TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

Sociologia - Material Complementar Karl Marx

Por:   •  8/6/2017  •  Resenha  •  477 Palavras (2 Páginas)  •  156 Visualizações

Página 1 de 2

Estratificação e classes sociais

Desigualdade social: é a expressão que designa as disparidades de riqueza, de prestígio ou de poder entre os membros de uma sociedade.

Estratificação: é a estruturação escalonada de grupos inteiros de pessoas que perpetua as disparidades de poder e perpetuação econômica.

Escravidão

Forma mais extrema de desigualdade social

Indivíduos escravizados são propriedade de outros

Hoje há mais escravidão que em toda história mundial

Estratificação social do Brasil colonial

Pouquíssima mobilidade social

Castas

Sistemas hereditários de hierarquia social normalmente ditados pela religião e que costumam ser fixos e imutáveis

Exemplo: Índia, Apartheid racial (África do Sul, Estados Unidos)

Cada casta é rigorosamente definida e espera-se que os casamentos se deem no interior das respectivas castas

Transmissão hereditária da posição social

Não há mobilidade social

Estamentos

Estratificação do feudalismo ou sistema feudal

Camponeses trabalhavam a terra que os nobres arrendavam em troca da proteção militar e outros serviços

Base do sistema estava na posse de terras pela nobreza, o que lhe garantia status superior e privilegiado

Transmissão hereditária da posição social

Classes sociais

Sistema de classes é uma hierarquia social baseada em uma posição econômica cujas características adquiridas podem influir na mobilidade social. A divisão entre classes não é rigidamente definida. Mas, além de manterem a estabilidade das hierarquias de estratificação e os padrões de divisão de classes, também se caracterizam pela desigualdade na distribuição de riquezas e poder.

Existe mobilidade social

Perspectivas Sociológicas sobre Estratificação

Karl Marx

Conflito de classes:

Principais classes em Marx:

Burguesia: dona dos meios de produção. Explora a mais-valia do proletariado.

Operariado: vende sua força de trabalho em troca de um salário. Sua força de trabalho torna-se uma mercadoria.

Sistema desigual. As classes são interdependentes e contraditórias: dependem uma da outra, mas burguesia cresce às custas do proletariado, que sempre tentará minimizar sua exploração.

As relações sociais dependem, em qualquer época da história, de quem controla a produção econômica, como a terra ou as fábricas.

Burguesia surge de uma classe de comerciantes

...

Baixar como (para membros premium)  txt (3.6 Kb)   pdf (42.9 Kb)   docx (12.4 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com