TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Jogo e suas vantagens

Por:   •  25/8/2014  •  Projeto de pesquisa  •  377 Palavras (2 Páginas)  •  223 Visualizações

Página 1 de 2

O que são: Ludicidade e Psicomotricidade?

Ludicidade

Há muitas conceituações para ludicidade, algumas contradições e até confusões.

As atividades lúdicas não se restringem ao jogo e a brincadeira, mas incluem atividades que possibilitam momentos de prazer, entrega e integração dos envolvidos. São aqueles propiciam uma experiência de plenitude, em que nos envolvemos por inteiro estando flexíveis e saudáveis.

Na atividade lúdica, o que importa não é apenas o produto da atividade, o que de resulta, mas a própria ação, o movimento vivido, possibilita a quem a vivencia, momentos de encontro consigo e com o outro, momentos de encontro consigo e com o outro, momentos de fantasia e de realidade de ressignificação e percepção, momentos de autoconhecimento e conhecimento do outro, de cuidar de si e olhar para o outro momentos de vida de expressividade.

Psicomotricidade

É a ciência que tem como objetivo de estudo o homem através do seu copo em movimento e em relação ao seu mundo interno e externo. Está relacionada ao processo de maturação, onde o corpo é origem das aquisições cognitivas, afetivas e orgânicas. É sustentada por três conhecimentos básicos: o movimento, o intelecto e o afeto.

Brincar e seus benefícios

Além de divertidas, as brincadeiras preparam as crianças para um adulto saudável, equilibrado e responsável. Tipos de brincadeiras e jogos e sues benefícios: Jogo de locomoção: A amarelinha e pega-pega fazem parte da lista de brincadeiras tradicionais que exigem o uso do corpo. Benefícios: Essas atividades estimulam a flexibilidade o equilíbrio, á medida que os pequenos crescem, e sues desafios de ritmo, força e coordenação motora ficam cada vez mais complexos.

Autores que abordam o assunto

Negrine diz que o simbolismo está relacionado aos fatores biológicos da mente humana e á evolução desses processos, ou seja, com a capacidade de memória, atenção, percepção e pensamento que no processo evolutivo vão se transformando em processos mentais superiores e que apesar de serem oriundos dos aparelhos biológicos do homem, somente evoluem porque o homem interage como meio.

Segundo Almeida ainda vale lembrar que, considerando a realidade em que a criança vive não se pode esquecer que o brinquedo tem se tornado objeto de consumo, a brincadeira tem perdido seu objetivo lúdico por conta por conta dos brinquedos contemporâneos, a criança não brinca mais, não explora, não cria, nem representa

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com