TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Produção E Mercado

Por:   •  29/10/2012  •  922 Palavras (4 Páginas)  •  692 Visualizações

Página 1 de 4

Produção e o mercado

O mercado sob concorrência perfeita e monopolista

|Conceitos:

Monopólio

Monopólio é uma situação de concorrência imperfeita, quando uma empresa detém o mercado de um determinado produto ou serviço, impondo preços aos que comercializam e vem do grego monos, que significa um e polein, que significa vender.

Monopólios surgem devido a características particulares de um determinado mercado, ou devido a regulamentação governamental. O monopólio coercivo, significa que a curva de demanda do bem fica negativamente inclinada, na medida em que a demanda da firma e a demanda do mercado são as mesmas.

Monopólio é quando há somente um vendedor no mercado para um bem precioso, para isso não ocorrer tanto, existem barreiras na entrada de empresas que mencionem vender o mesmo bem ou um bem substituto, protegendo o monopolista da concorrência.

Na concorrência perfeita ,os exemplos de monopólio na sua forma pura são raros, ter o poder de monopólio significa simplesmente que o vendedor ter algum controle sobre o preço do produto, sem uma curva de oferta.

Oligopólio:

Oligopólio é um termo utilizado em economia que deriva do grego, onde oligo significa poucos e polens significa comércio. Este termo é usado quando um grupo de empresas domina o comércio de um determinado produto ou serviço. Para os consumidores a formação de oligopólios não é boa, pois dificulta a entrada de outras empresas no setor dominado. Desta forma, a concorrência diminui e os preços podem ficar altos. Os países que seguem uma economia baseada na livre concorrência empresarial, tomam medidas que dificultam a formação de oligopólios na economia.

Monopsônio:

Em economia, monopsônio ou monopsónio é uma forma de mercado com apenas um comprador, chamado de monopsonista, e inúmeros vendedores. É um tipo de competição imperfeita, inverso ao caso do monopólio, onde existe apenas um vendedor e vários compradores. O termo foi introduzido por Joan Robinson.

Um monopsonista tem poder de mercado, devido ao fato de poder influenciar os preços de determinado bem, variando apenas a quantidade comprada. Os seus ganhos dependem da elasticidadeda oferta. Esta condição também pode ser encontrada em mercados com mais de um comprador. Nesse caso, chamamos o mercado de oligopsônio.

Em microeconomia, monopsonistas e oligopsonistas são assumidos como empresas maximizadoras de lucros e levam a falhas de mercado, devido a restrição de quantidade adquirida, que é uma situação pior do que o ótimo de Pareto que existiria em competição perfeita.

Oligopsônio

Em economia, oligopsônio ou oligopsónio é uma forma de mercado com poucos compradores, chamados de oligopsonistas, e inúmeros vendedores. É um tipo de competição imperfeita, inverso ao caso do oligopólio, onde existem apenas alguns vendedores e vários compradores.

Os oligopsonistas tem poder de mercado, devido ao fato de poderem influenciar os preços de determinado bem, variando apenas a quantidade comprada. Os seus ganhos dependem daelasticidade da oferta. Seria uma situação intermediária entre a de monopsônio e a de mercado plenamente competitivo.

Em microeconomia, monopsonistas e oligopsonistas são assumidos como empresas maximizadoras de lucros e levam a falhas de mercado, devido a restrição de quantidade adquirida, que é uma situação pior do que o ótimo de Pareto que existiria em competição perfeita.

Exemplos:

Monopólio: Um forte exemplo de mercado monopolista é a Petrobrás e a CPFL, distribuição de energia elétrica São Carlos, SP.

Oligopólio: • Empresas aéreas:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com