TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Ensino Superior No Brasil

Trabalho Escolar: Ensino Superior No Brasil. Pesquise 813.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  24/4/2014  •  917 Palavras (4 Páginas)  •  251 Visualizações

Página 1 de 4

Ensino Superior no Brasil

No Brasil o ensino é oferecido por universidades, centros universitários, faculdades, institutos superiores e centros de educação tecnológica.

O cidadão pode optar por três tipos de graduação: bacharelado (concedido a aquele que conclui um curso universitário), licenciatura (habilita o seu titular a ser professor) e formação tecnológica (onde aa tecnóloga esta envolvida no curso).

Instituições de Ensino Superior

No Brasil existem três tipos de instituições de ensino superior: universidades, centros universitários e faculdades.

As universidades: devem oferecer atividades de ensino, de pesquisa e de extensão (serviços ou atendimentos à comunidade) em várias áreas do saber. Elas têm autonomia e podem criar cursos sem pedir permissão ao MEC.

Centros universitários: são semelhantes às universidades, entretanto são menores e têm menor exigência de programas de pós-graduação.

Faculdades: são instituições de ensino superior que atuam em um número pequeno de áreas do saber.

Formas de acesso

Os cidadãos que gostariam de estudar em instituições de ensino superior têm várias formas de acessá-lo.

ENEM: surgiu em 1998, para avaliar o desempenho dos estudantes do ensino médio. Hoje é usada para ingressar numa instituição pública ou federal. Em 2009 ocorreu uma mudança onde passou a conter 180 perguntas divididas em dois dias e uma redação.

Outra mudança foi a criação do SISU, que seleciona os estudantes pela nota do ENEM, uma vantagem seria unificar as provas em uma só.

A nota do ENEM também é utilizada de outras maneiras: na primeira fase do vestibular como parte da nota final e também para preencher vagas remanescentes nas instituições.

Vestibular tradicional: consiste em uma prova, em que os estudantes que tiverem a maior nota ficam com a vaga. Algumas instituições dividem o vestibular em etapas, a primeira consiste em perguntas eliminatórias de múltipla escolha, e a segunda discursiva para ver se o aluno é claro em suas explicações. Todas as universidades ainda cobram uma redação.

Avaliação seriada: a seleção é realizada durante os três anos em que o estudante está no Ensino Médio. As provas são aplicadas no final de cada ano e abordam os conteúdos aprendidos. No terceiro ano é que o vestibulando deve selecionar qual o curso desejado. As provas são como as do vestibular. No final do processo, a instituição calcula uma média com a pontuação obtida em cada prova.

Entrevista: este meio de seleção não é usado sozinho, ou seja, costuma estar aliada com outras formas como uma redação, nota obtida no ENEM ou análise de histórico escolar. Com base na entrevista, a instituição seleciona os candidatos que tem o perfil necessário para o curso e profissão.

Análise de histórico escolar: considera as notas do aluno durante o Ensino Médio em todas as disciplinas. Geralmente, as instituições o usam como parte da nota final do estudante, que também precisa prestar a prova do vestibular em busca da aprovação.

Prova agendada: é comum quando ainda há vagas remanescentes na universidade. O estudante marca um horário e dia para realizar o teste, com o mesmo conteúdo cobrado nos vestibulares tradicionais.

Prova eletrônica: o estudante comparece até o campus e realiza a prova em um laboratório de informática. A vantagem desse tipo de seleção é que no dia seguinte o resultado já é divulgado.

Provas de habilidade específica: Dependendo do curso escolhido, os vestibulandos são submetidos a uma prova específica para verificar se ele está apto para ganhar a vaga.

Programação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.1 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com