TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

PDF Organização De Empresas

Dissertações: PDF Organização De Empresas. Pesquise 813.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  26/6/2013  •  1.132 Palavras (5 Páginas)  •  990 Visualizações

Página 1 de 5

1. Qual é a influência do ambiente na ação gerencial? Você concorda mais com a visão onipotente ou simbólica da administração? Justifique.

O ambiente ao qual uma organização está inserida é amplo, instável e longe do controle do administrador. Qualquer nuance ocorrida neste cenário implica diretamente em alterações estratégicas por parte do gestor. Daft (1999) exemplifica o ambiente organizacional citando diversos fatos históricos que perturbaram a zona de conforto de grandes empresas, como Union Carbide, que fora reduzida à metade de seu tamanho após um vazamento de gás de grandes proporções em Bhopal, Índia, em 1984, deixando a empresa incapacitada de adentrar o mercado internacional até meados de 1992. Percebemos o exorbitante número de interferências ambientais em uma organização apenas de observar o contexto econômico de uma região (crises econômicas, inflação, reduções de impostos ou investimentos externos, por exemplo), ou mesmo ao sermos noticiados de alterações legislativas (reformulação político-legal, alterações em protocolos como os propostos pela Anatel, etc), ou até fatos menores, como a alteração de um fornecedor direto. O ambiente está, portanto, intimamente relacionado com o processo administrativo, e suas vertentes interna e externa serão melhores abordadas nas demais questões deste trabalho.

Avaliando o contexto acima citado, podemos presumir que a visão simbólica da administração esteja mais adequada à realidade, uma vez que tantos fatores ambientais estejam fora do controle do administrador, limitando o processo administrativo visto no quadro onipotente. Contudo, a visão onipotente garante apenas ao administrador a responsabilidade pelo êxito ou não da organização, o que não está tão distante da realidade, sendo o administrador o mais capacitado para gerir e tomar decisões estratégicas em prol da conquista de um objetivo. Para Sobral & Peci (20--), há uma terceira perspectiva, defendendo uma síntese de ambas visões: caberia ao administrador o papel de apaziguador entre as forças externas a seu controle e as decisões que lhe couberam dentro da organização, unindo as duas visões. Em nosso parecer esta é a perspectiva mais adequada, ainda que a visão simbólica esteja mais evidente neste processo.

2. O que é ambiente organizacional? Em que medida a teoria dos sistemas contribui para sua compreensão e de sua importância para a administração?

“Desde a poderosa abelha-rainha até o humilde zangão, cada abelha numa colmeia tem uma tarefa definida que deve ser executada para a colmeia funcionar com eficiência. [...] As abelhas trabalham e se adaptam dentro desse ambiente; muitos administradores trabalham eficientemente dentro de seus ambientes variáveis” (DAFT, 1999, p. 41).

O ambiente organizacional nada mais é que um conjunto de fatores que podem influenciar positiva ou negativamente a gestão de uma empresa, criando empecilhos ou facilitando o processo da eficácia empresarial. Podemos dividir o ambiente organizacional em dois tipos básicos: externo (elementos além do alcance administrativo empresarial, melhor tratado na questão cinco) e interno (englobando todo fator dentro da organização, desde os funcionários de cada nível organizacional até a tecnologia acessível dentro da empresa). Temos sempre a impressão errada de que a administração focaliza fatores internos organizacionais, como a liderança, controle e motivação, mas, por mais meticulosos que sejam os estudos direcionados neste sentido, estariam incompletos caso o administrador não estudasse o ambiente ao qual a organização está inserida, e não apresentasse respostas estratégicas a este ambiente. Da mesma forma, um estudo direcionado poderia propiciar diversos bens para a organização. Para Daft (1999), os gestores que compreendem o fluxo do cenário ao redor podem utilizar estratégias de adaptação que inclusive os guiaria para uma maior eficiência na busca pela eficácia, como a expansão de fronteiras, intensificação de ações de planejamento e previsões, uma estrutura flexível e fusões empresariais.

3. Defina cultura organizacional e explique sua importância. Quais seus níveis e elementos?

“Cultura: [...] Figurado. Conjunto dos conhecimentos adquiridos; a instrução, o saber: uma sólida cultura. Sociologia. Conjunto das estruturas sociais, religiosas - das manifestações intelectuais, artísticas etc - que caracteriza uma sociedade: a cultura inca; a cultura helenística” (FERREIRA, 1986)

“Conjunto de valores-chave, crenças, compreensões e normas que parte dos membros de uma sociedade ou de uma organização” (DAFT, 1999, p. 500).

Com base nestas definições podemos dizer que cultura é um conjunto de valores partilhados pelos

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.8 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com