TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Estrutura De Mercado Do Setor Supermercadista

Trabalho Escolar: Estrutura De Mercado Do Setor Supermercadista. Pesquise 793.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  26/10/2014  •  319 Palavras (2 Páginas)  •  298 Visualizações

Página 1 de 2

Baseado no texto foi encontrado quatro tipos de estruturas de mercado as quais são: concorrência perfeita, concorrência monopolística, oligopólio e monopólio.

Por meio de pesquisas e conhecimento, concorrência perfeita significa um mercado onde tem muito comprador, muito vendedor e muito produto, sendo assim ninguém consegue ter o domínio nem influência no preço. As empresas são quem determinam a oferta de mercado e interagindo com a demanda determinam o preço de equilíbrio. Independentemente da quantidade de produção de uma empresa, a empresa terá obrigatoriamente que vender a sua produção ao preço determinado pelo mercado.

Concorrência monopolística: A Concorrência Monopolística é uma estrutura de mercado em que muitas empresas vendem produtos que são parecidos, mas não idênticos. Exemplo deste tipo de mercado é o mercado de pastas de dente, onde o comprador tem a opção de escolher entre as diversas marcas, pois a utilidade é a mesma, no entanto o nível de satisfação é diferente por produto e por consumidor. São basicamente muitas empresas competindo pelo mesmo grupo de consumidores.

Oligopólio: corresponde a uma situação em que há um grupo bastante restrito de ofertantes de um determinado produto. Com isso eles têm condições de afetar os preços dos serviços que oferecem, já que a concorrência é reduzida Um exemplo são as empresas de telecomunicações que são poucas e dominam o mercado.

Monopólio:de modo geral monopólio significa ausência de concorrência e existência de apenas um único fornecedor. No monopólio, o fornecedor de produtos pode impor e colocar qualquer preço a suas mercadorias ficando sujeito ao nível de vendas dele decorrente. Como geralmente o mercado compra tanto menos quanto maior for o preço, o monopolista fixa o preço que lhe dá maior lucro em relação entre custo e produção. Ao reduzir a produção, o monopolista pode aumentar o preço já que é o único fornecedor. Além disso, se o monopolista não teme a entrada de nenhum concorrente, optará pelo preço que aumente os lucros puxando-o para cima.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.1 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com