura de verbos em inglês:

Plan (Planejar): consiste em estabelecer metas e objetivos, bem como os métodos que serão utilizados para que sejam realizados;

Do (Executar, fazer): é a etapa de implementação de acordo com o que foi estabelecido anteriormente no planejamento;

Check (Verificar, checar): analisar os dados e medir se os objetivos e metas foram alcançados da forma como desejado;

Act (Agir): definir quais as mudanças necessárias para garantir a melhoria contínua do projeto.

A importância do ciclo PDCA é garantir que todos os resultados possam ser controlados de forma que a eficiência de cada um possa ser ainda melhor. Devido a esta grande utilidade e ao fato de ajudar a evitar erros, o PDCA é considerado uma ferramenta de qualidade que pode ser utilizada em uma micro, pequena, média ou grande empresa. Isso porque ele é um método rápido e eficaz na resolução de problemas.

Existem diversas maneiras de se realizar um melhoramento na produção de uma indústria. A seguir estão dispostas algumas técnicas de melhoramento da produção.

 Análise entrada-saída: um dos pré-requisitos para conseguir perceber a necessidade de um melhoramento é entender o comportamento da sequencia entrada, processo e saída.

 Fluxogramas: os fluxogramas dão a possibilidade de uma análise mais detalhada do processo, portanto, é mais fácil observar oportunidades de melhoramento. Essa compreensão mais detalhada do processo ocorre pois nele são registrados os estágios na passagem de informação, produtos, trabalho ou consumidores. Na verdade, o fluxograma apresenta tudo o que flui dentro das operações do processo industrial.

 Diagramas de relacionamento: é um método muito rápido e simples de identificar conexões entre dois conjuntos de dados. Para produzir um diagrama de relacionamento, basta simplesmente plotar em um gráfico os dados de um conjunto contra o outro conjunto.

Esse método apresentado é uma maneira simples de realizá-lo. Podemos tratar os diagramas de relacionamento de uma maneira muito mais sofisticada, mediante a quantificação de quão forte é a relação entre os conjuntos de dados.

 Diagramas de causa-efeito

Utilizado para apresentar a relação existente entre um resultado de um processo (efeito) e os fatores (causas) do processo que, por razões técnicas, possam afetar o resultado considerado. É empregado nas sessões de brainstorming realizadas nos trabalhos em grupo

 Diagrama de Pareto: o diagrama de Pareto tem a função de distinguir as questões pouco vitais e as muito vitais. É uma técnica relativamente direta, que envolve classificar os itens de informação nos tipos de problemas ou causas de problemas por ordem de importância. Isso pode ser usado para destacar áreas em que investigações adicionais poderão ser úteis.

 Análise de por que - por quê: uma técnica, simples, mas efetiva, para ajudar a entender as razões da ocorrência de problemas é a análise de por que e por quê. A técnica começa com o estabelecimento do problema e a pergunta por quê o problema ocorreu. Após isso, identificadas as maiores causas do problema, cada uma dessas causas é tomada por sua vez e novamente é feita a pergunta por quê essas razões ocorreram e assim por diante. Esse procedimento se mantém até que uma causa pareça suficientemente autocontida para ser atribuída a ela mesma.

 Estratificação: consiste no agrupamento da informação (dados) sob vários pontos de vista, de modo a focalizar a ação. Os fatores equipamento, material, operador, tempo entre outros, são categorias naturais para a estratificação de dados.

 Folha de Verificação: formulário no qual os itens a serem verificados para a observação do problema já estão impressos, com o objetivo de facilitar a coleta e o registro dos dados. Normalmente é construída após a definição das categorias

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.7 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »