TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Jean Piaget

Por:   •  30/8/2013  •  Seminário  •  1.042 Palavras (5 Páginas)  •  513 Visualizações

Página 1 de 5

Jean Piaget nasceu em 1809 e veio a falecer em 1980. Foi biólogo de formação e como muitos desconhecem não existe um método Piaget, sendo que o mesmo nunca atuou como pedagogo.

Piaget passou a sua vida observando com base cientifica a maneira que, principalmente as crianças, adquirem e constroem o conhecimento.

Ao longo dos seus 83 anos, Piaget escreveu 70 livros e 200 artigos.

Uma frase de Piaget revela a base de sua teoria: “O conhecimento não pode ser uma cópia, visto que é sempre uma relação entre objeto e sujeito”

Como dito acima, Piaget mesmo não sendo pedagogo de formação, contribui muito para os estudos na área, pois os seus estudos contribuíram em larga escala, demonstrando que a criança adquire o conhecimento através de descobertas que ela própria faz.

Piaget faz uma associação de duas teorias então existentes: inatismo e empirismo, desenvolvendo a teoria da Epistemologia Genética, onde a filosofia da ciência da construção (gênese) dá base para seus estudos.

O inatismo visa que as crianças já trazem na bagagem conhecimentos, habilidades, aptidões e que o educador não deve interferir, apenas organizar. Já o empirismo diz que as informações se transformam em conhecimento quando se tornam um hábito, mesmo que a criança tenha capacidade de aprender. É o termo comumente usado: “tábula rasa”, um espaço vazio a ser preenchido. Entendendo essas duas teorias, Piaget preferiu sintetizá-las e então surgiu uma nova concepção: a perspectiva construtivista, onde a criança possui sim peculiaridades próprias, mas se o meio não favorecer o desenvolvimento, utilizando-se de objetos, espaços e ações, elas não se realizam. A criança, portanto deve procurar o conhecimento.

Piaget queria responder uma pergunta: Como os homens constroem o conhecimento? Ele acreditava que a inteligência tem como função a adaptação, modificando o meio e que estruturalmente deve haver a organização dos processos.

Na visão de Piaget, as crianças não têm o raciocínio de um adulto e aos poucos vão se enquadrando nas regras e valores, para isso elas utilizam de dois mecanismos: Assimilação e Acomodação.

Na Assimilação, Piaget retira o conceito da biologia. A criança quando entra em contato com o meio, com o objeto de conhecimento, ela retira desse objeto algumas informações e essas informações retidas são as que ela vai utilizar, pois existe uma organização mental. Ela interpreta o mundo, assimila-o.

Na Acomodação as estruturas mentais (a organização que a pessoa tem para conhecer o mundo) são capazes de se modificar para dar conta das singularidades do objeto.

Além destes dois conceitos, Piaget também cita a idéia de Equilibração, onde o sujeito quando entra em contato com um objeto novo ele pode entrar em conflito com esse objeto e ficar desequilibrado. Para construir o objeto novamente, ele precisa estabilizar a organização mental, do conhecimento do objeto novo, desconstruindo e construindo-o novamente.

Piaget entende que para se compreender estes mecanismos, são necessários algumas informações que ele chamou de Abstração Empírica, que é a informação que a criança retira do objeto e a Abstração Reflexiva, que é a informação que a criança retira da ação sobre o objeto, utilizando o conhecimento lógico-matemático.

Segundo Piaget, a criança constrói e reconstrói as estruturas, alcançando o equilíbrio e para isso o desenvolvimento da inteligência não é linear e sim por etapas, e cada etapa (estágio) possui uma qualidade e uma seqüência. São estes estágios:

Estágio Sensório- Motor: compreende a faixa etária de 0 a 24 meses. Esta fase é extremamente rica, aonde a inteligência vem antes da linguagem.

Pequenos passos e conquistas preparam o bebê a falar. O contato com o meio é direto e imediato, baseando-se na motricidade física.

O bebê desenvolve a capacidade de entender a permanência do objeto, embora o mesmo não seja visto, ele ainda existe (por volta dos 9 meses).

Adquire a capacidade de entender que os objetos do mundo (e ela própria) interagem entre si e causam efeito, com a definição de meios e fins, por volta dos 9/10 meses.

Estágio Pré – Operatório: ocorre geralmente dos 4 aos 7 anos de idade. A cognição

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com