TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

A Arte Audiovisual No Cotidiano

Por:   •  10/5/2013  •  432 Palavras (2 Páginas)  •  453 Visualizações

Página 1 de 2

Voltamos ao inicio, juntamente com a revolução industrial onde surge os clássicos da sociologia Max Weber, karl Marx e Emile Durkhiem. Weber entende o capitalismo é movido pelo desejo racional de acumular sempre que leva o homem a utilizar a ciência para produzir e administrar. Marx ver o capitalismo como um processo antagônico, um processo de mercantilização que transforma até mesmo as pessoas em mercadorias. O capitalismo é marcado pela exploração. Para Durkheim, a fonte da moral é o coletivo. Por essa ótica divide o que é normal e o que é patológico na sociedade, sendo que cada sociedade define seus padrões de normalidade e patologia social. Cada um desses clássicos da sociologia tinha seus próprios conceitos, Karl Marz tinha o conceito na Alineação que trabalho cada vez mais deixa de ser um caminho para a auto realização, tem se tornado um ato alienado onde o trabalho, por ser assalariado é forçado e oposto à livre atividade criadora. O trabalho é só uma mercadoria, um meio de viver. Weber irá definir seu racionalismo específico como sendo o do “racionalismo da dominação do mundo”. Anomia significa falta de lei ou ausência de norma de conduta. Foi com esse entendimento que Durkheim usou a palavra pela primeira vez, em seu famoso estudo sobre a divisão do trabalho social, num esforço para explicar certos fenômenos que ocorrem na sociedade. Toda a teoria do Marx gira em torno do aparato econômico, ou seja, é a infraestrutura econômica que vai pautar todas as relações entre a classe economicamente dominante e dominada. Aquela é dominante por deter os fatores de capital e também dos fatores de produção social da vida, ou seja, esta produção social da vida é tudo o que gira em torno de nós que pôde ser adquirido pelo dinheiro. Já a teoria Emile Durkheim tem inicio na reflexão e no reconhecimento de uma “Consciência Coletiva”. Para tornar-se membro da sociedade o indivíduo precisa aprender certas regras ou códigos. Este processo de aprendizagem, Durkheim chamou de “Socialização”, que constitui um processo onde vários elementos se combinam para permitir que o indivíduo possa conviver com outros indivíduos, considerando os direitos e deveres de cada um. Esses direitos e deveres regulam a forma de como devemos agir e nos comportar no grupo. Weber observou a sociedade com uma certa preocupação quanto ao trabalho que indivíduos em suas respectivas classes sociais desempenham pelos seus ofícios ou funções, objetivando sua realização pessoal, prosperidade ou independência financeira. Para tanto, não medem esforços e se depreendem incansavelmente. Neste sentido observar-se-ia o famoso ditado: “O trabalho enobrece o homem”.

...

Baixar como (para membros premium)  txt (2.7 Kb)  
Continuar por mais 1 página »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com