TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PESQUISA EM ECONOMIA DO TURISMO E NO DIMENSIONAMENTO ECONÔMICO DO TURISMO – CENÁRIO NACIONAL

Por:   •  10/7/2019  •  Artigo  •  3.832 Palavras (16 Páginas)  •  34 Visualizações

Página 1 de 16

pesquisa em Economia do turismo e no dimensionamento eCONÔMICO Do turismo – cenário nacional

MSc. Alexandre dos Santos Pacheco

Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE)

Fundação Parque Tecnológico de Itaipu (FPTI)

RESUMO

A região do Destino Iguassu que engloba as cidades de Foz do Iguaçu no Brasil, Puerto Iguaçu na Argentina e Ciudad Del Este, Hernandarias e Presidente Franco no Paraguai é reconhecida nacional e internacionalmente como um dos principais destinos turísticos mundiais, impulsionada principalmente pelas Cataratas do Iguaçu e pela Usina de Itaipu, atraindo ano após ano milhões e turistas. O efeito de transbordamento natural do fluxo turístico destas regiões não se evidencia, ou é contido, o que impacta diretamente na economia do turismo, na capacidade de integração das ações das cidades e países da fronteira trinacional e na ampliação e fluidez do fluxo turístico transfronteiriço. Algumas aspectos são fortemente considerados, quis sejam,  as barreiras físicas que se transformam em gargalos e que são representados pelas pontes que unem estes países e um segundo que são as exigências de migração, mais fortes no transito com a Argentina que faz um controle individual do aceso ao seu território e um terceiro ponto que são as exigências de visto turístico para acesso aos países da tríplice fronteira, posto que, os países por terem regras diferentes para concessão de vistos a turistas estrangeiros. Mesmo em se tendo esta noção dos prejuízos que este cenário provoca não existe um estudo cientifico que afira com critérios e metodologia adequada, qual a dimensão econômica da cadeia do turismo e prospecte qual o impacto econômico destas barreiras físicas, migratórias e de acesso sobre a economia do turismo no Destino Iguassu. Este trabalho tem a intenção de analisar a pesquisa cientifica no turismo no Brasil, considerando o recorte para a pesquisa da economia do turismo e dimensionamento da economia do turismo.

Palavras-chave: Economia do Turismo, Pesquisa Científica, Metodologias,  Cadeias produtivas, Estudo de caso no turismo.

Espaço geográfico de ánalise - Destino Iguassu

Em (CURY, 2010) temos “bem como a relevância das Territorialidades do Iguassu no contexto geográfico, econômico e transfronteiriço da Região Sul do Brasil, considerando que o Iguassu, assim como o Iguazú e Iguaçu, corresponde a uma região geográfica estabelecida nas fronteiras entre Brasil, Argentina e Paraguai, cuja utilização da origem linguística demonstra e/ou estabelece um lugar no espaço geográfico. A complexidade denominativa das territorialidades insere-se na discussão acerca do próprio termo, composto pela área urbana entre as cidades de Foz do Iguaçu – Estado do Paraná – Brasil; Puerto Iguazú – Província de Misiones – Argentina, e Ciudad del Este, Presidente Franco, Minga-Guazu e Hernandárias – Departamento de Alto Paraná – Paraguai.” Vimos ainda que “Da mesma forma, as atividades econômicas registradas estrategicamente na região responsabilizaram-se pelas lutas de domínio territorial a partir do período colonial, passando pela exploração da madeira, da erva-mate, do livre comércio paraguaio e argentino, até o advento do turismo crescente em função dos Parques Nacionais do Iguaçu Brasil – PNI-BR e Argentina – PNI-AR, da instalação da Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional – UHIB. Esse contexto histórico aponta para uma relação espaço-temporal de amalgamento lento e gradual dos processos econômicos e sociais transfronteiriços, produzindo, assim, interconexões entre as cidades da tríplice fronteira, verificáveis pela análise das redes econômicas, políticas, sociais e também culturais que configuram as TTI -Territorialidades Transfronteiriças do Iguassu - além de atuar como gerador de uma territorialidade.”

Neste contexto instituiu-se o Destino Iguassu como referência territorial para o trade turístico da tríplice fronteira. Suas características econômicas, interconexões sociais e políticas são fortíssimas e indissociáveis representando um laboratório fecundo para a pesquisa social e econômica. Adicionalmente a pesquisa científica da economia do turismo no Destino Iguassu ainda é limitada. O desenvolvimento de um estudo de caso de dimensionamento da economia do turismo no Destino Iguassu e como esta é contida ou limitada pelas barreiras migratórias e de fluo entre os países é cenário de referencia para este trabalho.

Área de pesquisa

Em (ANGELO, 1993) encontramos que “A Ciência está dividida por áreas do conhecimento. Temos na contemporaneidade os mais variados tipos de conhecimentos, gerados pelas diversas ciências, como: as Ciências Humanas, Sociais, Biológicas, Exatas, entre outras. Mesmo estas divisões têm outras subdivisões cuja definição varia segundo conceitos de muitos autores.” A partir desta contextualização traz uma proposta de tipos de pesquisa em turismo e onde se propõe uma classificação e qualificação a pesquisa. Ao qualificarmos nossa pesquisa segundo esta proposta temos:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (26.5 Kb)   pdf (248 Kb)   docx (63.8 Kb)  
Continuar por mais 15 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com