TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Barragem

Tese: Barragem. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  23/5/2013  •  Tese  •  1.557 Palavras (7 Páginas)  •  398 Visualizações

Página 1 de 7

CEFET/RJ – Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca

Sistemas e Obras nas Cidades

Tema: Barragem

Integrantes: Guilherme Figliuzzi

Isabela Bonifácio

Mariana Guerson

Victor Rodrigues

BARRAGEM

• Conceito

Uma barragem, açude ou represa, é uma barreira artificial, feita em cursos de água para a retenção de grandes quantidades de água. A sua utilização é, sobretudo para abastecer zonas residenciais, agrícolas, industriais, produção de energia elétrica (energia hidráulica), regularização de um caudal ou prevenção de enchentes.

• Elementos da Barragem

1. Paramentos: as superfícies mais ou menos verticais que limitam o corpo da barragem: o paramento de montante, em contato com a água, e o paramento de jusante.

2. Coroamento: a superfície que delimita superiormente o corpo da barragem.

3. Encontros: as superfícies laterais de contato com as margens do vale.

4. Fundação: a superfície inferior de contato com o fundo vale.

5. Descarregador de cheia: o órgão hidráulico para descarga da água em excesso na albufeira em período de cheia.

6. Tomadas de água: os órgãos hidráulicos de extração de água da albufeira para utilização.

7. Descarregador de fundo: o órgão hidráulico para esvaziamento da albufeira ou manutenção do caudal ecológico a jusante da barragem.

8. Eclusas: órgão hidráulico que permite à navegação fluvial vencer o desnível imposto pela barragem.

9. Escada de peixes: órgão hidráulico que permite aos peixes vencer o desnível imposto pela barragem.

• ETAPAS DA CONSTRUÇÃO

1. Projeto: A escolha do tipo de barragem deve ser feita principalmente visualizando a utilização dos materiais disponíveis no local da obra. (A viabilidade da solução adotada passa pela disponibilidade e distância de transporte dos materiais). Assim sempre é indispensável um bom estudo geológico-geotécnico para o projeto de uma barragem, prévio à escolha da alternativa.

2. Construção: Alguns aspectos são comuns na construção dos diferentes tipos de barragens. A sequência executiva para a escavação da fundação das barragens em rios perenes sempre passa por uma etapa muito importante que é o desvio do rio. É necessário desviar o curso d’água para alguma estrutura que permita a escavação a seco, e isso condiciona a construção, seja de um túnel, adufa, galeria ou outra estrutura que permita ensecar o leito do rio no trecho a ser escavado. Normalmente está dimensionada para um determinado tempo de recorrência estabelecido de comum acordo entre o empreendedor, projetista, construtora e seguradora.

3. Exploração

4. Observação

• TIPOS DE BARRAGENS

A capacidade de acumulação é o fator mais importante. A barragem devera ter o menor volume possivel em corpo e acumular o maior volume possivel em agua e é por isso que a escolha do local é muito importante.

Uma barragem pode ser de dois tipos: rígidas e não rígidas. No caso das primeiras, estas podem ainda se pertencer ao tipo “gravidade” ou ao tipo “arco”. No caso das barragens não rígidas, ou são de terra, ou de enrocamento.

Rígidas:

Barragem de betão

As barragens de betão são feitas em vales apertados, pois a resistência do betão tem algumas limitações relativamente ao comprimento da barragem. Apesar de muito resistentes, estas barragens são também muito vulneráveis a certos tipos de situações. Se houver algum erro de projeção e a barragem fender pode ter consequências catastróficas. Já numa situação de galgamento pela água da albufeira não é tão prejudicial. Podemos definir dois tipos de barragem de betão tendo a forma como são construídas.

1. Barragem de gravidade

Nesse tipo de construção a força que mantém a barragem em vigor contra o impulso da água é a gravidade da Terra.

2. Barragem em arco

São construídas em vales mais apertados, podendo desta forma a altura ser maior que a largura. A primeiro barragem desse tipo foi construído pelos romanos na França em meados do século 1 A.C.

Não rígidas:

Barragem de aterro

Uma barragem de aterro é, como o próprio nome indica, um aterro, ou seja, é uma barreira de terra e/ou rocha que funciona de modo a reter a água. Ao contrário de uma barragem de betão, uma barragem de aterro não suporta bem o galgamento pela água e pode mesmo ter efeitos catastróficos. Já no caso de fendilhação, a barragem de aterro fica mais estável que uma de betão. Podemos definir três grandes grupos de barragens de aterro tendo em conta o material de que são feitas:

1. Barragem de terra:

Consideram-se Barragens de Terra aquelas em que a estrutura é fundamentalmente constituída por solo ou enrocamento. O solo é correntemente utilizado como material de construção neste tipo de obras, sendo extraído da área de implantação da barragem, o as torna sob o ponto de vista ambiental, menos agressivas do que as barragens de betão.

Sinteticamente, uma barragem de terra pode caracterizar-se da seguinte forma:

- Uma estrutura localizada de forma a permitir a retenção da água, vulgarmente designada por corpo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (13.4 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com