TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Psicologia Da Aprendizagem

Por:   •  13/6/2013  •  1.225 Palavras (5 Páginas)  •  475 Visualizações

Página 1 de 5

Introdução

Psicologia e Aprendizagem

Aos que se interessam pela Educação, necessitam saber como as crianças pensam, se desenvolvem, e adquirem o conhecimento do mundo.

Deste modo, aplicam-se a psicologia a fim de esclarecer dúvidas, os psicólogos da Educação tem considerado o ser humano a partir de diferentes pontos de vista e tem tido diferentes concepções a seu respeito.

Assim, foram criadas, na Psicologia da Educação, diferentes teorias sobre o desenvolvimento e o processo de ensino/ aprendizagem. De acordo com sua concepção do ser humano, cada teoria exigira uma diferente atuação do educador. Veremos a seguir uma síntese deste estudo:

Etapa 1

O Ato de Educar*( ???)

A educação é algo que exige muito de seu docente, pois ele tem de estar atualizado constantemente para transmitir seu conhecimento adquirido aos alunos. A psicologia esta completamente acoplada à educação, pois estuda o comportamento do ser humano, a maneira de expressar e seus processos mentais. Ela permite ao professor uma compreensão das diversas fases de desenvolvimento do individuo, e um maior entendimento sobre a aprendizagem, também o ajuda a desenvolver seus conhecimentos e habilidades, a partir das obrigações e desafios que o ato de educar lhes proporciona hoje em dia. Dessa maneira a psicologia possibilita ao professor desenvolver e pesquisar as próprias atividades, e a partir delas transformar seu saber numa construção continua de sua identificação como professor.

Na transmissão de conhecimento, o professor é formador e instrutor da personalidade de seus estudantes no processo ensino-aprendizagem, pois desempenha a função de mediador da concepção do intelecto, afetivo e social do aluno.

Desta maneira, a união e as contribuições da psicologia para a pedagogia é incontestável e remota aos tempos antigos. Pois proporciona a buscar respostas sobre como se aprende, como se deve ensinar , levando em conta as propriedades psicológicas de cada aluno, qual a importância da informação no desenvolvimento humano. A Psicologia na esfera escolar também contribui para aperfeiçoar as relações entre professores e alunos, pois fornece uma visão mais compreensiva dos métodos educativos que se ocorrem no contexto educacional.

Etapa 2

Teorias Psicologia – Aspectos Conceituais Contribuições para o âmbito educacional

Teoria Verbal Significativa David Ausubel Nascida em 25 de Outubro de 1918, cidade de Nova Iorque. De família pobre, cresceu insatisfeito com a educação que recebera da família. Revoltado contra castigos e humilhações pelos quais passou na escola. A aprendizagem significativa acontece quando uma informação se conecta a um conceito já existente na mente do aluno, ou seja, é possível aprender significativamente novas idéias na medida em que outros conceitos já são de conhecimento do mesmo. Em outras palavras, os novos conhecimentos se relacionam com o conhecimento que já possui. .Pode ocorrer de três formas diferentes, sendo através de representações, conceitos ou de proposições.

A aprendizagem por representações ocorre quando a criança adquire um vocabulário novo. Primeiramente ela aprende as palavras que representam os objetos reais e significativos, porém ela ainda não os classifica.

A aprendizagem por conceituação ocorre quando a criança aprende determinadas palavras como exemplo, papai e sabe diferenciar que essa palavra pode ser usada para seu pai e todos os outros existentes. Em relação a proposições, se trata de quando o individuo conhece o significado dos conceitos e já consegue formar frases.

Teoria Genética da aprendizagem – Jean Piaget Nascido em 9 de agosto de 1896,na cidade de Neuchânel , Suíça . Aos 7 anos de idade ,Piaget já revela sua capacidade cientifica, aos 10 publica um artigo sobre o Pardal Branco, e aos 11 torna-se assessor do Museu de História Natural Local de sua cidade natal. Formado em Biologia, em 1915.

Em 1918 iniciam-se em Zurique seus estudos sobre Psicologia. Já em 1921 passa a fazer pesquisas destinadas a formação de professores no Instituto Jean Jacques Rousseau, em Genebra. Nos anos 50, publica Epistemologia Genética, sua primeira tese sobre teoria do conhecimento Abordou o desenvolvimento da inteligência através do processo de maturação biológica Para ele, há duas formas de aprendizagem. A primeira equivale ao próprio desenvolvimento da inteligência, esse desenvolvimento é um processo

...

Baixar como (para membros premium)  txt (7.5 Kb)  
Continuar por mais 4 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com