TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

UM RELATO DE EXPERIENCIA DO ESPAÇO DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL UM OLHAR VOLTADO PARA OS SABERES MATEMÁTICOS DAS CRIANÇAS DA PERIFERIA

Por:   •  23/7/2019  •  Artigo  •  2.187 Palavras (9 Páginas)  •  20 Visualizações

Página 1 de 9

UM RELATO DE EXPERIÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL: UM OLHAR VOLTADO PARA OS SABERES MATEMÁTICOS DAS CRIANÇAS DA PERIFERIA

 Ariene Vitalino da Silva¹(UERJ/FEBF)

E-mail: vitalino1603@gmail.com

RESUMO:

O objetivo deste trabalho é apresentar uma proposta de trabalho realizada no chão da escola para pensar o ensino de matemática na primeira etapa da educação básica, a Educação Infantil. A atividade aqui relatada foi desenvolvida no Espaço de Desenvolvimento Infantil Professora Solange Conceição Tricarico, localizado no Complexo da Maré, ao longo do mês de abril de 2018, durante o projeto: “Arte por toda parte”, com crianças entre 3 e 4 anos de idade, envolvendo Letramento Matemático, mais especificamente o desenvolvimento do conceito de formas geométricas utilizando quadros da Tarsila do Amaral para trabalhar figuras geométricas, de forma interdisciplinar, explorando as diversas áreas do conhecimento,  entendendo a importância de todas para o desenvolvimento infantil integral, conforme previsto na Lei 8.069/90. Sendo esta, uma forma de ver o ensino de matemática de um ponto de vista interdisciplinar. O objetivo das atividades foi o de proporcionar situações na qual as crianças construíssem seus próprios significados a respeito das figuras e formas geométricas, desde a primeira etapa que compreende a educação básica, de forma lúdica e explorando as diversas áreas do conhecimento, entendendo a importância de todas para o desenvolvimento infantil.

O presente trabalho tem como objetivo relatar uma série de experiências envolvendo a Matemática, mais especificamente o desenvolvimento do conceito de formas geométricas em uma turma de Educação Infantil da rede pública de ensino municipal, no Complexo da Maré-RJ. As atividades foram realizadas ao longo do projeto: “Arte por toda parte”, no Espaço de Desenvolvimento Infantil Professora Solange Conceição Tricarico, no qual foram exploradas as diversas áreas do conhecimento, entendendo a importância de todas para o desenvolvimento infantil integral, conforme previsto na Lei 8.069/90. A experiência foi realizada em Abril de 2018, no Espaço de Desenvolvimento Infantil Professora Solange Conceição Tricarico, EDI, localizado na Av. Guilherme Maxwell 107 B, Rio de Janeiro – Complexo da Maré.  Desenvolvida, especificamente, em um grupamento composto de 25 crianças na faixa etária de 3 e 4 anos de idades. Nosso Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI), tem um modelo educacional destinado ao atendimento à primeira infância, hoje atende em torno de 200 crianças, de 1 ano a 5 anos e 11 meses. envolvendo Letramento Matemático, mais especificamente o desenvolvimento do conceito de formas geométricas utilizando quadros da Tarsila do Amaral para trabalhar figuras geométricas, fazendo uma ponte e explorando as diversas áreas do conhecimento, entendendo a importância de todas para o desenvolvimento infantil integral, conforme previsto na Lei 8.069/90. Sendo esta, uma forma de ver o ensino de matemática de um ponto de vista interdisciplinar. O desenvolvimento destas atividades proporcionou as crianças situações nas quais as mesmas construíssem seus próprios significados a respeito das figuras e formas geométricas, desde a primeira etapa que compreende a educação básica, de forma lúdica.

 

(SMOLE,2014; KAMII,1998; PIAGET, 1987)

Palavras-chaves: Educação Infantil. Práticas de ensino. Educação Matemática. Periferias 

INTRODUÇÃO

Os educadores que trabalham com turmas de educação infantil se deparam hoje com uma realidade bem complexa em sala de aula. No passado, a Educação Infantil tinha um caráter meramente assistencialista, cujas intenções centravam-se no cuidado, alimentação e higienização, sem o viés pedagógico, essa é uma visão ainda encarada pela educação infantil. Acrescente-se o fato de que o cuidar não foi expelido da Educação Infantil, entretanto, o viés pedagógico assume papel articulador com o primeiro, o que traz uma imbricação entre o cuidar e o educar. Compreendendo que nessa etapa da vida escolar fora um efetivo trabalho educativo e os conceitos matemáticos também estão presentes nessa nova realidade.

O trabalho com a educação infantil, atualmente, tem como objetivo o desenvolvimento integral das crianças que estão inseridas naquele espaço. Segundo o RCNEI (1998), dois eixos norteiam o trabalho nesta etapa da educação, são eles, as brincadeiras e as interações, alicerçadas a um trabalho pedagógico intencional que promovam experiências diferenciadas, estimulando a criatividade, a experimentação, a imaginação, e o desenvolvimento das distintas linguagens, possibilitando a interação com seus pares.  (CRAIDY e KAERCHER 2001).

...

Baixar como (para membros premium)  txt (15.2 Kb)   pdf (369 Kb)   docx (1.9 Mb)  
Continuar por mais 8 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com