TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

RESUMO: MESA REDONDA SOBRE INTERCÂMBIO

Por:   •  31/3/2016  •  Trabalho acadêmico  •  580 Palavras (3 Páginas)  •  90 Visualizações

Página 1 de 3

DÁCIO ALEXSANDRO DA SILVA CAMPOS COELHO-MECÂNICA GERAL I

PROFESSOR: CARLOS EDUARDO

RESUMO: MESA REDONDA SOBRE INTERCÂMBIO

A mesa redonda sobre intercâmbio foi realizada no dia 23 de março de 2016, Audidtório do DECEN, da UFERSA, Campos Central, com o objetivo de expor as experiẽncias de ex-intercambistas. Para isso a mesa foi composta pelos alunos Gideão (BCT), João Marcos (Eng. Mec.), Elinara (Eng Civil), maximiliano (Eng. Mec.) e Gabriela ( Eng. Mec.), todos partcipantes do “Ciências Sem fronteiras”, além do professor Dr Rodrigo e do coordenador de intercâmbio Anibal Mascarenhas.

A discussão foi iniciada pelo coordenador de intercambio da Ufersa, o Sr. Anibal, o qual enfatizou a importância da realização de um intercambio pelos alunos da instituição, visto que isso prporciona o contato com outras metodologias de ensino e permitem realizar comparações entre o que é visto nas universidades nacionais com as internacionais e , sobretudo, o ganho cultural, acadêmico e profissional. O aaprensizado de um novo idioma e experiência adquirida através do contato com outros alunos de diversas nacionalidades, permitem a expasão da visão dos alunos e essa troca faz com que eles apredam a lidas com os mesmos problemas vividos aqui de forma diferentes. O intercâmbio não gera benefícios apenas para os alunos, mas também também tras ganhos significativos para a Universidade da comunidade em geral. O Sr. Anibal ainda comentos que hoje o acesso a intercâmbios por meio da Univercidade não está muito fácil pela parada do programa Ciências Sem Fronteiras, mas o departamento de intercâmbio tem se mobilizado no sentido de firmar parcerias com outras instituições internacionais como forma de viabilizar a continuidade desse processo.

Em sequida o Professor Dr. Rodrigo, falou sobre a sua experiẽncia com intercâmbio ainda na época da graduação na UFC, onde teve a oportunidade de participar da graduação sanduíche na Universidade de Lyon na França, obtendo diploma pelas duas instituições. Durante o período em que cursou parte da graduação na França, fez dois estágios de verão, o que  lhe proporcionou maior experiẽncia. Além disso, como os países zsão bem próximos na Europa, teve um grande crescimento cultural, ao visitar outros países deste continente. Depois disso retornou a frança em 2006 para realização do Doutorado pleno em Engenharia Mecânica e materiais em Paris, através do doutorado fez um estágio na Noruega, o que lhe proporcional grandeapendizado pela oportunidade de trabalhar com uma equipe multidisciplinar e com pessoas de diversos países, o que ampliou a sua visão e lhe permitiu aplicar os conhecimentos adiquiridos . Hoje é professor da UFERSA e coordenador do Departamento de Ciências Ambientais e Tecnológicas.

Em sequida os alunos falaram sobre as suas experi\ẽncias com o intecãmbio realizado através do Ciências Sem Fronteiras. Eles falaram que na época não tinham muita noção do que era realiza um intercâmbio, viver em outro país, ficar longe da família e dos amigos, se comunica em outra língua, sendo essas as maiores dificuldades. Mas, todos frizaram que é uma experiẽncia única e faz muita diferença em relação ao profissional, acadẽmico pessoal.. Todos eles tiveram essas experiências no EUA, em média passando 1 ano e 4 meses. Comentaram que tiveram experiências com alunos de diversos países, principalmente com indianos e chineses, assim tendo uma vasta experiência cultural, alé de terem contato com a metodologia diferente dessas instituições, ainda tiveram oportunidade de fazerem estágios em laboratórios das univercidades e trabalhar com pesquisas dentro da sua área de interesse além de melhorarem suas habilidades de comunicação em inglês, o que hoje faz muita diferença no mercado.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.8 Kb)  
Continuar por mais 2 páginas »