TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Vida Política Como Sistema de Comportamento - Easton

Por:   •  9/7/2019  •  Resenha  •  1.363 Palavras (6 Páginas)  •  26 Visualizações

Página 1 de 6

A Vida Política como Sistema de Comportamento - Easton

Visão geral da análise de sistemas

 Sistemas = vítima da moda intelectual

 Premissas do pensamento

  1. Sistema = encarar a vida política como um sistema de comportamento
  2. Meio ambiente = o sistema é distinguível do seu meio ambiente e é influenciável por esse
  3. Resposta = as variações nas estruturas e processos dentro do sistema podem ser interpretadas como esforços construtivos ou alternativos dos membros do sistema para harmonizar e acompanhar as pressões do meio ambiente e internas
  4. Feedback = capacidade de um sistema persistir diante das pressões é função da presença e natureza das informações e outras influencias que afetam os seus membros e s tomadores de decisões

 Vida política é um conjunto de interações com limites definidos, inserido e cercado por sistemas sociais a cuja influencia está constantemente exposto

 Fenômenos políticos como um sistema aberto que tem que se ajustar aos problemas gerados por sua exposição ao meio ambiente

 Regularização = adaptação a um quadro em mudança, levando em conta objetos fixados ou contendo esforços para modificar velhos objetivos

Isolamento de um sistema

 Vida política como um sistema de comportamento adaptativo, auto-regulado e automodificado

Sistemas empíricos e simbólicos

 Sentidos de sistema:

  • Sistema empírico ou de comportamento = comportamento empírico que observamos e que definimos como vida política
  • Simbólico ou teórico = conjunto de símbolos (ideias e teorias) através dos quais pretendemos identificar, descrever, limitar e explicar o comportamento do sistema empírico

Sistemas empíricos naturais e construtivos

 Um conjunto de interações constitui ou não um sistema dependendo do grau natural da coerência de sua unidade - sistemas na natureza

  • Sistemas existem na natureza e cabe ao observador descobri-los e explorá-los
  • Natureza forneceria conjuntos de acoes interdependentes que, uma vez modificadas em uma de suas partes, as outras seriam afetadas da mesma forma
  • Errado afirmar que os sistemas podem ser constituídos de qualquer conjunto de elementos reunidos para um determinado propósito de pesquisa

 Todos os sistemas são construções mentais

  • Qualquer agregado de interações analisado pode ser considerado um sistema

Limitações do conceito de sistemas naturais

 Ideia de sistemas naturais tem pouca utilidade teórica

 Três argumentos:

  1. Dizer que um sistema é natural não ajuda na tarefa de encontrar e isola um sistema e testar sua coerência
  2. A pesquisa de sistemas naturais criaria uma dificuldade virtualmente intransponível (tem coesão ou não?)
  3. Nem toda co-variação se enquadraria imediatamente nos critérios de um sistema

Sistemas de interesse x sistemas triviais

 Onde as partes selecionadas da vida política são relevantes, apresentam algum grau de interdependência e parecem ter um destino comum, podemos dizer que temos um sistema útil e de interesse para a compreensão da forma de funcionamento dos sistemas políticos

 Onde não há paralelo entre comportamentos, podemos dizer que há um sistema, mas esse é trivial

 Dessa forma, qualquer conjunto de de elementos políticos pode ser um sistema, mas não será necessariamente de interesse

 Sistema trivial pode tornar-se de interesse conforme as relações são descobertas

Critérios para a seleção de sistemas construtivos

 Não há razão lógica e empírica para unir todos os comportamentos políticos como um só sistema

 Necessidade de estabelecer critérios de seleção para que possamos trabalhar com um número limitado de atividade extraídas da realidade total da Política

  • Selecionar a combinação com base na experiencia, insight e nas pesquisas precedentes
  • Possibilidade de transformação do sistema, conforme mudanças nos critérios

A universalidade do sistema como conceito

 Conceito pressupõe que não pode haver a existência de um não-sistema

  • Conceitos não são verdadeiros ou falsos, mas mais ou menos úteis  

 Sistema como um meio de orientar-nos em relação aos nossos próprios dados

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.3 Kb)   pdf (75.9 Kb)   docx (958.5 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com