TrabalhosGratuitos.com - Trabalhos, Monografias, Artigos, Exames, Resumos de livros, Dissertações
Pesquisar

O estudo sobre o índice de desenvolvimento da educação básica em escolas públicas da cidade de Cuiabá

Trabalho acadêmico: O estudo sobre o índice de desenvolvimento da educação básica em escolas públicas da cidade de Cuiabá. Pesquise 787.000+ trabalhos acadêmicos

Por:   •  3/6/2013  •  Trabalho acadêmico  •  1.304 Palavras (6 Páginas)  •  418 Visualizações

Página 1 de 6

1 INTRODUÇÃO

O objetivo do presente trabalho é investigar sobre o Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico nas escolas públicas da cidade de Cuiabá, bem como saber quais os planos adotados para melhorar a qualidade do ensino.

O método utilizado foi uma entrevista padronizada de campo.

Com o objetivo de medir a qualidade do ensino, o MEC, criou em 2007, o Índice de Desenvolvimento da Educação básica (IDEB). Calculado a partir dos dados de aprovação obtidos no Censo escolar e média do desempenho nas avaliações do Inep: o Saeb, para as Unidades da Federação e para o país, e a Prova Brasil, para os municípios.

A prova Brasil foi criada em 2005, a partir da necessidade de se tornar a avaliação mais detalhada, em complemento à avaliação já feita pelo Saeb. A mesma avalia todos os estudantes da rede pública urbana de ensino, do 2º, 5º e 9º ano do ensino fundamental. A Prova Brasil, avalia os conhecimentos dos alunos nas disciplinas de língua portuguesa e matemática. Para que os mesmos possam ter sucesso é preciso que saibam ler e interpretar, pois como diz os Parâmetros Curriculares Nacionais 2001 (P.53) “A leitura é um processo no qual o leitor realiza um trabalho ativo de construção de significados do texto, a partir de seus objetivos e de seu conhecimento sobre o assunto [...] do sistema de escrita”.

É um sistema de cobranças e incentivos. As escolas que superarem a meta receberão mais verbas.

O objetivo é fazê-las chegar em 15 anos ao padrão dos países desenvolvidos”. Ministro da Educação Fernando Haddad.

É o mais recente dos medidores oficiais, ele não só mostra um panorama da Educação brasileira, como estabelece metas para as 46 mil escolas públicas do país. Como diz Luckezi, 1995

O ato de avaliar tem basicamente três passos: conhecer o nível do desenvolvimento do aluno em forma de constatações da realidade, comparar esta informação com aquilo que é considerado importante no processo educativo, (qualificações) e tomar decisões que possibilitem atingir os resultados esperados,( p. 148).

Em países desenvolvidos, o Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), é de 6,0. Por isso esta foi a meta escolhida para as escolas e o objetivo é alcançá-la até 2022.

O indicador é calculado com base no desempenho do estudante em avaliações do INEP e em taxas de aprovação. Para que o IDEB de uma escola cresça é preciso que o aluno aprenda, não repita o ano e frequente a sala de aula. O índice é medido a cada dois anos.

PESQUISA: 1

EE.HERMELINDA DE FIGUEIREDO

Nacionalidade: brasileira

Naturalidade: Cuiabá

Sexo: Fem.

Profissão Coordenadora pedagógica

Estado civil: casada

Cidade onde reside: Cuiabá – MT

1 - Qual o resultado do IDEB da sua escola?

Resp: 5,1 (1º ao 5º ano ) e 4,6 (6º ao 9º ano ).

2 – O resultado do IDEB alcançado fazia parte da meta da escola?

Resp: Em comparação com a cidade de Cuiabá que é de 4,1, ficou um pouco melhor.

3 – Foi realizado na escola, algum trabalho preparatório para a avaliação do IDEB?

Resp: Não

4 – Como você articula o resultado do IDEB com a melhoria da qualidade do Ensino?

Resp:

PESQUISA 2.

EE. HISTORIADOR RUBENS DE MENDONCA

Nacionalidade: brasileira

Naturalidade: Cuiabá

Sexo: Fem.

Profissão Coordenadora pedagógica

Estado civil: casada

Cidade onde reside: Cuiabá – MT

1 - Qual o resultado do IDEB da sua escola?

Resp: 4,9 (1º ao 5º ano ) e 3,9 (6º ao 9º ano ).

2 – O resultado do IDEB alcançado fazia parte da meta da escola?

Resp: Em comparação com a cidade de Cuiabá que é de 4,1, está na média.

3 – Foi realizado na escola, algum trabalho preparatório para a avaliação do IDEB?

Resp: Não.

4 – Caso o resultado não tenha sido satisfatório, quais as propostas de intervenções para superar as possíveis dificuldades?

Resp: Reforço escolar com os alunos que estão abaixo da média.

Reunião com os pais dos alunos para discutir a situação escolar de seus filhos, buscando parcerias e colaboração com as mesmas, no sentido de acompanhar as atividades e enviar os filhos, todos os dias para as aulas de reforço.

Incentivo da leitura e escrita.

5 – Como você articula o resultado do IDEB com a melhoria da qualidade do Ensino?

Resp: O Ideb faz com que nos preocupamos mais com a qualidade de ensino, buscando soluções juntamente com toda a comunidade escolar.

DESENVOLVIMENTO:

De acordo com a medição do IDEB pode-se dizer que a qualidade do ensino brasileiro vai mal.

A média brasileira: notas

...

Baixar como (para membros premium)  txt (8.8 Kb)  
Continuar por mais 5 páginas »
Disponível apenas no TrabalhosGratuitos.com