TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

ATIVIDADES PARA SISTEMATIZAÇÃO DO LEVANTAMENTO DE REQUISITOS

Por:   •  4/11/2013  •  2.026 Palavras (9 Páginas)  •  221 Visualizações

Página 1 de 9

1 INTRODUÇÃO

MELHORIAS NO PROCESSO DE COMUNICAÇÃO E GERENCIAMENTO DE REQUISITOS ALINHADO AO BABOK – UM ESTUDO DE CASO

A corretude dos requisitos é fundamental para a aderência do produto, às necessidades do cliente, requisitos mal definidos ou mal escritos dão origem a um produto que não atende ao solicitado. Para alcançar essa corretude, existem duas atividades fundamentais que auxiliam de forma direta, são a comunicação de requisitos e o gerenciamento dos mesmos. Para Hazan (2003, apud THAYER; DORFMAN) o Gerenciamento de Requisitos tem como objetivo principal controlar a evolução dos requisitos, seja por constatação de novas necessidades, seja por deficiências nos requisitos registrados até o momento.

O entendimento das necessidades dos envolvidos é fator fundamental para o sucesso dos projetos de desenvolvimento de software. Segundo Koscianski (2006), a qualidade de um software depende em grande parte dos requisitos. Desta forma a comunicação dos requisitos deve ser realizada de forma participativa, com envolvimento dos usuários, dos patrocinadores, desenvolvedores, ou seja, com todos os stakeholders, e seu gerenciamento deve ocorrer de maneira criteriosa, pautado no que foi comunicado e nas necessidades de mudanças identificadas.

A seção 2 apresenta Fundamentação

Teórica sobre a Comunicação de Requisitos no Contexto de Desenvolvimento de

Software; Gerenciamento de Requisitos e Melhores Práticas no Processo de Comunicação e Gerenciamento de Requisitos. A seção 3 traz estudo de caso sobre o processo de desenvolvimento de sistemas da instituição e as dificuldades encontradas no Gerenciamento e Comunicação de Requisitos. A seção 4 relata a análise dos dados sobre a organização pesquisada através do estudo dos processos, entrevistas e resultados obtidos com estudo de caso. Por fim, a seção 5 descreve as considerações finais e propostas de melhoria do processo de desenvolvimento alinhado ao BABOK.

2 - FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Nesta seção são abordados alguns conceitos sobre a Comunicação de Requisitos no Contexto do Desenvolvimento de Software, Gerenciamento de Requisitos e as Melhores Práticas para gerenciar e comunicar requisitos com abordagem para importância para o bom andamento de todo o ciclo de vida do projeto.

2.1 Comunicação de Requisitos no Contexto de Desenvolvimento de Software

Um processo de desenvolvimento de software é um conjunto de atividades que guia a produção de um produto de software (SOMMERVILLE, 2007), atualmente a produção de softwares customizados tornou-se prática cada vez mais comum, exigindo adaptações constantes dos processos utilizados e reavaliação destes para obtenção de melhores resultados como produtos mais adequados as necessidades de uma determinada organização, exigindo uma maior habilidade dos envolvidos no processo de comunicação.

• Ruído - é o termo que indica qualquer distúrbio indesejável dentro do processo de comunicação e que afeta a mensagem enviada pela fonte ao destino.

Segundo Pressman (2007) o processo de desenvolvimento de software contém três fases genéricas, independentemente do paradigma de engenharia de software escolhido. As três fases, definição, desenvolvimento e manutenção, são encontrados Revista de Sistemas e Computação.

Em todo desenvolvimento de software, independentemente da área de aplicação, tamanho do projeto ou complexidade. Um processo de comunicação de requisitos claro, preciso e oportuno é uma das atividades chave para obter a corretude dos requisitos.

2.2 Gerenciamento de Requisitos

O gerenciamento de requisitos é um subprocesso da engenharia de requisitos, faz-se necessária a adoção de atividades específicas devido ao grande número de mudanças que podem surgir de fontes diversas como legislação, envolvidos, exigência.

Do mercado dentre outras.

• Gerência da Qualidade dos Requisitos – possibilita a criação de requisitos sem ambiguidade, corretos, completos, verificáveis e consistentes.

O grande número de envolvidos durante o processo de desenvolvimento ou manutenção de um software faz com que a gerência de requisitos seja responsável pelo atendimento das mudanças e manutenção da aderência do escopo do produto.

Figura 1 - Fontes de Requisitos de Software

...

Baixar como (para membros premium)  txt (14 Kb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com