TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O Boticário é A Empresa Certa No País Certo

Monografias: O Boticário é A Empresa Certa No País Certo. Pesquise 788.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  8/10/2013  •  5.824 Palavras (24 Páginas)  •  439 Visualizações

Página 1 de 24

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

3 CONCLUSÃO 22

REFERÊNCIAS 24

1 INTRODUÇÃO

O setor petrolífero ocupa uma posição muito importante no comércio, tanto internacional quanto nacional, e conseqüentemente é um importante agente de transformação no cenário mundial, principalmente diante das diretrizes ligadas a questões socialmente e ambientalmente responsáveis.

Neste sentido, esse trabalho mostra na primeira parte o surgimento da Responsabilidade Socioambiental através de análises antropológicas e econômico-social, seus conceitos, dimensões e vantagens adquiridas pelas empresas ao exercerem estas práticas. Analisa as questões ambientais das atualidade e os valores éticos quanto a responsabilidade socioambiental.

É apresentada a energia fóssil como combustível, sua história e a utilização de maneira extensiva. São citadas nesta etapa as indústrias petrolíferas mais ricas do mundo, a crise do petróleo e suas conseqüências. Os investimentos em energia limpa e sua eficiência.

São questionados e analisados os conceitos da Petrobrás quanto ao desenvolvimento associado a responsabilidade socioambiental, os desafios de seus gestores frente a projetos ligados a problemas sociais e ambientais da atualidade.

Por último, são analisadas as questões relacionadas a gestão da organização frente a responsabilidade socioambiental e são citados exemplos de empresas de Taiobeiras e região do Norte de Minas que se preocupam com ações socioambientais.

2 DESENVOLVIMENTO

Responsabilidade socioambiental pode ser conceituada como um conjunto de ações que promovam o desenvolvimento em comprometimento com o meio ambiente e em áreas sociais como a fome e o direito ao lazer. Surge de uma demanda de mercado onde os consumidores passam a delimitar a escolha dos seus produtos de acordo com a responsabilidade das empresas em nível social e ambiental.

A origem segundo André Xavier, numa análise antropóloga, as práticas sociais começaram com o surgimento da propriedade privada, que trouxe práticas de acumulação de riquezas e a divisão da sociedade em duas classes: os que possuíam o capital e os que possuíam a força de trabalho.

Na medida em que as cidades foram se desenvolvendo, o ambiente que se criou foi de concorrência e ameaça ao patrimônio da minoria econômica abastada. Nos últimos anos, o modelo neoliberal, imposto pelos organismos internacionais e aceitos por alguns países, agravou as relações sociais criando uma sociedade voltada exclusivamente para as relações de mercado, não se preocupando com suas conseqüências sociais. Este modelo traria mais sucesso se não fosse o esgotamento dos recursos naturais e o declínio da qualidade de vida das pessoas.

Percebe-se ainda, numa visão econômico-social, segundo Maria do Carmo Silveira, alguns fatores que possivelmente influenciaram o surgimento da responsabilidade social e ambiental nas empresas, foram os movimentos em torno dos direitos civis das armas químicas na guerra do Vietnã, que culminaram com o fortalecimento da organização da sociedade civil (igrejas, fundações); os efeitos de armamentos, que afetaram o meio ambiente e a população, colocando em risco a sobrevivência da natureza e dos seres humanos. Todos esses fatores provocaram um repensar na postura ética da empresas frente à sociedade e o meio ambiente.

No Brasil, o conceito de responsabilidade social e ambiental é um fenômeno recente pois se consolidou somente nos anos de 1990 a 2003, e um dos fatores que influenciou foi o aumento das condições de pobreza e da degradação ambiental, que culminou com os movimentos da Eco-92. Outros fatores que podem ser destacados são: a Campanha contra a fome, de Betinho, o fortalecimento dos movimentos sociais e o crescimento da violência urbana, dentre outros, mesmo tendo as primeiras discussões sobre responsabilidade social no Brasil iniciadas na década de 70, segundo ASHLEY, com o pioneirismo da ADCE-Brasil em promover atividades sobre o tema, marcou a relevância de pensar a dinâmica social das empresa com mais intensidade no Brasil.

Responsabilidade social e ambiental pode ser definido como o compromisso que uma organização deve ter para com a sociedade, onde as empresas devem atuar externamente e internamente no sentido de disseminar e aplicar metodologias que configurem a responsabilidade com a sociedade.

A responsabilidade socioambiental tem como benefícios:

Redução de custos e aumento das receitas;

Melhoria da imagem das empresas perante a opinião pública e consumidores;

Desenvolvimento do capital humano;

Desenvolvimento de novos modelos de negócios envolvendo parcerias entre os diversos setores da sociedade;

Desenvolvimento para pesquisas de novas tecnologias ecologicamente corretas.

A influência das responsabilidades socioambientais leva cada vez mais os mecanismos nacionais e internacionais de financiamento exigirem em contrapartida o enquadramento das empresas às normas e padrões internacionais de gestão e formas de atuação em projetos, como é mostrado na linha do tempo a seguir, onde vemos o Crescimento do Conceito de Responsabilidade Social e Responsabilidade Ambiental

1929- Constituição de Weimar (Alemanha) – Função Social da Propriedade;

1960- Movimentos pela Responsabilidade Social (EUA);

1971- Encontro de Founex (Suíça)

1972- Singer publica o que foi reconhecido como o primeiro balanço social do mundo;

1972- ONU – resolução 1721 do Conselho Econômico e Social – estudos sobre o papel das grandes empresas nas relações internacionais;

1973- PNUMA Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Genebra)

1977- determinação da publicação do balanço social - relações do trabalho (França);

1992- ECO 92 ou CNUMAD (Conferencia das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento) – Criação

...

Baixar como (para membros premium)  txt (39.7 Kb)  
Continuar por mais 23 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com