TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Quadro Sintese

Monografias: Quadro Sintese. Pesquise 791.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  12/4/2013  •  1.504 Palavras (7 Páginas)  •  601 Visualizações

Página 1 de 7

TEORIAS – CORRENTES/CONCEPÇÕES BEHAVIORISMO PSICOGÊNESE SOCIOINTERACIONISMO

A Nome da Teoria Teoria do comportamento Teorias de aprendizagem

B Autor principal John B. Watson Jean Piaget Lev Semenovich Vygotsky

C Foco principal do estudo O comportamento O desenvolvimento humano Relação, pensamento, linguagem.

D Concepção quanto ao(s) elemento(s) que mais influencia(m) o desenvolvimento humano Para Watson, a pesquisa dos processos mentais era pouco produtiva, de modo que seria conveniente concentrar-se no que é observável, o comportamento. No caso, comportamento seria qualquer mudança observada, em que fossem consequência de algum estimulo ambiental anterior, especialmente alterações nos sistemas glandulares e motor. Os fatores que mais influenciam este desenvolvimento são:

Hereditariedade

Crescimento orgânico

Maturação neurofisiológica e

Meio O desenvolvimento infantil é visto a partir de três aspectos:

Instrumental,

Cultural e

Histórico

E Fonte de conhecimento para o homem Para o Behaviorista Clássico, um comportamento é sempre uma resposta a um estimulo especifico. O homem adquire conhecimento através de quatro aspectos básicos:

Físico-motor,

Intelectual

Afetivo-emocional e o

Social A historia da sociedade e o desenvolvimento do homem caminham juntos e mais do que isso, estão de tal forma intrincados, que um ou não seria o que é sem o outro.

F Visão de homem Todo comportamento era consequência da influencia do meio, a ponto de afirmar que dado algumas crianças recém-nascidas arbitrarias e um ambiente totalmente controlado, seria possível determinar qual a profissão e caráter de uma delas.

O homem pode ser definido por períodos

1-Período sensório-motor de 0 a 2 anos

2-Período pré-operatório de 2 a 7 anos.

3-É o das operações concretas de 7 a 11 anos

É o ultimo período, é o das operações formais de 11 a 12 anos em diante. Através da mediação dos adultos que os processos psicológicos mais complexos tomam toma, por isto é fundamental o papel da educação na infância.

G Influências/efeitos/aplicação da teoria na educação São conhecidos os métodos de ensino programado e o controle e organização das situações de aprendizagem ,bem como a elaboração de uma tecnologia de ensino, portanto, esta teoria é muito utilizada na educação. Os aspectos citados nesta teoria subordinam-se em um sistema único e pessoal e vão-se exteriorizar na construção de um projeto de vida e é através da educação que podemos direcionar a pratica da psicogênese para formar um individuo adaptada a realidade para que ocorra sua inserção no mundo de trabalho ou na preparação para ela. Para essa corrente, as interações socioculturais são excluídas na formação das estruturas comportamentais e cognitivas das pessoas.

Nessa perspectiva, o entendimento é o de que a educação pouco ou quase nada altera as determinações inatas. Os postulados inatistas subestimaram a capacidade intelectual do individuo, na medida em que seu sucesso ou fracasso depende quase exclusivamente de seu talento, aptidão, dom ou maturidade. Desconfiam, portanto, do valor da educação e do papel interveniente a mediador do professor.

Consequentemente, o desempenho dos alunos na escola deixa de ser responsabilidade do sistema educacional. Assim, no que tange ao impacto educacional trazido por essa acepção, esse paradigma promove uma expectativa significativamente limitada do papel da educação para o desenvolvimento individual.

H Papel da educação/professor no desenvolvimento humano A escola direciona os comportamentos dos alunos segundo determinadas finalidades sociais, o conteúdo pessoal será socialmente aceito. Os conteúdos programáticos serão estabelecidos e ordenados numa sequencia logica e psicológica. É matéria de ensino apenas o que é redutível ao conhecimento observável e mensurável. Em uma abordagem behaviorista, o professor é considerado transmissor de conhecimento ao aluno e administra as condições da transmissão do conteúdo. Nesta teoria o professor é considerado um planejador e um analista de contingências. O professor deverá decidir os passos de ensino, os objetivos intermediários e finais com base em critérios que fixam os comportamentos que o aluno devera exibir durante o processo de ensino. O papel da educação aplicando essa teoria é manter um equilíbrio entre o real e os ideais dos indivíduos, isto é, de revolucionário no plano das ideias, ele se transforma, no plano das ações. O professor interage com as crianças em uma fase fundamental que é quando acontecem os processos Inter psíquicos(partilhado entre pessoas)portanto a educação é o que forma o individuo para a vida.

I Principais críticas formuladas à corrente/teoria O behaviorismo, embora ainda muito influente, não é mais um modelo dominante na psicologia .Seus críticos apontam inúmeras prováveis razões para tal fato .Uma das razões comumente apontadas é o desenvolvimento das neurociências .Essas disciplinas jogaram nova luz sobre o funcionamento interno do cérebro ,abrindo margens para paradigmas mais modernos da psicologia .Por seu compromisso com a ideia de que todo comportamento pode ser explicado sem apelar para conceitos cognitivos ,o behaviorismo leva a uma postura por vezes desinteressada em relação às novas descobertas das neurociências ,com exceção do behaviorismo radical ,Skinner enfatizou sempre a importância da neurociência como sendo um campo complementar essencial para o entendimento humano .Os behavioristas afirmam

...

Baixar como (para membros premium)  txt (9.1 Kb)  
Continuar por mais 6 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com