TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Psicologia Da Aprendizagem

Por:   •  6/6/2013  •  944 Palavras (4 Páginas)  •  587 Visualizações

Página 1 de 4

O grande desafio da escola é reconhecer a diversidade como parte inseparável da identidade nacional e dar a conhecer a riqueza representada por essa diversidade etino cultural que compõe o patrimônio sociocultural brasileiro, investindo na superação de qualquer tipo de discriminação e valorizando a trajetória particular dos grupos que compõem a sociedade.

Nesse sentido, a escola deve ser local de aprendizagem de que as regras do espaço público permitem a coexistência, em igualdade, dos diferentes. O trabalho com Pluralidade Cultural se dá a cada instante, exige que a escola alimente uma “Cultura da Paz”, baseada na tolerância, no respeito aos direitos humanos e na noção de cidadania compartilhada por todos os brasileiros. O aprendizado não ocorrerá por discursos, e sim num cotidiano em que uns não sejam “mais diferentes” do que os outros.

A situação no Brasil é ainda mais complexa devido o discurso que todo brasileiro é fruto de um intenso processo de miscigenação que resultou num país diversificado e culturalmente harmônico. Porém, as relações cotidianas mostram situações preconceituosas, discriminatórias e racistas contra mulheres, índios, homossexuais, afro-descendentes, etc. em diversos segmentos da sociedade.

Agora vamos apontar a importância de ações efetivas como realização e preservação:

1º – Fazer conhecer a diversidade cultural brasileira em sua origem para que o respeito pelas diferenças seja entendido como direito de todos;

2º – Evidenciar a contribuição histórica de diferentes povos, raças e cultura na formação da identidade nacional;

3º – Perceber hábitos e atitudes que reforcem a discriminação, o preconceito, e desenvolver práticas de repúdio à intolerância de qualquer característica individual ou social como: origem, etnia, raça, religião, opção sexual e outras;

4º – Denunciar e estimular a denuncia de qualquer violação dos Direitos Humanos, como forma reduzir a impunidade e de exigir respeito para todos;

5º – Apontar as desigualdades sociais como consequência da omissão dos próprios brasileiros e da falta de uma política socioeconômica eficiente e não como sendo uma realidade comum e natural a todos os países;

6º – Valorizar o convívio democrático, o respeito mútuo e a promoção da paz.

A invenção da infancia

“O brincar é uma atividade humana criadora, na qual

imaginação, fantasia e realidade interagem na produção de

novas possibilidades de interpretação, de expressão e de ação

pelas crianças, assim como de novas formas de construir

relações sociais com outros sujeitos, crianças e adultos”. (Vigotski, 1987)

Diferentes grupos culturais

Reconhecer e valorizar as diferenças é dever da cidadania.

Relações de gênero na sala de aula

Educar para a Submissão ou para a Transformação

Neste documento aparece como necessária uma escola onde homens e mulheres, meninos e meninas sejam tratados/as igualmente e encorajados/as a explorarem completamente seu potencial, respeitando a liberdade de pensamento, de consciência, de religião e de crença.

Nesta proposta de escola, as tarefas e brincadeiras promoveriam imagens de homens e mulheres diferentes daquelas já conhecidas que tanto vemos nas novelas e nas revistas, por exemplo.

O resultado efetivo disso poderia ser a eliminação da discriminação contra as mulheres e de desigualdades entre as mulheres e os homens.

As

...

Baixar como (para membros premium)  txt (6.5 Kb)  
Continuar por mais 3 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com