TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Linguagem de entrada: conceitos, processos cognitivos e conseqüências pedagógicas

Por:   •  17/1/2014  •  Tese  •  616 Palavras (3 Páginas)  •  244 Visualizações

Página 1 de 3

Disciplina EDF5022

Língua Escrita: Concepções, Processos Cognitivos e Implicações Pedagógicas

Área de Concentração: 48134

Criação: 13/09/2010

Ativação: 13/09/2010

Nr. de Créditos: 8

Carga Horária:

Teórica

(por semana) Prática

(por semana) Estudos

(por semana) Duração Total

2 2 6 12 semanas 120 horas

Docente Responsável:

Silvia de Mattos Gasparian Colello

Objetivos:

Tomando a língua escrita em uma dimensão ampla e a sua aprendizagem como um processo complexo e multifacetado, a disciplina pretende repensar concepções, aprofundar na compreensão dos processos de aprendizagem e também dos mecanismos condicionantes da sua evolução. As diversas possibilidades de sutura entre conceitos e implicações pedagógicas, tendências de produção da escrita e diretrizes didático-metodológicas, impasses e desafios no ensino a língua materna têm por objetivo ampliar a compreensão acerca do tema e re-alimentar a possibilidade de novas pesquisas na área.

Justificativa:

Historicamente, concepções restritas acerca da língua escrita têm sustentado práticas pedagógicas inconsequentes que, não raro, subestimam a complexidade dos processos de aprendizagem. Muitos projetos de ensino falham pela frágil articulação de seus meios e metas à compreensão dos condicionantes sócio-pedagógicos e dos processos cognitivos na conquista da língua escrita. Para além da aprendizagem do sistema notacional, a alfabetização merece ser tomada pela perspectiva da “cultura escrita”, um processo contínuo e multifacetado, cuja compreensão está longe de se esgotar. Na busca de aprofundar o entendimento das relações entre a língua, a escrita, a educação, o ensino e a aprendizagem, o curso pretende repensar o escrever dentro e fora da escola, uma temática relevante que, indiscutivelmente, desafia educadores e pesquisadores da educação.

Conteúdo:

1. A língua escrita como objeto de conhecimento, ensino e aprendizagem 2. A contribuição das pesquisas psicogenéticas e os processos cognitivos envolvidos na aquisição da escrita 3. A escrita e a aprendizagem da escrita na perspectiva sócio-histórica: a contribuição de Vygotsky e Bakhtin 4. Alfabetização e letramento 5. O ensino da língua escrita no projeto educativo 6. A escrita e a leitura no contexto das práticas escolares

Forma de Avaliação:

Trabalhos escritos feitos ao longo do curso.

Observação:

Bibliografia:

ABAURRE, B. FIAD, R. E MAYRINK-SABINSON, M. L. Cenas de aquisição da escrita.Campinas: 2002

ARANTES, V. A. (org.), LEITE, S. & COLELLO, S. Alfabetização e letramento: pontos e contrapontos. São Paulo: Summus, 2010.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BRAIT, B. (org.) Bakhtin:

...

Baixar como (para membros premium)  txt (4.5 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com