TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Filme:O Sorriso De Monalisa(Empreendedorismo)

Artigos Científicos: Filme:O Sorriso De Monalisa(Empreendedorismo). Pesquise 860.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  12/8/2013  •  300 Palavras (2 Páginas)  •  1.569 Visualizações

Página 1 de 2

Filme: O sorriso de Monalisa

1 – Personagem principal?

Professora Katherine Watson

2- Quais são os perfis empreendedores do personagem principal? Por que?

Criativo, realizador e integrador

Criativa: Para prender a atenção das alunas, ela chega com novos métodos de ensino.

Realizadora: Mesmo contra a vontade dos diretores e resistência de algumas alunas, ela pensa e faz.

Integradora: Ela consegue aos poucos fazer com que todas as alunas se interessem.

3 – Como você a classificaria?

Líder e empreendedora.

Com todas as idéias inovadoras que a Professora tinha na década de 50, uma sociedade conservadora e machista, e ela influenciava as alunas, ela tentava abrir a mente delas que não precisa ficar somente cuidando da casa, que elas podiam fazer faculdade, trabalhar e ter uma família ao mesmo tempo.

A professora afrontou o sistema estabelecido na escola.

4 – Quais são suas características de atitude empreendedora que mais se destacam? Quais as evidências?

Inovação, energia, comprometimento, risco, iniciativa e valor.

O filme retrata a mulher na década de 50, em uma sociedade conservadora e machista. A escola Wellesley era totalmente conservadora. A professora Katherine chegou com uma inovadora proposta de ensino, esquece os livros e introduz as alunas uma apresentação de slides de obras famosas de arte moderna.

Mesmo contra a vontade dos diretores, ela quis ensinar o que ela achava certo para as alunas.

Ela se comprometeu com as alunas, ensinou a elas outra forma de ver a “arte” e também na vida pessoal delas, ela queria imprimir novos valores e ainda existia a resistência de algumas alunas em aceitar que a mulher podia se realizar profissionalmente sem abrir mão do casamento. A ideologia que predominava era que suas vidas foram feitas para o matrimônio, sendo assim, seria uma afronta a sociedade e a sua família, a mulher se tornar independente e ter uma carreira profissional, deixando em segundo plano a constituição familiar.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com