TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Filme Tempos Modernos

Por:   •  18/3/2013  •  385 Palavras (2 Páginas)  •  1.758 Visualizações

Página 1 de 2

O filme Charles Chaplin "Tempos Modernos" faz um comparativo entre a Gestão de umaFábrica e o processo ideal de Gestão de Pessoas. Para ilustrar o processo tradicional de um RHe de uma gestão moderna. O filme se passa após a crise de 1929, sendouma sátira aoprocesso de gestão organizacional de uma fábrica do século XX (e de muitas empresas noséculo XXI).Focando a vida da sociedade industrial daquela época, o filme reproduz, de forma cômica, afilosofia taylorista, baseada na produção, no estudo dos tempos e movimentos, no quadro detarefas e no desenho de ferramentas. A administração científica de Taylor, que destruía ainiciativa pessoal do empregado, reduzindo-o a condição de engrenagem, foi inusitadamentedesnudada por Chaplin.Retratava também a produção em série (Fordismo) que até hoje é usada por qualquerindústria, movimentos repetitivos que causa DOR (Distúrbios Osteomusculares Relacionadosao Trabalho) ou LER (Lesões por Esforços Repetitivos), Chaplin retratou isso que é tão atual nasfabricas e indústrias até pra almoçar tinha que ser rápido para não para o trabalho. Nomomento no almoço ele aparece um relógio, representando assim a famosa frase Tempo édinheiro e transmitindo aí o espírito do capitalismo.No processo de gestão de RH de uma fábrica do século XX os gerentes (ou melhor, capatazes)tinham uma função bem clara: fazer o trabalhador render o máximo em termos físicos. Ogerente de um RH era como diríamos, um capataz mor. Um capitão do mato moderno que semudou para a cidade, que tinha a função de regular a produção na base da coerção física oupsicológica. Os escravos agora passam a responder pelo nome de trabalhadores ou proletários,em sua maioria é vista pelo patrão como um grande ônus, sendo que todo o esforço docapitalista, proprietário das máquinas, vai ser no sentido de tirar o máximo proveito possívelda relação homem-máquina, considerando mais as perdas advindas com o uso inadequado damáquina do que com questões sobre o trabalhador e a sociedade como um.O filme retrata também à questão do consumo e a expectativa que a sociedade industrial trazpara as pessoas quanto à posse do maior número possível de bens. Carlitos e sua namorada,quando entram em uma Loja de Departamentos pela primeira vez em suas vidas,primeiramente vão até a confeitaria saciar a fome e a sede, para logo em seguida se dirigiremao quarto andar, onde estão os brinquedos. Da infância feliz que não tiveram, passam para as

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.5 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com