TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESENHA CRÍTICA DO TEXTO: ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Por:   •  19/9/2014  •  373 Palavras (2 Páginas)  •  2.473 Visualizações

Página 1 de 2

FACULDADE INTERNACIONAL DA PARAÍBA

DISCIPLINA: ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA.

PROCESSOR: ALLAN ALVES.

ALUNO: FRANCINALDO DE OLIVEIRA.

RESENHA CRÍTICA DO TEXTO: ESTUDO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Texto publicado na RSP de Maio de 1946 (Ano 9, v. 2, n. 2). Autor: Woodrow Wilson.

Analisando o texto, observa-se que o autor faz comparações do modelo de administração pública norte americana e Europeia. Ou seja, tece várias críticas a respeito do fechamento parcial dos Estados Unidos as novas tendências de administração pública adotada pelos Europeus nas últimas séculos.

Para o autor os regimes absolutistas na Europa contribuíram para o desenvolvimento de um modelo de administração voltado para os ideais da população. Com vista a dar mais oportunidade da sociedade participar do processo administrativo e opinar sobre as diretrizes da administração pública. Ao contrário, afirma que o modelo adotado nos Estados Unidos, por ter na sua origem ideal liberal não se preocupou com a ciência da administração pública, fazendo com que haja uma espécie de paralisia nos setores públicos.

Afirma ainda, que podemos observar a anatomia de governos estrangeiros sem medo de contrair quaisquer de suas doenças; dissecar os sistemas alienígenas sem preocupação com envenenamento do sangue.

Encontramos no texto importante passagem, onde o Autor afirma que Administração está fora da esfera própria da política, ao mesmo tempo em que afirma que a política determina as tarefas da Administração.

Ora, ao nosso ver, a interpretação do Autor estar coerente, no sentido de que a política não pode influenciar a administração. Pois existem no contexto político elementos capazes de dificultar a eficiência e a transparência nos atos e procedimentos da Administração Pública.

Nessa linha de raciocínio discorre o autor sobre a distinção entre Vontade e Ato correspondente. Para o mesmo, o administrador deve ter e tem uma vontade própria na escolha dos meios para efetuar o seu trabalho. O estudo da Administração, visto filosoficamente, é estreitamente relacionado com o estudo da distribuição adequada da autoridade constitucional. Para ser eficiente deve ele descobrir os meios mais simples pelos quais a responsabilidade possa ser inequivocamente atribuída aos funcionários; a melhor maneira de dividir a autoridade sem prejudicá-la, e a responsabilidade, sem obscurecê-la.

Por fim, define Wilson a Administração Pública como sendo a mais evidente parte do governo, ou seja, é o governo em ação, é o executivo, operante, o mais visível aspecto do Governo.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.6 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com